quinta-feira, 2 de abril de 2015

GLOBO APOIOU A DITADURA:Qual indenização o MPF deve exigir da Globo por danos coletivos no apoio à ditadura?

02.04.2015
Do blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA.01.04.15


O jornal "O Globo" apoiou o golpe de 1964, que impôs um ditadura de 21 anos iniciada no dia 1. de abril, há 51 anos atrás.

Logo depois do golpe a TV Globo entrou no ar e apoiou ostensivamente a ditadura por 21 anos.

Sob pressão das ruas nas jornadas de junho de 2013, o próprio jornal "O Globo" admitiu em editorial este apoio, dizendo ter sido "um erro".

A história mostra que a ditadura foi nociva à nação, retirando cidadania dos brasileiros, retirando até o direito de lutar por direitos. Não deixou nem mesmo um legado social razoável como ocorreu na ditadura da Coréia do Sul (aqui a maioria da população continuou na pobreza, a má distribuição de renda piorou, aumentaram as favelas, a qualidade da educação caiu, etc).

Mas a Globo ganhou muito dinheiro e poder com a ditadura se tornando na época o maior império de mídia da América Latina (após um certo tempo de democracia entrou em decadência, e parece que a coisa anda feia por lá com crise de audiência em todos os horários).

Então, vocês não acham justo, neste 1. de abril, o Ministério Público Federal propor uma ação civil de indenização contra as Organizações Globo por danos coletivos ao povo brasileiro no processo de apoio à ditadura?

O MPF promoveu uma ação de indenização contra empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato, pedindo R$ 5 bilhões de indenização por terem corrompido funcionários da Petrobrás e depreciado a imagem da empresa com o escândalo.

Quanto seria uma indenização justa à nação brasileira por 21 anos de lucros bem remunerados pelo apoio midiático à ditadura?

Em tempo: Lembre-se de ir protestar hoje, às 17hs, na porta da TV Globo:

No dia da mentira e da ditadura, protesto nacional contra a TV Globo e a sonegação.
****
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2015/04/qual-indenizacao-o-mpf-deve-exigir-da.html
Postar um comentário