quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Irineu Messias, presidente afastado do CONAD/GEAP: “Quero continuar lutando para que a GEAP seja viável financeiramente para todos os servidores. Peço seu voto na Chapa 1”

22.02.2017
Por Irineu Messias*


Sou candidato à reeleição, pela chapa 1, NOSSA CHAPA,(CONAD/CONFIS) que é a mesma chapa da eleição de 2014, cujo mandato se encerra em abril deste ano.

irineu

Irineu Messias, presidente afastado do CONAD/GEAP, e candidato à reeleição ao Conselho de Administração da GEAP, para o triênio 2017-2020.




Peço o voto de todos os beneficiários da GEAP(servidores e funcionários da GEAP) consciente de que cumprir meu papel de defender os interesses dos servidores, principalmente, no que diz respeito, aos reajustes abusivos que tem sido praticados pela GEAP, os quais não só votei contra, como reduzi o reajuste de 37,55% para 20%. Votamos, eu e os demais conselheiros eleitos, contra o atual reajuste de 23, 44  que só penaliza os servidores, levando-os a ter que sair da GEAP, por não ter condições de pagar esses reajustes.

A decisão de reduzir de 37,55% para 20%, durante  o tempo  em que fui presidente do Conselho de Administração(CONAD), de 02 de maio a 14 de junho de 2016.Esta decisão trouxe-me vários transtornos do ponto vista, pessoal e funcional e políticos. Sofri muita pressão para que não tomasse tal decisão. Mas  não cedi a pressão e fiz aquilo  o que achava justo e correto na defesa dos servidores.

Tive meu mandato de presidente cassado, pelo poder Judiciário, além de ter sido processado na Justiça Cível de Brasília, acusado de gestão temerária e ter feito renúncia de receita da Geap. Tal acusação é absolutamente falsa, tanto que, por unanimidade, o colegiado do CONAD, decidiu que  a Direção Executiva da GEAP deveria  desistir da ação contra mim, o que de fato, ocorreu.

irineu
Matéria do jornal do SINDSPREV/PE,  sobre o afastamento de Irineu Messias, da presidência do CONAD/GEAP, em 14.06.16.



GEAP.MPOG

Fizemos a defesa dos interesses dos servidores, não apenas dentro do CONAD, mas fora dele, juntamente com as entidades sindicais. 

WhatsApp-Image-20160630

IRINEU MESSIASIrineu Messias, durante audiência, na Câmara Federal, denunciando os reajustes abusivos, ano passado.


Como presidente do CONAD, não apenas reduzi o reajuste( que foi suspenso pela Justiça de Brasília, esta me afastou da Presidência), mas elaboramos um Plano de Ação Administrativa e Gerencial, que tinha os seguintes objetivos:


– Refazer todos os contratos dos grandes prestadores de serviços da GEAP, no país inteiro, na perspectiva de economizar entre 5% e 10% das despesas ; assistenciais, sem prejuízos na prestação de serviços prestados aos assistidos;

– Redução do reajuste de 37,55% para 20%, por ser abusivo, e porque tal percentual iria “expulsar” milhares de servidores da GEAP, como infelizmente aconteceu. Já são cerca de 50 mil que saíram;


– Atuar no TCU para cassar a liminar que impedia o retorno de servidores ao quadro da GEAP. O que aconteceu no final do ano passado, conforme prevíamos no no nosso Plano de Ação;

– Negociação com todas as entidades sindicais e associativas para a retirada de liminares contra a GEAP, mediante a redução do reajuste de 37,55 para 20%, através de um processo de negociação entre a assessoria jurídica da GEAP e as assessorias jurídica das entidades, em busca de um acordo que atendesse ambas as partes. Isto foi feito por meio da
RESOLUÇÃO CONAD 129/16, que baixei ad referendum, infelizmente suspensa ,quando fui cassado pelo Poder Judiciário em Brasília, em uma ação proposta pelo Governo Temer.

Além dessas medidas, atuei junto com os outros conselheiros eleitos, tanto do CONAD como do CONFIS, para melhorar as práticas administrativas e gerenciais, com a implantação de um novo modelo de Governativa Corporativa, através da qual os mecanismos de controle e transparência serão cada vez mais rígidos, tão necessário a uma empresa tão grande e complexa como a GEAP.

