terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Ciro Gomes: FHC é traidor e Cerra é clandestino

15.12.2015
Do blog CONVERSA AFIADA, 14.12.15
Por Paulo Henrique Amorim

Sobre o impeachment: “o Supremo vai agir com cautela e prudência". 
golpistas.jpg
Na opinião do ex-governador do Ceará e potencial candidato a presidência da República, Ciro Gomes (PDT), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um traidor e o senador José Serra (PSDB-SP) é um clandestino, por ser oferecer para ser ministro em um hipotético governo de Michel Temer.


Em entrevista ao jornalista Keneddy Alencar, o ex-ministro da Integração Nacional de Lula afirmou que a Presidenta Dilma Rousseff é “uma inocente”, porém, “uma pessoa honrada” que corre o risco de ser derrubada por “pilantras” nas palavras do pedetista.

“Eduardo Cunha é o picareta maior. Eu já o chamei de ladrão quando  Michel Temer era presidente da Câmara dos Deputados. O segundo maior picareta é o próprio Temer”, disse Ciro nessa segunda (14) ao SBT Brasil.

Para Ciro, Lula “foi brincar de Deus e se queimou”, Aécio Neves “é uma decepção”, Geraldo Alckmin “um murista”, Sérgio Moro “um bom juiz”. Ele ainda elogiou o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot.

De acordo com Ciro, sobre o processo de impeachement, “o Supremo vai agir com cautela e prudência".

Ciro Gomes também apoia parte da população insatisfeita com o Governo Dilma, mas alertou: "Só há impeachment com crime de responsabilidade. E a Dilma não cometeu nenhum crime. Remédio para governo ruim não é interromper a democracia.O remédio é a urna", recomendou.

"Pedaladas o FHC cometeu nos seus oitos anos, o Lula idem e o TCU não disse nada", contou.


Para finalizar, o ex-governador afirmou que o PSDB e Fernando Henrique querem a saída da Presidenta para evitar a volta de Lula. 

"FHC e o PSDB jogam a biografia no lixo. Se for necessário, eu vou ser candidato a Presidente da República", encerrou.

 Alisson Matos, editor do C Af
Assista a íntegra:

*****
Fonte:http://www.conversaafiada.com.br/politica/ciro-gomes-fhc-e-traidor-e-cerra-e-clandestino
Postar um comentário