sexta-feira, 6 de novembro de 2015

“Candidato”, Lula investe no confronto com mentor intelectual do impeachment: “O FHC, ele sofre com o meu sucesso”; assista

06.11.2015
Do blog VI O MUNDO, 05.11.15
Captura de Tela 2015-11-05 às 21.45.54
Lula diz que pode ser candidato em 2018 contra “projeto conservador”
quinta-feira, 5 de novembro de 2015 20:49
BRASÍLIA (Reuters) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta quinta-feira que poderá ser candidato à Presidência da República em 2018, se avaliar que um “projeto conservador” esteja concorrendo para acabar com o que foi feito pelos governos petistas.
“Não estou candidato. Faltam três anos para as eleições. Deus queira que possam aparecer no nosso meio quatro, cinco, seis candidatos”, disse o ex-presidente em discurso no encerramento da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar.
“Agora, uma coisa eu vou dizer: nem que eu tenha só um minuto de vida em 2018, se estiver concorrendo contra nós um projeto conservador que tenha como objetivo acabar com as coisas que nós fizemos nesse país, eu estarei na campanha, ou como cabo eleitoral ou como candidato”, disse.
Pouco antes, em entrevista para o SBT, Lula já havia dito que poderia sair candidato nas próximas eleições presidenciais para defender o projeto petista de governo. Nessa mesma entrevista, ele também disse que o governo da presidente Dilma Rousseff cometeu equívocos, como o congelamento do preço da gasolina.
O ex-presidente também já admitiu em conversas com amigos que a possibilidade de disputar a Presidência novamente não está descartada.
*****
Da Redação
Mais cedo, em entrevista ao SBT, Lula não descartou sua candidatura em 2018.
Sobre FHC, disse: “FHC tem um problema comigo, um problema de soberba. O FHC, ele sofre com o meu sucesso”. De acordo com o ex-presidente petista, FHC provavelmente não queria eleger seu candidato, José Serra, em 2002, certo de que Lula seria um fracasso no Planalto e ele, FHC, seria o candidato “natural” do PSDB em 2006.
Para Lula, a compra de votos para a emenda que garantiu a reeleição de FHC, em 1997, foi um mensalão nunca investigado.
E como é que o Valor Econômico, cria da familia Marinho com a família Frias, tratou a denúncia de compra de votos mencionada por Lula?
“Rumores”:
Captura de Tela 2015-11-05 às 21.31.11
Isso demonstra que o povo do Valornem se deu ao trabalho de ir ao arquivos ver a denúncia, feita pelo jornalista Fernando Rodrigues na própria Folha de S. Paulo.
Lula fala de FHC na segunda parte da entrevista:
Leia também:
****
Fonte:http://www.viomundo.com.br/politica/candidato-lula-investe-no-confronto-com-mentor-intelectual-do-impeachment-o-fhc-ele-sofre-com-o-meu-sucesso.html
Postar um comentário