quarta-feira, 15 de abril de 2015

Sonegadora é condenada... na França

15.04.2015
Do BLOG DO MIRO
Por Altamiro Borges

Nesta segunda-feira (13), a Justiça da França condenou a três anos de prisão a ricaça Arlette Ricci, herdeira do negócio de moda e perfumes Nina Ricci. Ela foi acusada por sonegação fiscal e lavagem de dinheiro após ser revelado que mantinha contas na unidade do HSBC na Suíça, no caso que ficou conhecido como SwissLeaks. Segundo as investigações do fisco francês, a bilionária desviou US$ 22 milhões usando usando contas e empresas "offshore" baseadas principalmente no Panamá. Ela também foi condenada a pagar US$ 1,1 milhão em multas e terá confiscadas quatro propriedades, avaliadas em US$ 4 milhões.

Em outros países, principalmente da Europa, o escândalo do SwissLeaks tem gerado fortes abalos políticos. As listas dos sonegadores - que se utilizavam de mecanismos criminosos do banco HSBC - já foram divulgadas e vários empresários, celebridades midiáticas e políticos estão na berlinda. Já no Brasil, a lista segue nas mãos de "jornalistas investigativos" do UOL e do jornal O Globo. O governo federal ainda não teve acesso às contas secretas dos 8.667 envolvidos neste escândalo. Pelos dados vazados até agora, sabe-se que lista inclui poderosas empresas - como a Gerdau e o Banco Safra -, e veículos de comunicação - como a RBS, afiliada da TV Globo na região Sul. O silêncio da mídia nativa sobre o escândalo confirma que há algo de muito podre no "Suiçalão".
*****

Leia também:







*****
Fonte:http://altamiroborges.blogspot.com.br/2015/04/sonegadora-e-condenada-na-franca.html
Postar um comentário