Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de julho de 2014

ESCÂNDALOS DE FHC: Fato! FHC Liderou corrupção

08.07.2014
Do blog MEGACIDADANIA, 07.07.14

FHC libderou corrupção
DOCUMENTO OFICIAL COMPROVA DE FORMA INEQUÍVOCA QUE A PRIMEIRA DECISÃO DE FHC FOI EXTINGUIR A COMISSÃO ESPECIAL DE COMBATE A CORRUPÇÃO QUE ITAMAR FRANCO CRIOU.

FHC libera a corrupção 1995
ACESSE AQUI OS DOCUMENTOS ACIMA REPRODUZIDOS:


Clique nos links a seguir e confira:





******
Fonte:http://www.megacidadania.com.br/fato-fhc-libderou-corrupcao/

10 lições para ser um melhor cidadão brasileiro

08.07.2014
Do blog FAMILIA.COM.BR
Por Chris Ayres*

Podemos transformar nosso país se cada um de nós colocar em prática estas 10 lições de cidadania.
  • Quer um país melhor? Então faça sua parte colocando em prática estas lições:

    1. Seja honesto

    Não adianta reclamar da corrupção se você não está disposto a viver totalmente a honestidade que requer dos líderes do país. Se cada pai ou mãe der o exemplo de honestidade aos filhos, cada lar, cada bairro, cidade e estado, além de viverem sem corrupção, estarão criando líderes que presidirão o país no futuro.

    2. Seja ético

    Respeito, educação, paciência, gentileza, amor ao próximo vêm de berço. Aplicar a regra de ouro uns com os outros, começando no lar, é criar seres humanos que respeitarão outros, que falarão baixo, que esperarão a vez, que não tentarão tirar vantagem, enfim, tudo isso começa em casa.

    3. Seja simples e econômico

    Frugalidade é uma das palavras mais bonitas que existe. Saber viver bem com o básico elimina o materialismo, traz felicidade a partir da gratidão pelo que se tem ao invés de se lamentar pelo que não se tem. O brasileiro tem riquezas naturais que muitos países jamais terão. Desfrute dessas maravilhas com responsabilidade, sem consumismo exagerado.
    Viver a autossuficiência, sem dívidas, mesmo que seja uma vida simples, é a real liberdade.

    4. Seja patriota

    Isso significa vestir a camisa mesmo quando o barco está afundando. Preserve, recicle, visite lugares, orgulhe-se de suas raízes.
    A lealdade ao país é diferente da obediência ao governo e apoio à politicagem, ainda somos brasileiros mesmo que vivendo em meio a injustiça. Não precisamos seguir o exemplo dos injustos e corruptos.

    5. Sonhe alto

    Acreditar que os sonhos podem ser alcançados, viver de forma a realizá-los, e agradecer cada passo dado em direção a eles, com coragem, persistência e honestidade. Sonhos não se tornam realidade facilmente, é necessário trabalho duro, determinação e suor. E isso o brasileiro tem de sobra.

    6. Trabalhe duro

    Trabalhar é parte da necessidade de viver, não sobreviver. Buscar por melhores condições, sem se alienar, fazendo a diferença, andando a segunda milha, cedo ou tarde trará bons frutos. Como sabemos, sucesso vem antes de trabalho somente no dicionário.

    7. Ame e seja amado

    Ninguém é perfeito, mas cada um pode encontrar alguém que lhe complete. Se você já se machucou, dê a si mesmo uma segunda chance. Confie nas pessoas. Confie no amor.
    Tudo depende de respeito, consideração, dedicação, amor e comprometimento. Se você amar a vida, a vida lhe amará de volta.

    8. Faça o bem

    Cristo disse que "quando servirdes a um de meus pequeninos, a mim o servirdes". Dedicar-se a ajudar as pessoas é abrir a visão, ganhar tolerância, aprender a ser grato e entender o propósito da própria vida.
    Todas as pessoas à sua volta precisam de você. Seja de um pedaço de pão, para aprender a pescar, ou mesmo de um sorriso. O brasileiro é conhecido como um povo de coração aberto. Passe às suas gerações essa qualidade.

