Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de março de 2014

Aldo: "Pelos críticos, Copa seria na Inglaterra"

03.03.2014
Do blog ESQUERDOPATA,03.03.14


247 – A quase 100 dias da abertura da Copa do Mundo no Brasil, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, minimiza a queda na aprovação popular em relação à Copa: “os números refletem uma campanha dos principais meios de comunicação contra o evento”. Segundo ele, se dependesse dos críticos, a Copa seria na Inglaterra.

Aldo defende o legado desse tipo de competição para o país: “não é apenas um evento esportivo, mas também econômico, que trará muitos investimentos privados, vai melhorar o turismo, melhorar a economia, as pessoas vão sentir e mudar de ideia”.

Ele cita dados de consultorias privadas como a Getúlio Vargas, que apontam que serão criados 3,6 milhões de empregos, mais que a população do Uruguai. “Haverá um acréscimo de 0,4% no PIB até 2019. Para cada real público, o setor privado investirá 3,4 reais”.

Segundo o ministro, não faria sentido a Copa não ser levada para Estados como Amazonas e Mato Grosso: “Seria excluir uma parte representativa da identidade e da cultura do Brasil. Nenhum lugar do mundo tem um bioma como o Pantanal, uma cidade como Cuiabá com mais de 300 anos, um estado forte na agropecuária, responsável por mais de 60% do superávit brasileiro”.

Ele não se diz preocupado com os atrasos na entrega dos estádios e que os organizadores acreditam na capacidade do Brasil porque “olharam para o nosso passado e viram o país que construímos”.
****
Fonte:http://esquerdopata.blogspot.com.br/2014/03/aldo-pelos-criticos-copa-seria-na.html

JULGAMENTO DA AÇÃO PENAL 470 PELO STF COMEÇA A RUIR

“Delúbio e Dirceu não são presos, são reféns”

03.03.2014
Do blog CAFEZINHO, 28.02.14
Por Miguel do Rosário

Quem diz é o deputado federal Luiz E. Greenhalgh:

*Delúbio e Zé Dirceu não são mais presos. São reféns."
É uma acusação grave, e infelizmente verdadeira. No mesmo dia em que o STF decide, por maioria, que os réus da Ação Penal 470 jamais formaram uma quadrilha, impondo humilhante derrota à Joaquim Barbosa e à mídia, Joaquim Barbosa, através de seu preposto na Vara de Execução Penal do DF, Bruno Ribeiro, se vinga de Delúbio e suspende o seu direito ao regime semi-aberto.
Pelo Twitter, o ex-deputado federal Luiz Greenhalgh criticou a decisão. “A decisão do juiz de execuções do DF (filho de dirigente do PSDB), cassando o regime semi-aberto de Delúbio Soares é absurda e revoltante. Com base em noticiário mentiroso da mídia, o juiz do DF se coloca acima da maioria dos ministros do STF, mantendo Delúbio em regime fechado. Um celular contra Zé Dirceu, uma feijoada contra Delúbio. Mixórdia e mentira movidas pelo ódio e a serviço de ambições políticas. Vergonha”, afirmou. (texto do 247)
Bruno Ribeiro é filho de Raimundo Ribeiro, dirigente do PSDB no Distrito Federal, que usa um programa jornalístico do qual é o âncora, para debochar dos condenados na Ação Penal 470. O baixo nível de Raimundo e seus convidados, o ódio político evidente, são facilmente discerníveis no vídeo abaixo.
Esse é o ambiente em que vive Bruno Ribeiro, que se arvorou carcereiro e verdugo dos réus petistas. Através de manobras ilegais, Joaquim Barbosa e Bruno Ribeiro não deixam Dirceu trabalhar.
Agora fazem a mesma coisa com Delúbio, impedindo-o, por maldade e mesquinharia, de passar o feriado de Carnaval com sua família. Sempre com base em “reportagens de jornal”.
Com Dirceu, uma ligação de celular que nunca existiu a não ser numa reportagem da Folha.
Com Delúbio, regalias fantasiosas inventadas pelo Globo, para quem agora qualquer demissão ou mudança no sistema prisional do DF terá o dedo de Dirceu ou qualquer outro petista.
Olha só a “feijoada” organizada por Delúbio que horrorizou a imprensa e a fez atiçar seus cães de guarda no Ministério Público e Judiciário.
Bhh6JSHIgAAXuB5
****
Fonte:http://www.ocafezinho.com/2014/02/28/delubio-e-dirceu-nao-sao-presos-sao-refens/#sthash.yWF36AAO.dpuf

