quinta-feira, 5 de novembro de 2015

O golpe, em nova versão…

05.11.2015
Do blog TIJOLAÇO
Por Fernando Brito

planob
A nota da coluna Painel, da Folha, mostra o grau de oportunismo e canalhice que campeia nas turmas do Cunha e do Aécio no Congresso:
“Está em curso uma operação que poderá inviabilizar o mandato de Dilma Rousseff sem precisar recorrer às pedalas do TCU. Segundo o plano articulado pelo PMDB com a ajuda de integrantes da oposição, o Congresso só aprovaria a mudança da meta fiscal de 2015 no ano que vem, levando o governo a fechar dezembro infringindo as leis Orçamentária e de Responsabilidade Fiscal em uma só tacada. A irregularidade sustentaria um pedido de impeachment “sob medida” na largada de 2016.”
Ou seja: sabe-se que é necessário mudar mas, artificialmente, posterga-se a aprovação para que – numa”técnica” sórdida de contabilidade – as contas fiquem a descoberto.
É a repetição, agora mais grave, do método usado no ano passado, forjar uma violação da Lei de Responsabilidade Fiscal, agora não mais com o objetivo de paralisar o Governo, mas de levá-lo ao chão.
Evidente que o “plano B” é sinal do desespero dos golpistas, que não sabem o que fazer com seu “líder do impeachment”, Eduardo Cunha, que manobra desesperadamente com seu poder para escapar ao seu inescapável destino.
Mas é também a evidência de seus propósitos criminosos que só continuam a prosperar porque o Governo e o PT não assumem, corajosamente, o diálogo sincero com a população e cedem ao discurso fácil do “institucional” num país onde dentro das  instituições – como fica flagrante nesta articulação na Câmara – se conspira imoralmente contra a democracia e o respeito ao voto.
*****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/o-golpe-em-nova-versao/
Postar um comentário