quinta-feira, 21 de maio de 2015

Sindsprev realizou seminário para fortalecer campanha salarial

21.05.2015
Do portal SINDSPREV.PE, 15.0515
Por Edmundo Ribeiro

CLIQUE PARA AMPLIAR
        Economista Luiz Moura fez uma análise da conjuntura econômica no Brasil

No dia 15/05, pela manhã, no auditório do Centro de Formação e Lazer (CFL), o Sindsprev-PE realizou o Seminário Campanha Salarial 2015, com o objetivo de fortalecer a luta e construir vitórias. 
Estiveram presentes os servidores escolhidos pela categoria em seus locais de trabalho durante as diversas reuniões sobre a campanha salarial.  Nos locais onde ainda não aconteceram  esses encontros, foi convidado a participar do seminário o delegado sindical de base do Sindsprev Gestão 2011/2014.

No encontro foi feito um balanço do processo de negociação entre o Governo Federal e as entidades representativas dos servidores, com análises política e econômica dos possíveis cenários visando o atendimento das reivindicações da categoria. Coube ao economista do Dieese, Luiz Moura, apresentar uma análise da conjuntura econômica no Brasil e tirar as dúvidas dos participantes.
 

CLIQUE PARA AMPLIAR
                              Servidores atentos à explanação do economista

Durante o evento foram destacadas as discussões  sobre as principais reivindicações da campanha, entre elas o reajuste salarial e a incorporação de todas as gratificações. Na ocasião, os dirigentes do Sindicato ressaltaram a necessidade dos trabalhadores da nossa categoria participarem e fortalecerem as mobilizações programadas no estado.  


 CLIQUE PARA AMPLIAR
                               Seminário reuniu servidores do Recife e interior
Confira a pauta geral da Campanha Salarial 2015
 
- Índice linear de 27,3%
 
- Incorporação de todas as gratificações produtivistas

 
- Fim da terceirização que retira direito dos trabalhadores. Repudiar toda forma de terceirização, precarização e privatização

 
- Concurso público pelo RJU

 
- Isonomia salarial e de todos os benefícios entre os poderes
-  Extinção do fator previdenciário

 
- Pela aprovação da PEC 555 que extingue a cobrança previdenciária dos aposentados

 
- Pela aprovação do PL 4434 que recompõe as perdas salariais

 
- Regulamentação da jornada de trabalho para o máximo de 30 horas para o serviço público, sem redução salarial.

 
- Aprovação de aposentadoria integral por invalidez (PEC 170/2012)

 
- Implementação da paridade entre ativos, aposentados e pensionistas

 
- Combate a toda forma de privatização

 
- Liberação de dirigentes sindicais com ônus para o estado, sem prejuízo às carreiras

 
- Pela revogação do FUNPRESP e da EBSERH.
******
Fonte:http://sindsprev.org.br/index.php?categoria=noticias_principais_01&codigo_noticia=0000003347&cat=noticias
Postar um comentário