Não tenho a pretensão, neste sucinto artigo, explicitar tudo que nós conselheiros eleitos, fizemos durante nosso mandato 2014-2017.

Por estes e tantos outros motivos, fui estimulado pela minha entidade, a CNTSS e por vários companheiros e companheiras no país inteiro, a disputar um novo mandato para o Conselho de Administração da GEAP.

Em função disto, peço o voto de todos os servidores assistidos da GEAP, que precisam ter representantes nas instâncias da GEAP. Sei que somos minoria. Mas vamos continuar lutando, juntos com nossa entidades nacionais, para a que gestão da GEAP, seja presidida pelos servidores. Vamos lutando para que o Conselho de Administração volte a ser presidido pelos representantes do servidores.

Portanto, por este e tantos outras razões, peço, não apenas o voto, mas o empenho de todos os servidores para  que a Chapa 1, NOSSA CHAPA, CONAD/CONFIS, seja eleita,  nas eleições que ocorrerão no dia 15 de março de 2017.

A chapa 1, NOSSA CHAPA(CONAD/CONFIS) é formada e apoiada por grandes entidades sindicais e associativas: CNTSS, CONDSEF, ANASPS, FENADADOS e ANESG(representante dos funcionários da GEAP).

Abaixo listamos todos os candidatos da chapa 1, CONAD/CONFIS:


CHAPA 1 – CONAD – NOSSA CHAPA


IRINEU MESSIAS DE ARAUJO. 1º Titular. CNTSS/CUT
Servidor público federal desde 1985. Lotado no Conselho de Recursos do Seguro Social – CRSS.
Graduado em Gestão Pública.(UNINTER.PR/2010)
Especialização em Administração Pública e Gerência de Cidades(UNINTER.PR/2012). Mestrando em Administração. Universidad Americana, em andamento, Assunção. Paraguai. Bacharel em Teologia. Universidade da Bíblia.2016.
Ex-presidente da CNTSS/CUT.(2004-2007).
Gerente-Geral de Articulação Institucional da Secretaria de Transportes em Pernambuco.2011-2014
Curso de Conselheiro de Administração.IBGC/2015.
Membro Titular do CONAD/GEAP.2014/2017.
Ex-presidente do CONAD/GEAP.(02.05 a 14.06.2016).
Diretor Administrativo do Sindsprev.PE.(2014-2017).
Ex-membro do Conselho Nacional de Saúde- CNS.
Participante do 6° Seminário Economia da Saúde e Gestão, Novos Rumos para a Sustentabilidade.UNIDAS.2015.
Participante do 7°Seminário Desafios Normativos, Regulatórios e de atenção à saúde para as autogestões. Unidas.2016.

RICARDO LUIZ DIAS MENDONÇA. 1º Suplente. CNTSS/CUT
Servidor público federal do Ministério da Saúde.BA, desde 1984. Lotado na SESAB/SES. Graduado em Administração de Pequenas e Médias Empresas. .UNOPAR .2006.
Residente em Salvador. Bahia.
Membro Suplente do Conad/GEAP.2014-2017.
Curso de Conselheiro de Administração. IBGC .2015.
Presidente do Conselho Estadual de Saúde da Bahia. Diretor do Sindprev.BA.





MANOEL RICARDO PALMEIRA LESSA. 2º Titular. ANASPS
Servidor público federal do INSS desde 1987.
Residente na cidade do Rio de Janeiro.
Técnico do Seguro Social Diretor da ANASPS/RJ.
Licenciado em História pela UERJ.1990.
Pós-graduado em Gestão de Recursos Humanos. FGV.
Ex-presidente do CONDEL/GEAP(2008-2011)
ELIENAI RAMOS COELHO. 2º Suplente. ANASPS
Servidora pública federal do INSS desde 1971.
Aposentada.
Residente em Brasília/DF.
Graduada em Biblioteconomia/RJ.1980.
Vice-presidente de Finanças da ANASPS.
Curso de Conselheiro de Administração.IBGC. 2015.
Membro Titular do CONAD/GEAP.2014-2017.

IVETE VICENTINO DE AMORIM. 3º Titular.CONDSEF
Servidora pública Federal. Ministério do Trabalho em Mato Grosso.
Residente em Cuiabá.MT.
Bacharelado e Licenciatura em História. Universidade Federal de Mato Grosso.1994.
Especialização em Gestão Pública.
Diretora do Departamento do Ministério do Trabalho e Previdência Social da CONDSEF.
Dirigente do Sindsep/MT.