Disque-Denúncia recebe informações sobre táxis durante o carnaval

03.03.2014
Do portal DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Os usuários pode enviar vídeos e fotos que auxiliem no processo investigativo

Foto: Germana Macambira/Esp. DP/D.A Press

O Disque-Denúncia do estado está recebendo informações sobre a qualidade do serviço de táxis na capital pernambucana e Região Metropolitana do Recife (RMR) durante o carnaval. Desde o ano passado, o serviço é realizado em parceria com a  Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

Os órgãos atuam de forma conjunta para o encaminhamento de informações que possam corrigir possíveis problemas existentes no serviço. Tendo como ponto de partida a denúncia anônima, o intuito é fornecer elementos que possibilitem uma melhor fiscalização. 

Como muitos usuários têm receio de repassar informações sobre o serviço mal prestado, com medo de represálias, o Disque-Denúncia garante o anonimato. "Temos um serviço de base comunitária, que não se restringe ao recebimento de informações sobre crimes, mas atua como ponte entre população e os órgãos competentes. Essa parceria é mais uma prova de que precisamos trabalhar juntos para melhorar a qualidade de vida do pernambucano", pontua a superintendente do Disque-Denúncia Pernambuco, Carmela Galindo.

O serviço funciona durante 24h nos quatro dias do carnaval e está à disposição para o recebimento de denúncias não apenas por parte dos usuários de táxis, mas também para os taxistas que sofrerem algum tipo de violência. As informações poderão ser repassadas pela internet ou na central telefônica do Recife e Região Metropolitana.

Através do site, os usuários também poderão enviar vídeos e fotos que possam auxiliar no processo investigativo. "Todos os elementos auxiliam durante a análise dos dados. Hoje, todo mundo tem uma câmera no celular. Não estamos estimulando a população a fazer o papel de investigadores, mas, caso existam provas do problema denunciado, o trabalho dos órgãos competentes é agilizado", explica Galindo.

Após receber uma denúncia, a informação será repassada diretamente para a CTTU, que, após o período de festas, irá convocar o taxista para prestar esclarecimento sobre o fato. Essas reclamações são anexadas no histórico dos taxistas e servem de base para as fiscalizações realizadas pela Companhia.

Em casos que possam ser mais urgentes, o Disque-Denúncia terá contato direto com a Central de Operações da CTTU, para que medidas possam ser tomadas.

O Disque-Denúncia funciona durante 24h, todos os dias da semana, e atende pelos telefones 3421.9595, no Recife e Região Metropolitana, e (81) 3719.4545, no interior. É possível ainda realizar as denúncias pela internet. Basta acessar o www.disquedenunciape.com.br e enviar os dados em forma de relato, foto ou vídeo.

****
Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2014/03/03/interna_vidaurbana,492238/disque-denuncia-recebe-informacoes-sobre-taxis-durante-o-carnaval.shtml

Tucano traduz o “vamos assustar”: “é preciso materializar o mal-estar”

