terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Neto de Jango; médico na favela da Rocinha

29.12.2015
Do blog TIJOLAÇO
Por Fernando Brito

jango
A guerra na política acaba fazendo a gente deixar passar coisas boas, que nos devolvem a esperança de uma vida mais igual.
Aliás, a mídia gosta de outras coisas, como a de dedicar matérias ao neto do ex-ditador João Figueiredo, micro-sócio do bilionário fascistóide Donald Trump que, ao contrário do avô, que preferia cheiro de cavalos ao de povo, gosta mesmo é de farejar dinheiro.
Só o jornal O Dia se interessou por uma história muito melhor.
A de João Marcelo Vieira Goulart, nascido do Maranhão e criado no Rio Grande do Sul, que estudou Medicina em Cuba e agora é médico de família na favela da Rocinha, uma das maiores do Rio de Janeiro.
João é neto do outro João Goulart, o presidente da República derrubado pelo golpe de 64 e morto no exílio, em 1976.
Ao repórter Caio Barbosa, ele diz logo: “me chama de João. Não gosto desse negócio de doutor, nem de senhor. Não sou senhor de ninguém,  somos todos iguais”
E numa boa entrevista, que merece ser lida na íntegra, diz o que pensa da saúde, do Brasil, de Cuba e de si.
“Durmo melhor sabendo que posso contribuir com meu país pelo meu trabalho. E espero contribuir ainda mais.”
Jango, o presidente cuja morte (ou assassinato) completou domingo 39 anos, não poderia ter sido lembrado de forma melhor.
PS. Cometi um erro na hora de colocar o link da ótima entrevista. Está corrigido.
*****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/neto-de-jango-medico-na-favela-da-rocinha/
Postar um comentário