Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de abril de 2016

CNTSS/CUT divulga nota em defesa da Democracia

05.04.2016
Do portal da CNTSS/CUT, 04.03.16
Por José Carlos Araújo*

Confederação acredita que nova etapa da Operação Lava Jato coloca em risco direitos cidadãos profundamente caros ao Estado de Direito

A sociedade brasileira assistiu hoje, sexta-feira, 04 de março, a um espetáculo nefasto de violência e de intransigência antidemocrática em virtude da ação perpetrada na atual fase da Operação Lava Jato, que atinge de maneira injustificável o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seus familiares, amigos e companheiros de trabalho. O Brasil vive neste momento uma triste página de sua história republicana.

A arbitrariedade manifestada nas ações de “condução coercitiva” para a realização de depoimentos e de busca e apreensão de documentos no Instituto Cidadania, na empresa de palestras LILS e em propriedades pertencentes ao ex-presidente não se sustenta tendo em vista que o mesmo sempre disponibilizou à Justiça todos os esclarecimentos necessários de forma transparente e extensamente documentados. É de conhecimento da sociedade que a própria Receita Federal já alimentou a Operação Lava Jato com informações.

Assistimos a uma agressão injustificável ao Estado de Direito que não atinge tão somente ao ex-presidente e seu legado histórico, mas também todos os cidadãos brasileiros que sempre atuaram contra a ditadura, a opressão e em prol da democracia e dos direitos humanos. Nada justifica a atitude tomada na data de hoje a não ser a real intensão de atingir a figura histórica do ex-presidente Lula e sua herança política.

Presenciamos estarrecidos nestes momentos recentes da vida política brasileira a uma sequência de denúncias seletivamente vazadas das investigações da Operação Lava Jato com a finalidade de atingir perfidamente o projeto democrático-popular implantado no país a partir de 2003, quando do primeiro mandato do ex-presidente Lula. É evidente que as investigações da Operação atingem de forma seletiva extratos definidos da sociedade brasileira.

O momento em que o Nação vive é de grande preocupação. Os movimentos e segmentos sociais e as instituições de origens progressistas estão se manifestando por todo o país com a finalidade de demonstrar para a sociedade as atitudes antidemocráticas que levam à quebra de direitos civis inalienáveis conquistados a partir de muita luta nestas últimas décadas.

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, por meio de seu presidente, Sandro Alex de Oliveira Cezar, reitera que os direitos civis em nossa sociedade devem ser preservados de forma inequívoca pelas instituições que compõem o Estado brasileiro. Reafirma, também, que negligenciar ou desrespeitar os direitos cidadãos coloca em risco o Estado de Direito tão caro à democracia e ao povo brasileiro.

*Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT
****
Fonte:http://www.cntsscut.org.br/destaques/2625/cntss-cut-divulga-nota-em-defesa-da-democracia
Postar um comentário