03.03.2014
Do blog TIJOLAÇO, 02.03.14
Por  Fernando Brito

nunesferreira
O senador tucano Aloisio Nunes Ferreira, hoje, no Estadão, diz o que falta para Aécio Neves “deslanchar”.
Então, tá: o jogo é assim.
A máquina de comunicação, com a ajuda providencial de um mix de “coxismo” e ultraesquerdismo, coloca os brasileiros numa situação de “mal-estar”.
A inflação não explodiu, mas vai explodir.
O desemprego caiu, mas vai aumentar.
A economia não parou de crescer, mas vamos ter recessão.
A Petrobras montou num mar de petróleo, mas vai falir.
A tarifa de luz baixou, mas vai faltar energia.
As nossas seculares carências em matéria de saúde, educação, transportes,já têm uma razão óbvia: é a Copa!
Não sei como não percebemos isso nos 514 anos de Brasil sem Copa!
Ah, não esquecendo que José Dirceu, Genoíno introduziram no país o uso de dinheiro de caixa-2, porque antes deles, imagine, ninguém tinha feito isso,  nem sequer nas milionárias transações da privatização.
E então, neste cenário de caos e degradação, quem surge para nos salvar?
Aécio Neves, o estadista que iluminará o caminho de um tempo novo!
O riso é inevitável.
Mas, exceto pelo “último ingrediente”, os demais componentes da “fórmula tucana” fazem parte da ração diária de “informação” que é dada ao povo brasileiro, reconheçamos.
Até porque é quase completo o silêncio do Governo sobre tudo o quanto se faz na mídia.
Parece que o comando político da administração acha que o povo se esclarecerá sozinho.
Talvez, se estivéssemos numa quadra econômica exuberante, mas não estamos.
E o povo não terá informação “usando o controle remoto para mudar de canal”.
Até porque não há outro canal para mudar.
Nem outro jornal para comprar.
Mal e porcamente um ou outro entrevistado – não os do Governo, que em geral, gaguejam e concedem – ou os blogs ditos “sujos”, destes que vivem pedindo colaboração dos leitores, porque são excluídos da programação de publicidade ou, no máximo, recebem algumas migalhas, fazem o contraponto à máquina de publicar desgraça que se tornou a mídia brasileira.
Polêmica, zero, ou quase zero, porque depende de Lula resolver falar ou de um dos raros momentos que Dilma o faz de forma mais contundente.
Estamos preocupados em “recuperar a confiança do mercado”.
E a da população?
Ela nunca falta, quando o governo age, como no Bolsa-Família, no Mais Médicos, no pré-sal, no Minha Casa, Minha Vida, no Pro-Uni…
É evidente que é preciso restaurar um clima de confiança na economia, mas isso não se fará apenas dizendo que o Brasil cumprirá as metas econômicas que o “mercado” exige, até porque em geral as cumpre e, para isso, não depende só de sua vontade.
É preciso restaurar o clima de confiança na economia naqueles que são a sua maior fonte: o povão.
Não foi assim que Lula “peitou” o tsunami de 2008/2009? Não foi fazendo a imensa força do povo mover a economia num contraciclo à crise mundial?
Ah, mas não tínhamos uma inflação no nível da de hoje…
Pois, senhores e senhores, a inflação de 2008 ia pelo mesmo caminho de alta e, se não fosse a queda abrupta de novembro e dezembro certamente teria estourado o teto da meta, de 6,5%, depois de ficar dois anos abaixo dos 4,5% que os economistas conservadores creem ser o ponto de equilíbrio. Ainda assim, fechou 2008 em 5,9%, o mesmo de 2013.
Como diriam os jornais, hoje: uma alta de 32,5% sobre os 4,45% de 2007 e quase 100% sobre os 3,14% de 2006!
Porque a batalha por corações e mentes que marca uma eleição, se não está boa para quem, na oposição, não é capaz de “materializar o mal-estar”, também não está boa para quem, do lado do governo, precisa do contrário, que é de encher de espírito e objetivos as nossas conquistas e, com o apoio do país que sonhe e deseja o bem estar que eles sempre nos negaram, tenha forças para enfrentar as dificuldades.
Mas fora da caixinha mental onde nos tentam nos prender, com seus economistas de lápis vermelho sobre as orelhas e políticos que dizem que o Brasil não pode dar certo sozinho, mas deve se agarrar ao capital salvador do mundo.
Nesta caixinha, nunca houve surpresas: dela o Brasil sempre saiu fraco e submisso, com um mal-estar que se materializa sem políticos.
Que está no rosto de na vida sofrida de milhões de nossos irmãos, que são uma incômoda imaterialidade para nossas elites.
****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/?p=14819

RICARDO MELO PEDE NOVO JULGAMENTO DA AP 470

03.03.2014
Do portal BRASIL247

*****
Fonte:http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/132018/Ricardo-Melo-pede-novo-julgamento-da-AP-470.htm

Barbosa visita amigo suspeito (laranja ?)

