quinta-feira, 4 de junho de 2015

Construindo suas convicções

04.06.2015
Do portal VERBO DA VIDA, 04.07.2014
Por Guto Emery*

blog_dentro_guto
Eu ouvi uma frase certa vez de um homem que dizia o seguinte: “O segredo do sucesso eu não sei, mas o segredo do fracasso é tentar agradar a todo mundo”. É interessante isso porque a fé nos leva a contrariar muitas vezes intenções de pessoas, pensamentos, costumes e comportamentos. Lembro que quando Ap. Bud Wright veio para o Brasil pela sua fé ele contrariava as pessoas.
Por exemplo, eu não gostava quando as pessoas o convidavam para uma festa de 15 anos de alguém, porque geralmente nesses ambientes as meninas dessa idade se vestiam digamos que mais “à vontade” e o Pr. Bud pegava aquela oportunidade para “quebrar ao meio” o aniversário.
Ele era bem radical na forma de crer e pensar. Para ele de fato, não era possível uma pessoa viver uma coisa dentro da igreja e outra fora. Para muitos ele era ultra radical, mas irmãos, quem vive uma vida para Deus com princípios da Palavra não suporta muita coisa.  Uma pessoa radical na fé vai contrariar o desejo de pessoas.
Desde que o pastor partiu para o Senhor eu fiquei pensando quais as minhas convicções. As minhas certezas. Precisamos entender que é fácil você ser levado pela unção de outros e você acreditar por tabela, mas não ter as suas próprias convicções firmes na Palavra de Deus.
Eu percebi algumas coisas que eu precisava construir em mim como líder, ministro e ficava até pensando: eu não vou ficar pensando nessa coisa: “eu sou o líder do ministério”, mas irmãos, uma coisa hoje é fato: Eu sou e tenho que tomar a responsabilidade de algumas coisas na forma de crer e passar a penar em algumas coisas que antes o pastor era quem pensava. Existem muitas coisas que comecei a perceber e vejo que o pastor estava muito certo nas suas convicções.
A gente só pode mudar a vida de pessoas se formos muitas vezes, radicais nas convicções que temos. Para você não ficar escandalizado com essa palavra: RADICAL. Ela não quer dizer apenas uma coisa ruim. Quer dizer, inflexível. Seja inflexível para as coisas do mundo. Não aceite as coisas do mundo como normais.
Se olharmos na Bíblia veremos que os grandes homens de Deus eram radicais. Eles tomavam a verdade da palavra como uma coisa absoluta e conseguiam se levantar em meio a situações que estavam se apresentando para eles e para os seus. Se você olha, por exemplo, em Hebreus capitulo 11 só nesse capitulo a palavra fé foi escrita 23 vezes.
Está escrito em Hebreus: “Os quais por meio da fé subjugaram reinos, praticaram justiça, obtiveram promessa, fecharam  a boca de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerras, puseram em fugas exercito estrangeiro” 
Isso tudo é característica de uma fé radical. É uma grande disposição de obedecer a Deus. Lendo tudo isso, fico pensando no que a gente está perdendo, porque se a Bíblia fala sobre a vontade de Deus e é a vontade de Deus que estas coisas estejam escritas da forma que foram, eu acho que estamos perdendo alguma coisa em não acreditar radicalmente naquilo que a Palavra de Deus diz.
Lembro de uma passagem de I João 5. 14 diz assim: “E esta é a confiança que temos para com ele que se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade Ele nos ouve e se sabemos que Ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito”.
Eu pergunto: Isso aqui é verdade? Nós cremos mesmo nesse texto?
Estamos certos que temos obtido os pedidos que temos feito?
Animo você a ler e meditar nesses textos e em construir suas convicções com base na Palavra de Deus.
*Trechos da ministração na reunião de oração no Centro de Operações do MVV
* Guto Emery é o presidente do Ministério Verbo da Vida
*****
Fonte:http://verbodavida.org.br/ministerio/ministerio-colunistas/diretoria-gutoemery/construindo-suas-conviccoes/
Postar um comentário