Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de abril de 2016

O GOLPISMO SURTOU: Vídeo do surto de autora do impeachment vira arma contra o golpe

05.04.2016
Do BLOG DA CIDADANIA
Por Eduardo Guimarães
maluca capa

Os cabelos negros, longos e desgrenhados somam-se a gestos bruscos e teatrais e à voz esganiçada: “Nós queremos servir a uma cobra?!!” E a audiência responde: “Nãããooo!!
Foi o que bastou para a advogada Janaína Pachoal (co-autora do pedido de impeachment de Dilma ao lado do jurista Miguel Reale Jr) perder o controle; ela começa a girar uma bandeira do Brasil acima da cabeça como os cowboys giram laços, e berra: “O Brasil não é a República da cobra”.
Os cabelos negros, longos e desgreganhados lhe cobrem boa parte do rosto. Os olhos, fixos no nada. Ela anda pelo palco do auditório da faculdade de Direito da USP batendo os pés. Não de um lado para o outro, mas para frente e para trás. Vai até o público, solta uma ou duas frases de efeito, dá as costas aos que a escutam, fazendo com a cabeleira o que fez com a bandeira do Brasil (girando-a acima da cabeça), vai até o fundo do palco, gira nos calcanhares e volta à frente para expulsar mais alguns berros e perdigotos.
Ao lado do espaço que a dita “jurista” usa para sua mise-en-scène, a figura diminuta do jurista Helio Bicudo ostenta um sorrisinho maroto no rosto. Ele mantém os bracinhos em riste a fim de aplaudir o “espetáculo”.
Quanto mais a musa do impeachment fala, mais “possuída” parece ficar.
Levanta o braço direito e o abaixa violentamente, com o dedo indicador apontado para baixo. Ao fim do gesto, levanta o braço de volta com o indicador apontado para cima.
Ainda vocifera, olhos esbugalhados, visivelmente descontrolada.
Para ela, todos os que estão ali são “Janaínas”. A impressão que se tem é a de que está em um comício eleitoral. Faz pensar que irá tentar carreira política.
A mão direita está sempre erguida, apontando o dedo para o alto.
Bicudo continua ali, a postos, esperando uma deixa para erguer os bracinhos e aplaudir.
De repente, a pretensa “passionária” conta aquela que talvez seja a maior lorota da história da humanidade, a de que estaria “defendendo muito perseguido político”. Sim, ela afirma que o governo Dilma está perseguindo politicamente as pessoas que discordam dele, processando-as na Justiça.
Hein?!!
Seja como for, as imagens patéticas e bizarras a que tantos assistiram estupefatos na segunda-feira compõem o cenário desse pedido mal-ajambrado de impedimento da presidente da República.
O comportamento dessa mulher emoldura o espírito da peça jurídica que ela apresentou ao gangster que comanda a Câmara dos Deputados, que aceitou instrumento tão eivado de loucura, falsidades e má fé.
Resta saber se os os Poderes Legislativo e Judiciário quererão se associar a gente mentalmente doente e/ou oportunista como Janaína Pachoal, porque esse vídeo transformar-se-á em um documento histórico que, através dos séculos vindouros, resumirá e simbolizará a loucura que acometeu parcela tão expressiva do povo brasileiro nesta época dramática em que vivemos.
Contudo, a impressão que este blogueiro tem é a de que o show da Janaína constitui mais um prego no caixão do golpe.
Ao longo dos últimos dias, cada vez mais pessoas vêm querendo se dissociar desse processo abjeto que a mise en scène de Janaína passa a simbolizar. Quem tem um mínimo de apreço por sua biografia vai tratando de marcar posição contra o impeachment.
São centenas e centenas de juristas, milhares e milhares de advogados, uma fila gigantesca de intelectuais, cada vez mais artistas e organismos multilaterais internacionais que se apressam em concordar que esse pedido de impeachment promovido por essa maluca é, sim, uma mera tentativa de golpe.
A dificuldade em aprovar o impeachment vai crescendo também por conta de ter sido proposto por alguém como essa pessoa descontrolada que produziu essas cenas impactantes, mas não só.
Já está claro para o Congresso e até para a mídia antipetista que haverá consequências sérias para o país se levarem essa aventura adiante. As medidas que tentarão aprovar após o golpe irão levar este país a uma guerra civil.
As propostas de Michel Temer para a economia, com eliminação de direitos trabalhistas, venda de patrimônio público a preço de banana e entrega do poder a banqueiros e multinacionais, se vingassem, iriam tocar fogo no país.
Além disso, a credibilidade do Brasil iria para o vinagre. Um golpe de Estado tão grosseiro iria marcar este país por décadas.
Além de tudo isso, muitos dos golpistas já se dão conta de que se abrirem essa Caixa de Pandora do golpe será muito difícil fechá-la. Quem vier a governar estará governando uma panela de pressão, e contra-golpes serão mais do que previsíveis.
Seja como for, por enquanto é importante que o maior número possível de pessoas assista a esse vídeo espantoso, protagonizado pela tal “jurista”. Mesmo que você já tenha assistido, trate de divulgá-lo ao máximo. Deixe o link no seu celular para que possa ir repassando ou mostrando a tantos quantos puder.
Garanto àqueles que acreditam no que digo que qualquer pessoa mentalmente sadia que assistir a esse vídeo e souber que sua protagonista foi quem pediu impeachment de Dilma, ficará com sérias dúvidas sobre esse processo.
Vamos à luta!Repasse o vídeo abaixo ao máximo que puder. Vamos mostrar que tipo de doidos estão por trás dessa farsa.
*****
Fonte:http://www.blogdacidadania.com.br/2016/04/video-do-surto-de-autora-do-impeachment-vira-arma-contra-o-golpe/
Postar um comentário