terça-feira, 11 de agosto de 2015

Corrupção na luta contra a corrupção: a fraude do protesto anti-Dilma no Facebook

11.08.2015
Do blog DIARIO DO CENTRO DO MUNDO,06.08.15 
Por Kiko Nogueira

Dennis Heiderich
Dennis Heiderich, criador do “evento”

Uma arapuca foi armada no Facebook com os métodos das milícias que pedem o impeachment: protestar contra a corrupção por meio de corrupção. Uma página contra Aécio Neves, criada em outubro do ano passado, se transformou na quinta, 6, em convocação para as manifestações de 16 de agosto.

Dennis disse à BBC que “mudou de opinião”. Simples assim. Aparentemente, em dois meses foi de alguém que criticava a turma que fala em “ditadura comunista” para convertido a uma “Direita que nasce para endireitar os rumos da nação”.

Segundo ele, tudo ficou realmente claro quando viu “toda a esquerda saindo nas ruas para protestar contra a redução da maioridade penal, chamando aqueles marginais de crianças”. 

Ele pensou, então: “Eu estou do lado errado, preciso sair daqui. Agora sou assumidamente de direita.”

É um fenômeno difícil de explicar. Pode ser que se esteja diante de um caso clínico. Hoje o rapaz campanha pela “família tradicional”, apoia Bolsonaro para presidente e é a favor da intervenção militar para tirar a “quadrilha” do poder. O que ele será amanhã?

Os internautas que se sentiram enganados com a mudança no Facebook não são problema dele. “Quis dizer para as pessoas: ‘Faça a mesma coisa, mude de ideia’. Por isso não desativei o evento. Só tive a ideia de trocar agora porque eu já tinha feito um trabalho de conscientização.”

Um dos que ajudaram Henrique a alterar a natureza da publicação no FB na rede foi Mauro Sanders.

“Em nome de todos aqueles enganados pelas políticas esquerdistas, foi dado o troco na forma de pegadinha para vermos se quem apoia esse governo se sente um pouquinho como nós, trabalhadores honestos, já que a descoberta de milhões na conta de Dirceu ao mesmo tempo em que ele pedia vaquinha não foi o suficiente”, disse à Folha.
Henrique pode sofrer, eventualmente, de algum distúrbio. Talvez precise de ajuda da família.

Já seu amigo Sanders, que acha normal ludibriar milhares em causa própria, sofre de doença mais grave, possivelmente incurável. Umberto Eco nunca esteve tão certo ao lembrar que as redes sociais dão o direito à palavra a uma legião de imbecis.
****
Fonte:http://www.diariodocentrodomundo.com.br/corrupcao-na-luta-contra-a-corrupcao-a-fraude-do-protesto-anti-dilma-no-facebook-por-kiko-nogueira/
Postar um comentário