    9. Ame a sua família

    Afinal, eles lhe conhecem verdadeiramente e apesar de saberem todos os seus defeitos, estão ao seu lado, estarão quando você mais precisar. Eles são seu maior tesouro e a fonte de sua verdadeira felicidade.
    Madre Teresa disse, "O que você pode fazer para promover a paz no mundo? Vá para casa e ame sua família". Sim, e ensine-os a amar e respeitar as outras famílias da mesma forma.

    10. Tenha fé em Deus

    Deus é onipotente, onisciente e Pai de todos nós, independente de raça, cor, credo, de acreditarmos n'Ele ou não. Ele não deixa de existir porque algumas pessoas não acreditam n'Ele ou não conhecem a Sua paz.
    Se você ainda tem dúvidas de que Ele existe, Ele não tem dúvidas do amor que sente por você. Faça as pazes com Ele. Ele estará sempre de braços abertos à sua espera. Seja uma luz que O represente a todos à sua volta. Isso lhe trará paz. E paz é o que o Brasil precisa.
  • Chris Ayres é Gerente Geral Internacional do site Familia.com.br, acredita que a palavra tem força para mudar o mundo, que há uma mensagem divina desde o nascer ao pôr-do-sol, e que a família é o centro de tudo e, principalmente, quem somos. Para contatá-la, visite sua fanpage.
****
Fonte:http://familia.com.br/10-licoes-para-ser-um-melhor-cidadao-brasileiro

Deixe de ser cara-de-pau, Aécio Neves! Quem fez “uso político” da Copa?!

08.07.2014
Do BLOG DA CIDADANIA, 07.07.14
Por Eduardo Guimarães


Você jamais será eleito presidente da República, Aécio Neves. Sabe por que? Porque se acha mais esperto do que a esperteza e, por isso, trata os brasileiros como idiotas. Você despreza a inteligência de um país inteiro. E é isso o que irá derrotá-lo

Repercutiu com força a sua acusação infame – e covardemente velada – à presidente Dilma Rousseff, de que ela estaria tentando fazer “uso político” da Copa.

O jornal Valor Econômico, por exemplo, relata que “No primeiro dia de campanha eleitoral, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, acusou o governo de usar politicamente a Copa do Mundo (…)”.

Ora, respeite o povo brasileiro. Respeite seu mandato de senador.

Será que você não enxerga a ironia suprema que reside no que acaba de dizer? Quando poderia imaginar que o evento que você e a mídia diziam afundaria no “caos” se converteria em “risco” de sua principal adversária lucrar politicamente?

Dilma praticamente não falou da Copa nem quando a sua versão e dos órgãos de imprensa seus amigos prevalecia nem agora, quando vocês caíram do cavalo. Como é que Dilma está usando politicamente a Copa?

Quem fez tal uso político, foi você. Para ilustrar essa afirmação, este Blog recorre ao blog “Amigos do Aécio”, que reproduziu parte da politicagem barata que você, surfando nas ondas da mídia amiga, edificou em torno das versões de que o Brasil “passaria vergonha” na Copa.


Abaixo, trecho da matéria.

Para o senador Aécio Neves, presidente do PSDB e potencial candidato à presidência da república este ano,o atraso nas obras reflete a ineficiência e a incapacidade do governo de planejar e gerir obras. “Mais uma vez é a incapacidade gerencial do governo prevalecendo. Portanto aquilo que se esperava que pudesse ser o grande legado pós copa do mundo simplesmente não acontecerá na dimensão que nós esperamos”, disse.
Aécio alertou ainda para as consequências financeiras da falta de planejamento. “O que nós estamos assistindo aqui, infelizmente em todas as regiões do país, é um conjunto enorme de atrasos em razão da inoperância do governo federal, da incapacidade de tocar essas obras. Tanto em relação a copa do mundo quanto em outras áreas. O Brasil virou hoje um grande cemitério de obras inacabadas. E com sobre preço, com preços muito além dos inicialmente previstos”, completou (…)”

Você e seu partido vêm dizendo essas coisas há muito tempo. No site do PSDB, aliás, suas acusações infundadas de que a organização da Copa seria um fiasco estão até gravadas. Ou você vai negar que é a sua voz que está lá?