03.03.2014
Do blog de MEGACIDADANIA, 01.03.14

JB Visita amigos suspeitos

Ayres Britto depois de sair do STF virou presidente do Instituto Innovare, um dos braços políticos da Rede Globo e que até pouco tempo atrás dava prêmios em dinheiro para magistrados e promotores.

Adriele Pinheiro Reis Ayres de Britto é filha de Ayres Britto e tem um filho fruto de sua relação conjugal com Adriano José Borges Silva. Adriele, que é advogada, já trabalhou p/ bicheiro (vide link abaixo) e Adriano, que também é advogado, esteve envolvido em rumoroso caso de tráfico de influência (vide link abaixo) que atingiu o ex sogro, então ministro do STF.

Adriano publicou texto (vide link abaixo) no qual informa trabalhar no escritório Borges e Strübing Müller Advogados, com sede no Mato Grosso, terra do Gilmar Mendes. O texto de Adriano é um verdadeiro incentivo a um golpe de estado e chega a afirmar ser necessário “retomar a ordem dentro do caos”.

Segundo conseguimos apurar com nossas fontes, Adriano agora está casado com outra mulher e o casal recebe periodicamente em sua mansão provisória (alugada) no Lago Sul em Brasília o todo poderoso presidente do STF Joaquim Barbosa.

Segundo a fonte que prefere o anonimato, os funcionários da mansão provisória “ganham muito bem” e Joaquim Barbosa tem inclusive “uma poltrona exclusiva” no local.

Durante as visitas, Joaquim Barbosa exige que os empregados saiam do ambiente.

As conversas são sempre entre Adriano e Barbosa, sem testemunhas. Mas a fonte afirma que o assunto é sempre sobre investimentos financeiros no exterior.

Adriano comprou recentemente uma fabulosa mansão, que dentre outras extravagâncias tem até elevador.

FATOS CURIOSOS (!?)

Poucos dias antes de Barbosa mandar prender os petistas (15 de novembro de 2013), o afortunado casal, Adriano e sua nova mulher, viajou p/ os EUA (a viagem ocorreu no dia 12/11/2013) e se hospedou no luxuoso hotel Waldorf Astoria e por coincidência Obama, ele mesmo, também estava lá hospedado.

Durante a estadia em New York, Adriano manteve a rotina de diariamente às 18:00h sair do luxuoso hotel alegando que iria comprar algo para comer.

Adriano disse a amigos que estava financeiramente mal (pois tinha perdido muitos clientes) desde o escândalo que envolveu seu ex-sogro Ayres Brito e de repente disse que tinha saído o resultado de uma “grande causa” e assim comprou por R$ 2.000.000,00 a suntuosa mansão no Lago Sul (sem contar as benfeitorias e equipamentos).

PERGUNTA
É normal o presidente do STF manter estreita relação com quem tem este tipo de histórico? E ainda mais, segundo consta, para tratar de investimentos financeiros no exterior?

ISSO É NORMAL?


Filha de Ayres Britto recebe JB
CLIQUE E CONFIRA NOS LINKS









****
Fonte: http://www.megacidadania.com.br/barbosa-visita-amigo-suspeito/

NEOGOLPISTAS DE PLANTÃO: SHEHERAZADE CONVOCA "MARCHA DA FAMÍLIA"

03.03.2014
Do portal BRASIL247
******
Fonte:http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/132017/Sheherazade-convoca-Marcha-da-Fam%C3%ADlia.htm

IMPERIALISMO GOLPISTA: Bomba! Documentos provam que EUA apoiaram golpe na Ucrânia