LEONARDO ALEXANDRE SILVEIRA BARBOSA. 3º Suplente. ANESG
Empregado da Geap Auto Gestão em Saúde desde 1994.
Residente em Belo Horizonte .MG.
Graduado em Gestão de Recursos Humanos. Universidade Estácio de Sá. 2014. Presidente da ANESG – Associação Nacional dos Empregados e Servidores da Geap. Membro suplente do CONAD/GEAP. 2014-2017.
Curso de Conselheiro de Administração. IBGC.2015.
Ex-Diretor do Sindicato dos Securitários de Minas Gerais.
Conselheiro do Conselho Estadual de Representantes da GEAP/MG.


CHAPA 1 – NOSSA CHAPA – CONFIS


MARIA DO PERPETUO SOCORRO LAGO GOMES MARTINS. 1º Titular. FENADADOS

Empregada pública federal da DATAPREV desde 1988.
Residente em São Luís. MA.
Graduada em Serviço Social. UFMA.
Pós Graduação em Administração e Planejamento de Projetos Sociais.Aleixo.MG. Diretora Executiva da FENADADOS.
Presidenta do SINDPD/MA.Presidenta do Conselho Fiscal -CONFIS/GEAP.
Curso de Conselheira Fiscal. IBGC.2015
Curso de Conselheiro de Administração.2016.

HERVECIO CRUZ . 1º Suplente. ANESG
Empregado da GEAP AUTO GESTÃO EM SAÚDE desde 1991.
Residente em Belo Horizonte. MG.
Licenciado em História. UFMG.1996.
Diretor do Sindicato dos Securitários (1993 – 1996);
Diretor do Sindicato dos Securitários (1996 – 1999);
Diretor do Sindicato dos Securitários – Secretário Geral. (2007 – 2010); Diretor Administrativo e Financeiro do Sindicato dos Securitários/MG.2010-2013).
Conselheiro Suplente do Conselho Consultivo da GEAP (2008 – 2011);
•Diretor CUT – Central Única dos Trabalhadores (2013 – 2015);
Delegado Estadual da ANESG – Associação Nacional dos Empregados da GEAP em Minas Gerais (2014 – 2017).


MARIA DAS GRAÇAS DE OLIVEIRA. 2º Titular. CNTSS/CUT

Servidora pública federal do Ministério da Saúde/RJ. Ex-INAMPS.
Aposentada. Residente na cidade do Rio de Janeiro/RJ.
Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. FTESM/RJ.
Graduada em Gestão de Recursos Humanos. FABES
Especialização em Saúde do Trabalhador. FIOCRUZ.
Técnica de Enfermagem.
Ex-Diretora do SINDSPREV.RJ. Curso de Conselheira Fiscal . IBGC.2015.
Membro Titular do CONFIS/GEAP.2014-2017
Presidenta do CONFIS/GEAP, 2014-2016.


DEUSA MARIA DUARTE CARGO : 2º Suplente. CNTSS/CUT

Servidora pública federal do Ministério da Saúde/DF.
Aposentada. Residente em Brasília. Servidora pública do Distrito Federal. Aposentada.
Graduada em Pedagogia. Universidade Católica. Brasília/DF.
Licenciatura Plena. Especialização em Educação Infantil. Universidade Católica. Brasília/DF.
Curso de Conselheira Fiscal. IBGC.2015.
Técnica de Enfermagem. CETESB. DF.
Membro Suplente do CONFIS/GEAP.2014-2017. Ex-diretora do Sindprev/DF.

ALGUMAS PROPOSTAS DA CHAPA 1 – CONAD/CONFIS – NOSSA CHAPA

Pressionar para que  a contribuição do per capita seja paritária: 50% do Governo e 50% dos trabalhadores, buscando no Poder judiciário a efetivação dessa proposta;

Gestão paritária da GEAP;

Acabar com a coparticipação;

Fim da intervenção  e do voto de minerva do Governo, com a presidência do Conad sendo exercida pelos representantes dos servidores;

Lutar pela mudança do modelo de sustentação financeira, de modo  a tornar mais acessíveis economicamente todos os planos da GEAP;

Ações judiciais contra os reajustes abusivos das mensalidades;

