terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Lembo: perderam no voto e querem ganhar no Golpe "Não se conformam com o resultado das urnas"

08.12.2015
Do blog CONVERSA AFIADA, 07.12.15
Por Paulo Henrique Amorim
bessinha (1).jpg
Na Fel-lha:

'Grupo de derrotados' tenta derrubar Dilma, diz Lembo, ex-aliado tucano

Antes filiado ao DEM, o ex-governador de São Paulo Cláudio Lembo realizou travessia ideológica idêntica à feita pelo presidente de seu atual partido, o PSD do ministro das Cidades Gilberto Kassab —distanciou-se do tucanato paulista e se aproximou do governo federal.


Advogado, Lembo é contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e foi citado pelo ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) como um dos especialistas contrários ao impedimento.

"Há pessoas com tradição democrática que estão se conspurcando, conspurcando inclusive o próprio passado, por um interesse egoísta", afirma Lembo à Folha, sem citar nomes. A fala, no entanto, tem endereço fácil de descobrir: seus ex-aliados tucanos.

"Eu vejo no Brasil um grupo de derrotados que quer derrubar alguém que foi eleito pelo povo, acho isso muito equivocado, muito errado."

Para o ex-governador, o impeachment faz parte de uma onda que ocorre na América Latina desde o impedimento de Fernando Collor, no Brasil do início dos anos 1990. Os golpes de Estado, tão comuns na região durante as décadas anteriores, teriam sido substituídos por impeachments que teriam apenas verniz constitucional. É o argumento usado por ele na opinião jurídica que publicou sobre o assunto.

(...)
*****
Fonte:http://www.conversaafiada.com.br/politica/lembo-perderam-no-voto-e-querem-ganhar-no-golpe-2
Postar um comentário