Naquela oportunidade, você disse aos brasileiros que “75% de todas as obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo” estavam atrasadas e “alertou que 25%” não ficariam prontas “até o evento”.

Mas o pior mesmo foi você, em uma de suas crises de oportunismo galopante, espalhar pela mídia foto com seu aliado político “Ronaldo Fenômeno”, que afirmou, para quem quis ouvir, que tinha “vergonha” de uma organização da Copa da qual ele mesmo fazia parte.

Aquilo, por acaso, não foi uso político da Copa?

Então, Aécio Neves, é por essas e por outras que você vai ser derrotado, porque trata o público como idiota. Conforme revela matéria da Folha de São Paulo desta segunda-feira (7/7), você acha que todo mundo vai esquecer do que disse e, agora, desdiz.


O grande problema do PSDB, a conduta que faz seu partido perder uma eleição presidencial após a outra há mais de uma década é justamente esse: vocês não respeitam o povo brasileiro. Assim como a mídia que os serve, ou que se serve de vocês. Tanto faz.

É por isso que o sucesso de organização que está sendo a Copa do Mundo de 2014 já até gerou efeitos políticos favoráveis à sua adversária sem que ela tenha feito qualquer coisa que justifique dizer que está fazendo “uso político” do que você previu que seria um desastre.

O povo brasileiro pegou você, seu partido e a vossa mídia no pulo, Aécio Neves. Foram pegos na mentira. Você pode até tentar atribuir a Dilma o que quem fez foi você, pode renegar suas palavras, mas será o único prejudicado por agir assim.

Escreva aí, Aécio Neves: você não será eleito porque despreza o povo que quer governar. 

Não demora e irá constatar isso. Talvez até lhe sirva de lição, mas este blog duvida muito. O escorpião não consegue mudar sua natureza.
****
Fonte:http://www.blogdacidadania.com.br/2014/07/deixe-de-ser-cara-de-pau-aecio-neves-quem-fez-uso-politico-da-copa/

DILMA DETONA OFENSIVA DIGITAL POR VOTO REAL

08.07.2014
Do portal BRASIL247
*****
Fonte:http://www.brasil247.com/pt/247/poder/146036/Dilma-detona-ofensiva-digital-por-voto-real.htm

David Luiz é o cara que a gente queria ser. E o papel dele na seleção pode ser maior do que imaginávamos