Melhoria da rede credenciada em todo o país, principalmente nas cidades do interior; Promover estudos para a criação de outros planos economicamente mais acessíveis para os servidores de salários mais baixos;

Incluir pais, avós sem renda, e filhos menores na condição de dependentes;

Por uma GEAP competente e mais transparente;

Maior flexibilidade na renegociação das dívidas dos beneficiários;

Oferecer atendimento nas doenças degenerativas e terminais;

Garantir o pronto-atendimento nas urgências médicas;

Assegurar a oferta de serviços nas cidades com qualquer número de habitantes;

Implantar fundo garantidor a ser mantido pelo Governo Federal, para evitar a quebra da GEAP; Instituir o sistema de saúde, que financie os atendimentos de alta complexidade dentro e fora do país.

Lutar pela implantação de rede própria da GEAP, primeiramente nas capitais,  com a finalidade de redução de custos;

Acompanhar e Fiscalizar o cumprimento do Programa de Saneamento Financeiro da Geap – PROSAN;

Continuidade no aprimoramento da análise e controle dos gastos e das despesas da GEAP.


Espero poder com o voto de cada servidor, cada servidora para que possamos continuar defendendo os interesses de todos os assistidos da GEAP, que sofrem com os absurdos reajustes, aos quais sempre votamos, e continuaremos a votar contra. Mas não votamos simplesmente contra, sugerimos alternativas gerenciais e administrativa para que a GEAP tenha sustentabilidade financeira, que não foram aceitas pelos atuais dirigentes da GEAP,  indicados pelo Governo Temer.

Peço o voto de todos os beneficiários da GEAP(servidores e funcionários da GEAP) consciente de que cumprir meu papel de defender os interesses dos servidores, principalmente, no que diz respeito, aos reajustes abusivos que tem sido praticados pela GEAP, os quais não só votei contra, como reduzi o reajuste de 37,55% para 20%. Votamos, eu e os demais conselheiros eleitos, contra o atual reajuste de 23, 44  que só penaliza os servidores, levando-os a ter que sair da GEAP, por não ter condições de pagar esses reajustes.

COMO VOTAR

img-20170222-wa0001

Irineu Messias de Araújo

LEIA MAIS:

Irineu Messias é eleito presidente do Conselho de Administração da Geap – CONAD
Presidente do CONAD/GEAP, Irineu Messias, reforça diálogo com entidades sindicais
Presidente do Conad, Irineu Messias, defende qualificação permanente dos trabalhadores da Geap
Geap recebe apoio de entidades sindicais para revisão do reajuste dos planos
Conad/Geap apresenta plano de revisão do reajuste das mensalidades
Geap Saúde: entidade pode reduzir reajuste de 37,55% para 20%
Acordo com quatro entidades sindicais marca início da primeira fase da revisão do reajuste da Geap
IRINEU “O GOVERNO TEMER ATUA NA CONTRAMÃO DA RECUPERAÇÃO FINANCEIRA DA GEAP
A Geap é uma bomba para Eliseu Padilha
Governo interino e golpista destitui presidente eleito do Conad/Geap de forma arbitrária
Entidades nacionais de servidores vão mover ação popular contra governo golpista
Governo Temer deu um golpe na presidência do Conad e da Geap
JC ON LINE: Servidores federais temem reajuste no Geap
Governo retoma administração da Geap
Geap – Reajuste volta aos 20%
Mais três decisões da Justiça mantêm reajuste de planos de saúde da Geap em 20%
PRESIDENTE AFASTADO DO CONAD/GEAP, IRINEU MESSIAS, REBATE MENTIRAS DOS INDICADOS DO GOVERNO TEMER PARA GEAP
Presidente afastado do CONAD/GEAP, Irineu Messias, em Audiência Pública, na Câmara Federal, denuncia intervenção na GEAP
REAÇÃO AO GOLPE DE TEMER, NA GEAP : Assessorias jurídicas de entidades reúnem-se para reverter golpe em aumento abusivo na Geap
ANFIP na mídia: ANS acende o alerta (Correio Brasiliense)
Sandro Cezar: Geap, privada ou estatal?
****
Fonte:https://crpsjuntasderecursos.wordpress.com/2017/02/22/irineu-messias-presidente-afastado-do-conadgeap-quero-continuar-lutando-para-que-a-geap-seja-viavel-financeiramente-para-todos-os-servidores/
Postar um comentário