sábado, 14 de fevereiro de 2015

O culto ao corpo: Três casos que nos chamam a atenção desse exagero estético

14.02.2015
Do portal GOSPEL PRIME
Por Josiel Dias

“Deve-se deixar a vaidade aos que não têm outra coisa para exibir.” (Honoré de Balzac)
O culto ao corpo: Três casos que nos chamam a atenção desse exagero estéticoHá uma quase paranoia entre os jovens, principalmente aqueles que estão nas mídias e são famosos do culto ao corpo. Eles fazem loucuras para manterem seus corpos sarados, bronzeados. Chegam a pagar o preço muito alto por cirurgias plásticas, implantes, retiram costelas a fim de permanecerem “sem defeito algum”
O culto ao corpo. Três casos que nos chamam a atenção desse exagero estético.
No final do ano passado tivemos a notícia do que aconteceu com a modelo Andressa Urach, por ter aplicado de forma,  exagerada de hidrogel, sem acompanhamento, que resultou em quase óbito. O exagero foi reconhecido pela própria modelo quando afirmou: Tive medo da morte e me arrependo das plásticas que eu fiz. “Eu estava sem controle”.  Este caso de Urach trouxe à tona a discussão para o uso do hidrogel em tratamentos estéticos. Após toda a adversidade, Andressa afirma ter aprendido a lição; “Morri, encontrei comDeus e ele me deu uma nova chance”.
Ken humano brasileiro- O paulista Celso Santebanes ficou famoso após gastar cerca de R$ 30 mil para fazer uma rinoplastia, uma intervenção plástica no queixo e no maxilar para ficar com o rosto do Ken, boneco parceiro da Barbie. Celso foi internado dia 7 de janeiro por conta de inflamações nas pernas, consequência da aplicação exagerada de hidrogel, mesmo problema enfrentado por Andressa Urach.
Lutando contra uma leucemia, Celso Santebanes, o Ken Humano, desabafou em seu Instagram neste domingo (18). “Estou nas mãos de Deus… Quero acordar logo desse pesadelo!”, escreveu na rede social.
Outro caso vem dos Estados Unidos que nem mesmo com o risco de ficar cego impediu que o jovem Justin Jedlica, também conhecido como Ken humano, se submetesse a uma cirurgia para remover suas indesejadas veias de sua testa.  Viciado em cirurgias plásticas, ele ainda aproveitou a intervenção cirúrgica para tornar suas costas mais musculosas, usando quatro implantes feitos por ele mesmo. As informações são do Daily Mail.
“Eu tenho quase todas as partes do meu corpo trabalhadas”, admite ele, que já gastou U$220 mil em mais de 20 cirurgias e ainda não está satisfeito: “Como uma pessoa muito detalhista, eu sempre encontro algo novo para criticar e corrigir”, explicou.
Tudo é passageiro, mas a palavra de DEUS permanece.
 Fica o alerta aos nossos jovens sobre tais práticas. Estes exemplos acima servirão de lição para você jovem que não se contenta com sua beleza natural e tenta de todas as formas mudar o que Deus te deu. Fica a pergunta: Será que vale a pena pagar este preço? Por quanto tempo sua “beleza” durará?
Tudo passa, a tendência é envelhecermos isso é natural desde os tempos passados. Não quero aqui jugar ninguém, pois sei que muitos não estão satisfeitos e cuida de sua aparência. Mas o problema todo é quando esse cuidado vira uma adoração, um culto ao corpo. Quantos exemplos temos de jovens bonitas que não havia nenhum motivo para fazerem “lipo” e simplesmente morreram por este excesso de estética.
 “…pois eles, com palavras de vaidosa arrogância e provocando os desejos libertinos da carne, seduzem os que estão quase conseguindo fugir daqueles que vivem no erro”. 2 Pedro 2:18
O preço da vaidade tem ceifado jovens
O Recado do Apóstolo João aos Jovens
Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre. 1 João 2:17  
A nossa sociedade impõe regras, dita normas, para manter jovens presos as coisas deste mundo, a este padrão diabólico de “beleza”. O culto ao corpo está totalmente ligado ao erotismo, a sensualidade, ligado às coisas abomináveis deste mundo. Por isso jovens fujam da aparência do mal, fujam destas regras e normas. Vocês são belos, vocês foram criados a imagem semelhança de DEUS. Não mude o que Deus te deu. O problema não é pelo simples fato de cuidar do corpo, o problema é o culto ao corpo.
Seja lindo(a) você pode e não há nada de errado em cuidar melhor de sua aparência. Mas lembre-se “O homem vê o que está diante de seus olhos, DEUS porém vê o interior”. Nada adiantará ser “bonito” por fora se por dentro nos mantemos feios, reprovável diante de Deus. A aparência do mundo é passageira, somos aconselhados a não amar estas regras mundana.
Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 1 João  2:15
*Outro dia ouvi um rapaz dizendo: “A mulherada pira diante de um tanquinho.” Uma moça, evangélica afirmou toda orgulhosa: “gosto de malhar porque eu fico gostosona.” O culto ao corpo é uma triste realidade evangélica. Lamentavelmente milhares de moças e rapazes lotam as academias com o objetivo único de endeusarem a si mesmos.
Vigiemos, pois o culto ao corpo é idolatria e idolatria é abominação diante de DEUS.
Pb. Josiel Dias
 *Renato Vargens
*****
Fonte:http://artigos.gospelprime.com.br/culto-corpo-tres-casos-chamam-atencao-exagero-estetico/
Postar um comentário