Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de abril de 2016

GOLPISTAS TRAIDORES DO BRASIL: PAULO PIMENTA ANALISA OS MOTIVOS GEOPOLÍTICOS POR TRÁS DO GOLPE

19.04.2016
 Do BLOG DOS SERVIDORES DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, 03.04.16

Deputado Paulo Pimenta apresenta um organograma do envolvimento entre FHC e as organizações Globo. Foto Lula Marques/Agência PT
Deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) traçou uma análise dos fatores geopolíticos que estão por trás da tentativa de golpe contra o governo da presidente Dilma Rousseff; segundo o parlamentar, o fim do protagonismo político e econômico brasileiro conquistado nos últimos anos, utilização de meios de espionagem internacional, além do financiamento de organizações de direita e a entrega do petróleo, tudo está previsto no Manual de Forças Especiais de Guerra Não-convencional dos Estados Unidos.
247 – O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) fez uma análise para a Revista Fórum dos fatores geopolíticos que estão por trás da tentativa de golpe contra o governo da presidente Dilma Rousseff. Segundo o parlamentar, o fim do protagonismo brasileiro, espionagem internacional, financiamento de organizações de direita e a entrega do petróleo está previsto no Manual de Forças Especiais de Guerra Não-convenciona dos Estados Unidos.
Segundo Pimenta, em 2003, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva fortaleceu o Mercosul, participou da criação do Banco dos Brics e conseguiu emplacar brasileiros no comando da FAO e da OMC, sem contar o fato de contribuir para uma correlação de forças não alinhadas com os EUA na América Latina.
“O golpe que atualmente se articula reúne forças políticas que militam contra essa política externa independente; forças que, como lembra Marcelo Zero, propugnam a assinatura de “acordos de livre comércio assimétricos, como o Acordo Comercial Transpacífico (TTP) e o Acordo Transatlântico de Comércio e Investimentos (TTIP)”, e também o abandono do Mercosul e da alta prioridade dada aos BRICS e a outros foros que conduzem a um mundo mais multipolar”, destaca o parlamentar.
Ainda segundo a análise de Pimenta, a participação das grandes construtoras brasileiras em inúmeros projetos de infraestrutura na América Latina, Caribe e África ampliava o protagonismo econômico e político brasileiro, “mas, agora, com essas empresas fragilizadas pela Operação Lava Jato, tais mercados ficam mais abertos a investidas dos EUA, Europa e China”.
Pimenta lembra ainda que Edward Snowden, ex-analista da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), divulgou, em 2013, que sua agência espionava a Petrobras. “Em 2014, por coincidência ou não, começou de forma ostensiva a Operação Lava-Jato, que investiga desvios na Petrobras. Em 2016, coincidência ou não, começa a ganhar força, no Congresso brasileiro, a possibilidade de aprovação de uma lei que acaba com o regime de partilha do pré-sal, abrindo-o para a exploração por empresas internacionais do Petróleo. Os promotores dessa ideia são justamente os opositores do Governo Dilma”, destaca.
Por fim, o parlamentar gaúcho oberva que a Operação lava Jato tem sido empregada como uma espécie de “instrumento jurídico-político com claro objetivo de prender Lula (sem que tenha cometido algum crime) e de desestabilizar o governo Dilma”., além de estar repleta de irregularidades.
Ainda no texto, Pimenta relembra que o “Manual de Forças Especiais de Guerra Não-convencional dos Estados Unidos explicita que os esforços desse tipo de guerra é explorar vulnerabilidades de “poderes políticos hostis”, como talvez o Brasil seja considerado”, além de “perturbar projetos transnacionais multipolares por meio de conflitos”, estimulando grupos políticos antagonistas e as fragilidades internas nos países alvo.
Por último, o artigo observa que “o Movimento Brasil Livre (MBL) é uma marca criada pelo Estudantes pela Liberdade “para participar das manifestações de rua sem comprometer as organizações americanas que são impedidas de doar recursos para ativistas políticos pela legislação da receita americana (IRS)””.
****
Fonte:https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=6270130302447890955#editor/target=post;postID=1871685207550045190
Postar um comentário