08.07.2014
Do portal da REVISTA CARTA CAPITAL, 07.07.14
ESPORTE FINO
Por  Rodrigo Borges

Ainda faltam seis dias para que o mundo conheça o novo campeão mundial de futebol. Mas esta Copa já tem um vencedor: David Luiz. O zagueiro encontrou no maior dos torneios o palco para se revelar. Não aos quem já gostam e acompanham o esporte. Mas atingiu, desta vez, o maior dos públicos, aquele que gosta de futebol de quatro em quatro anos. O “torcedor de Copa do Mundo” agora sabe quem é o zagueiro cabeludo.
Não foi apenas o abraço e o conforto a James Rodríguez no momento em que o colombiano desabou pela eliminação contra o Brasil. É também a liderança exercida no time mesmo sem ter a braçadeira de capitão – que talvez use nesta terça-feira, com a ausência de Thiago Silva. É também pela cabeleira bagunçada e divertida. Carismático, David é bom de propaganda, mas não é moldado pelo marketing. Ele é autêntico e parece um cara como você, como eu.
David Luiz e James Rodríguez
David Luiz comemora gol
Com James Rodríguez e comemorando gol contra a Colômbia: David Luiz é um dos “caras” da Copa (Fotos: Eitan Abramovich e Vanderlei Almeida/AFP)
Quando deixou o Brasil, David Luiz tinha 20 anos e só dois deles como profissional, no Vitória – que naquela época disputou as Séries B e C do Campeonato Brasileiro. É uma história recorrente, jogadores que saem cada vez mais cedo do país, ainda sem criar vínculo com seu time e até com os rivais. Este é um dos motivos para a falta de identificação da torcida com a seleção. O torcedor não reconhece mais um dos seus com a camisa amarela.
Talvez a saída precoce de jogadores seja um movimento que nunca será revertido. Neymar, que jogou profissionalmente no Santos durante quatro anos antes de ir para a Europa, é exceção. Mas David Luiz provou em pouco tempo que é possível, sim, ganhar a torcida. É possível que as arquibancadas reconheçam um ídolo em alguém que basicamente fez a carreira no exterior: em Lisboa (Benfica), Londres (Chelsea) e, agora, em Paris (PSG).
Reconhecer um ídolo em campo dá mais uma razão ao torcedor para apoiar o time. Porque é muito difícil vaiar um ídolo. Não se torce apenas para o Brasil, mas também para um cara como David Luiz – que é também um dos melhores jogadores desta Copa do Mundo. Um ídolo dificilmente será chamado de mercenário milionário por causa de um jogo ruim, na hora de uma derrota difícil ou de uma eliminação. O ídolo sempre tem crédito.
David Luiz é o cara bacana da seleção. E seu papel pode ir muito além das palhaçadas, das caretas e dos gestos bacanas: ele mostrou o caminho para a reconciliação de um namoro que se perdeu faz tempo, entre a seleção brasileira e a torcida.
David Luiz na piscina
O homem-carisma: o papel dele pode ser muito maior (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
*****
Fonte:http://esportefino.cartacapital.com.br/copa-2014-david-luiz-torcida-selecao-brasileira/

TORCIDA BRASILEIRA: Demente

07.07.2014
Do blog ESQUERDOPATA, 


Não queríamos saber de Copa. Durante o primeiro jogo do Brasil, estávamos dentro de um avião. Sequer perguntamos o resultado quando chegamos. Alguém comentou: Brasil ganhou de 3 a 1. Olha, legal. Neymar fez dois? Olha, legal. E foi isso.

No segundo jogo, não encontramos nenhum lugar legal pra assistir. Todos os bares estavam ou muito vazios, ou muito cheios. Escolhemos um bem vazio. E saímos do zero a zero com aquele clima de zero a zero. Tudo isso pra isso? disse a Clarice. Tudo isso era pra isso. Mas eles jogaram com raça. Olha, legal.

No terceiro jogo, encontramos um lugar animado. De um lado do bar, torciam para o Brasil ganhar do Camarões. Do outro, para o México ganhar da Croácia. Conheci um mineiro gente boa. Senti uma coisa estranhíssima que alguns chamam de estupidez, outros chamam de amor à camisa. Pelo menos umas duas vezes me flagrei berrando como um animal. Ganhamos o jogo. O México também. Voltamos pra casa com a estranha impressão de que aqueles gritos talvez tivessem contribuído pra alguma coisa —mas não sem uma certa vergonha por ter berrado.

No jogo do Chile, estávamos em Creta. Estranhamente, não havia nenhum brasileiro à nossa volta —até então, sempre encontramos conterrâneos em frente à telinha. O bar estava cheio mas, sobretudo, e sei lá porquê, de americanos. Todos eles, sei lá porquê, torcendo contra o Brasil. "Nós somos os Estados Unidos do futebol", Clarice teorizou, com razão. "E as pessoas torcem pelo mais fraco." Aquela torcida me deu um ódio irracional. "Vocês nem sabem o que é futebol. Isso é importante pra gente."

Um deles odiava especialmente o Neymar e dizia repetidamente: "you arrogant piece of cunt". Perguntei a Clarice o que era cunt. Clarice disse que era o órgão sexual feminino, e era um xingamento terrível —o que aliás denota um machismo doentio. Tem algo de muito errado com uma pessoa que xinga o outro de buceta arrogante —e com alguém que xinga o Neymar. Aquilo me deu engulhos como se alguém estivesse xingando meu filho.