03.03.2014
Do blog  CAFEZINHO, 02.03.14
Por Miguel do Rosário

Dessa vez, as peças do quebra-cabeça geopolítico foram montadas bem rápido. Apenas hoje lemos duas notícias bombásticas sobre o golpe na Ucrânia.
Primeiro foi uma entrevista com Sara Burke, analista da fundação Friedrich Ebert, ligada à centro-esquerda alemã, em que ela faz afirmações alarmantes sobre o papel dos EUA em protestos na Venezuela, Síria e Ucrânia.
E agora, a bomba maior de todas. Um artigo no Opera Mundi (reproduzido abaixo, com os links originais) no qual se afirma que há documentos provando o financimento do governo e empresas americanas aos protestos na Ucrânia.
*
ScreenHunter_3421 Mar. 02 14.01
EUA e dono do eBay financiaram oposição ucraniana, indicam documentos
Pierre Omidyar é dono do site de comércio eletrônico eBay e financiador do blog de jornalismo independente ‘The Intercept’
Documentos vazados pelo site de notícias PandoDaily mostram como o governo dos Estados Unidos e Pierre Omidyar, dono do eBay e do site jornalístico The Intercept, ajudaram a financiar os oposicionistas ucranianos. O governo dos EUA doou dinheiro aos ucranianos por meio da USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional). Já a outra parte do dinheiro veio do bilionário norte-americano, que já trabalhou com o governo dos EUA.
documentosucrania
Um dos documentos obtidos pelo site de notícias PandoDaily que demonstraria envolvimento de Omidyar com opositores ucranianos
Pierre Omidyar é dono do site de comércio eletrônico eBay e financiador do blog de jornalismo independente The Intercept, editado pelo jornalista Glen Greenwald. Greenwald foi o repórter responsável por vazar os documentos obtidos por Edward Snowden sobre a espionagem feita pela NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA).
Ou seja, numa reviravolta, Omydiar passa de financiador de projetos para desmacarar governos a apoiador de iniciativas políticas capazes de causar instabilidade numa região do globo. De modo algum os documentos vazados pelo PandoDaily atestam um golpe de Estado apoiado pelos EUA, mas como o financiamento externo impulsionou muitos dos grupos envolvidos na derrubada do presidente Viktor Yanukovych.
Omydiar, dono do Ebay
Omydiar, dono do Ebay
Além disso, não pode ser desprezado da direita neo-nazista ucraniana na crise. Mas muito do poder político envolvido no processo está nas mãos de políticos pró-União Europeia, como Oleh Rybachuk. Ribachuk era o braço direito de Viktor Yuschenko, líder da chamada Revolução Laranja – movimento contra fraudes eleitorais e corrupção ocorrido em 2004.
Em dezembro, o jornal britânico Financial Times mostrou como a New Citizen, ONG fundada por Rybachuk desempenhou importante papel nas manifestações contra o governo de Yanukovych. Além da New Citizen, outras ONGs como a Centre UA, Chesno e Stop Censorship alvejaram aliados de Yanukovych em campanhas no interior do país antes de desembocar nos massivos protestos na capital Kiev.
A articulação dessas ONGs foi tão forte ao ponto do governo ser acusado de “jogo sujo” para impedir os protestos, segundo reportagem do jornal Kyiv Post. Essas organizações tiveram força – e isso significa dinheiro, sublinha a reportagem do PandoDaily – para resistir aos ataques do governo. Qual é a fonte desse dinheiro?
Cerca de US$ 180 mil, 36% do orçamento de 2012 da Centre UA vieram da Omidyar Network, empresa de Pierre Omidyar. Outros US$ 220 mil do orçamento de 2012 da Centre UA vieram da USAID. Ou seja, 90% dos recursos utilizados por uma das principais forças oposicionistas ucranianas vieram dos EUA. Já em 2011, Omidyar doou US$ 335 mil para a New Citizen, a ONG liderada por Rybachuk.
Omidyar sempre falou com orgulho sobre a New Citizen: “usando mídia e tecnologia, a New Citizen coordena esforços de membros da sociedade civil preocupados com o país, aumentando suas possibilidades de moldar e definir políticas públicas”, diz o texto no site da ONG. “Com apoio da Omidyar Network, a New Citizen vai aumentar seus esforços em trazer mais transparência e engajar cidadãos em assuntos importantes para eles”.
Rybachuk segue um roteiro comum nas ex-repúblicas soviéticas: de bem-relacionado com a KGB (serviço secreto da antiga URSS) a lobista pró-neoliberalismo nas repúblicas independentes. Ele chefiou o departamento de relações internacionais do Banco Central da Ucrânia sob as ordens de Yuschenko. No governo, Rybachuk comandou a privatização das estatais ucranianas. Nesse período, o futuro líder de ONG estabeleceria contatos com governos ocidentais e instituições de ajuda financeira internacionais. Na época, um dos doadores para ONGs na Ásia Central era o investidor George Soros.
Logo, se instalou um conflito de interesses para Omidyar: ao mesmo tempo que trabalha ao lado do governo dos EUA para derrubar governos estrangeiros e financiar a queda de um regime democraticamente eleito, o empresário investe em um grupo de jornalistas independentes para investigar as ações do governo dos EUA dentro e fora do território ianque. No mínimo, contraditório.
Ao contratar Greenwald e outros jornalistas independentes, Omidyar ganhou elogios e nenhum criticismo por parte da imprensa, de acordo com o DailyPando. A história sobre o financiamento da oposição ucraniana foi levantada por Marcy Wheel, uma das estrelas do jornalismo investigativo contratadas por Omidyar. No Twitter, Marcy perguntou quem estaria financiando a segunda revolução laranja na Ucrânia. A ironia foi ela descobrir que um dos patronos da insurgência era seu próprio chefe.
Orçamento da ONG Chesno (Honestamente) para 2012 (PDF), mostrando ajuda da USAID e da Omidyar Network.
Viktor Yanukovich Ukraine Russia EU
*****
Fonte:http://www.ocafezinho.com/2014/03/02/bomba-documentos-provam-que-eua-apoiaram-golpe-na-ucrania/#sthash.5GncSUVs.dpuf

