sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Em novo livro, FHC confirma que é o pai do Petrolão. Detalhe: Roberto Marinho “escolhia” os ministros

23.10.2015
Do portal BRASIL29

RobertoFHC

Documentos provam que a corrupção na Petrobras começou no governo do tucano Fernando Henrique Cardoso, mas quem está combatendo é o atual governo da presidente DilmaRousseff

O livro “Diários da Presidência”, do ex-presidente tucano FHC, narra fatos sobre seus anos como dirigente máximo da nossa república e precisa “urgentemente” ser anexado aos autos da operação Lava Jato.
Entre outras revelações, o ex-presidente relata ter sido alertado, em 16 de outubro de 1996, que ocorria um “escândalo” dentro da Petrobras. Quem o alertou foi o dono da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, nomeado pelo ex-presidente para o conselho de administração da estatal.
Nunca é demais lembrar que hoje seu próprio partido, o PSDB, chama as denúncias de corrupção dentro da estatal de “petrolão”…. 
E tem mais: No governo de Fernando Henrique Cardoso, quem nomeava ministros era Roberto Marinho, dono da Globo
No primeiro  volume dos diários, FHC afirma ter nomeado um alto funcionário do Ministério das Comunicações em 1995 após consultar Marinho a respeito de três indicações. Um desses nomes foi escolhido secretário-executivo pelo então titular da pasta, Sérgio Motta.
O trecho da livro, reproduzido na reportagem da Folha, diz o seguinte: “Eu próprio [FHC], depois de ter pedido uma informação ao Roberto Irineu Marinho a respeito de três pessoas competentes da área, pedi ao [ministro] Eduardo Jorge que as entrevistasse”, afirma o tucano. “Passei os nomes ao Sérgio Motta [1940-98]. O secretário-executivo escolhido pelo Sérgio [Renato Guerreiro] é um desses três.”
“O então presidente, por iniciativa dele, quis conhecer a minha opinião sobre três nomes para uma posição técnica”, afirma Marinho na nota enviada à Redação.
(com informações da RedeBrasilAtual e blog Amigos do Presidente Lula)
*****
Fonte:http://br29.com.br/em-novo-livro-fhc-confirma-que-e-o-pai-do-petrolao-detalhe-roberto-marinho-escolhia-os-ministros/
Postar um comentário