Passei a torcer como um demente. Se o Brasil perdesse, seria uma vergonha pra mim e pra Clarice que a essa altura estava torcendo ainda mais demente que eu. Mas o Brasil ganhou. E foi uma vergonha ainda maior. Virei pra trás e comecei a gritar, em português mesmo: "Isso aqui é Brasil, porra!" Clarice teve que me segurar. "Calma, Gregorio." Vergonha. Pagamos a conta e saímos de cabeça baixa.

No último jogo, já era um demente profissional —com mandingas, simpatias e berros de perder a voz. A contusão de Neymar teve dimensões trágicas. Como continuar o espetáculo sem protagonista? Se dermos a volta por cima —vamos dar— vou berrar por 12 horas. Se não dermos, vou berrar por 128 horas. Se encontrarem um imbecil abraçado numa bandeira berrando coisas desconexas, esse cara sou eu. Desculpem.
****
Fonte:http://esquerdopata.blogspot.com.br/2014/07/demente.html

Quem apostou no fracasso da Copa?

08.07.2014
Do blog PRAGMATISMO POLÍTICO
Por Jornalismo Wando

Jornalistas, celebridades e políticos, todos cheios de certezas, fizeram previsões públicas sobre a tragédia que seria a Copa do Mundo no Brasil


Mãe Dinah morreu, mas seu legado permanece vivíssimo em nossos corações. Como vocês já sabem, muita gente abusou da clarividência desde que o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo. E pra ilustrar esse grande momento da vida brasileira, eis uma seleção com as previsões mais furadas.

O senador Álvaro Dias apostou alto no fracasso do Brasil. Mesmo depois que sua assessoria passou vexame ao denunciar propaganda subliminar comunista no clipe oficial da Copa, o tucano continuou empenhado em apontar o inevitável fracasso do país na organização do evento. Confira trechos do seu pronunciamento em março no plenário:

“É uma tragédia a organização da Copa do Mundo no Brasil (…) o noticiário internacional dá conta de que os dirigentes da FIFA se arrependem amargamente de ter escolhido o Brasil para sediar essa Copa. Chegam a afirmar nos bastidores da entidade que provavelmente será a pior Copa da história em matéria de organização e resultados. Mas a Copa é o maior espetáculo midiático do mundo, que está sendo pessimamente aproveitado pelo Brasil. Desejaram a realização da Copa do Mundo, mas não souberam o que fazer com essa primazia e estão desperdiçando uma oportunidade preciosa de demonstrar competência, capacidade de organização e, sobretudo, capacidade de vender bem uma imagem positiva do nosso País”

Eram muitas as certezas. Soninha Francine também fazia suas apostas:
soninha copa
Álvaro e Soninha são políticos de oposição e até engolimos toda essa fé no catastrofismo. Mas agora vamos falar do empresariado e suas expectativas com relação a nossa capacidade em organizar o evento. Trago como exemplo João Doria Jr, empresário e apresentador de TV, que também trabalha como uma espécie de agitador empresarial, promovendo encontros, debates, palestras e desfiles de cachorrinhos em Campos do Jordão. Vejamos como João lamentava a vergonha que daríamos na Copa:

joão doria copa

Em entrevista ao R7, Doria também afirmou com muita tristeza:

“Brasil não está pronto em absolutamente nada. (…) nós não vamos ter aeroportos em condições plenas de receber os jogos da Copa do Mundo e teremos dificuldades no caso do Rio de Janeiro”

Iniciados os jogos, o jornal inglês Telegraph avaliou 6 aeroportos, considerou a maioria deles “excelente” e “lamentou as histórias de terror pré-Copa”.

Depois que a bola rolou, parece que o empresário descobriu pelo menos um bom legado da Copa. Tanto que reuniu empresários para conversar com o ministro do Turismo sobre o legado turístico:

dória copa

Mas não podemos culpar apenas políticos e empresários ligados a políticos. Muitos jornalistas também deram sua contribuição para o clima de vexame antecipado. Além de Jabor, Ana Paula Padrão também andou morrendo de vergonha pelos cantos:

ana paula padrão copa
A jornalista contou que programou suas férias para fora do país durante a competição, pois não queria presenciar a “falta de organização” e nossa “incapacidade de planejamento”. Mas parece que a vergonha passou. No jogo contra o Chile, Ana já estava de volta ao “país do puxadinho”, empolgadíssima com a atuação de Júlio Cesar.

O cidadão comum esteve durante anos sitiado por esse pessimismo avassalador, que contaminou também a imprensa internacional. Depois de entrar na onda, publicações estrangeiras agora fazem mea-culpa e aplaudem o sucesso do evento no Brasil.

Além da tão falada hospitalidade, o país se mostrou bem estruturado para sediar um evento desse porte. Os brasileiros, mesmo com todos os seus já conhecidos problemas, driblaram o negativismo e mostraram sua cara ao mundo. Apesar dessa busca incessante de alguns por um ethos sueco, o povo do “puxadinho” mostrou que está dando conta do recado.

francesa copa brasil 2014

Francesa manda recado para os profetas do apocalipse. (20/06/14 – jogo entre França e Suíça)

*****
Fonte:http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/07/quem-apostou-fracasso-da-copa.html

Juca Kfouri sugere que brasileiro fique de olho em possível vingança da Fifa por causa de ação policial

08.07.2014
Do blog VI O MUNDO, 07.07.14

máfia dos ingressos 1
Raymond Whelan, diretor da Match, o braço da Fifa para venda de ingressos

07/07/2014 16:52
por Juca Kfouri, em seu blog

A prisão no Copacabana Palace de Raymond Whelan, diretor da Match, o braço da Fifa para venda de ingressos, é mais um dos gols que a polícia brasileira faz nesta velha prática da transnacional do futebol e um legado inestimável nesta Copa brasileira.

Se já não bastassem todos os escândalos recentes que mancharam indelevelmente a imagem da Fifa, a implosão de seu esquema de câmbio negro — que, posso afirmar sem nenhuma dúvida, funciona, no mínimo, desde 1998, na França, com ramificações, inclusive, nos “terceirizados” da CBF, que funcionam da mesma maneira –, fere definitivamente a instituição.

Whelan, que tem fortes relações com a cúpula do COL, certamente é apenas mais um testa de ferro dos poderosos e quanto mais fundo a polícia for mais gente graduada encontrará.
Não nos esqueçamos que um sobrinho de Joseph Blatter está ligado, de uma forma ou de outra, à Match.

Se a Fifa se vingará em campo do Brasil com seus apitadores dissimulados e seus apitos amestrados é algo que deveremos observar atentamente já a partir de amanhã.

Como será interessante observar se a rede montada pelo cartola brasileiro docemente exilado pelo mundo afora também será desbaratada.

Aí, será uma goleada, a revanche justa para tantos “pontapés no traseiro brasileiro”.

Importante: a Match estava em contato com o Rio-16 para o projeto de hospitalidade da Olimpíada.

Uma das empresas investigadas pela polícia, a Jet Set Sports, parceira da Match, é também parceira da Tamoyo Turismo, há muitos anos “a agência do olimpismo brasileiro”.

No Pan-2007, no Rio, ainda sob o nome de Byron, não Match como a empresa passou a ser chamada, essa mesma turma prestou seus serviços de hospitalidade.

PS do Viomundo: No meu, Azenha, primeiro contato pessoal com o jornalista britânico Andrew Jennings, quando ainda iniciava a investigação que resultou no livro O Lado Sujo do Futebol com três colegas, a definição dele da Fifa como “máfia” me pareceu um exercício retórico. Quase três anos depois, com tudo o que li, ouvi e investiguei a respeito, acho até que Jennings pegou leve.

Leia também:

*****
Fonte:http://www.viomundo.com.br/denuncias/juca-kfouri-desmascarar-fifa-o-maior-legado-da-copa-brasil.html