Assista ao vídeo com a prova do crime de Barbosa

03.03.2014
Do blog TIJOLAÇO, 02.03.14
Por Miguel do Rosário

stf

A mídia está constrangida com o monstro que criou.
Eliane Cantanhede, em sua coluna de hoje, dá o tom de como será a camapanha daqui para a frente. Qualquer sugestão de que haverá revisão criminal das condenações da Ação Penal 470 será tratada como “pizza” e haverá tentativa de insuflar a sociedade contra o STF. O que foi, aliás, o que fizeram durante todo o julgamento: tentaram emparedar o STF com a ameaça da “opinião pública”. A lógica do “linchamento”, da importância do “símbolo”, foi usada sem nenhum pudor pela mídia para chantagear os ministros do STF.
Entretanto, a estratégia vai ficar mais difícil. A catarse inicial foi feita: os condenados foram presos. A grande novidade agora é: e se prenderam inocentes, e se o julgamento foi equivocado?
A mídia agora está tropeçando no próprio pé, porque o seu interesse exagerado, histérico, na condenação, não deixará de ser associado à vergonhosa truculência de Joaquim Barbosa.
E não só truculência: a mídia está associada à decisão arbitrária de Joaquim Barbosa de atropelar a tradição legal e transformar o STF no instrumento de vingança política contra alguns réus.
Assistam o vídeo. Ela é a prova de crime contra a Constituição Brasileira, contra o direito moderno, contra o humanismo que marca o direito penal desde o advento de Cesare Beccaria. Joaquim Barbosa confessa, despudoramente, que aumentou a pena do crime de quadrilha para que Dirceu permanecesse em regime fechado, e não semi-aberto.
Um juiz não pode aumentar a pena para “compensar” a demora de um tribunal em julgar uma causa. Se eu for preso por assalto, e meu julgamento ocorrer daqui a 10 anos, o tribunal não poderá aumentar minha pena de 10 para 15 anos, apenas para evitar a prescrição. Isso não existe. Até porque o réu também é vítima do atraso no julgamento.
O tempo de espera angustia muito mais o réu do que o juiz. O juiz continua sua vida, comprando apartamentos em Miami e passando férias na Europa, enquanto o réu aguarda, ansioso, pelo julgamento que irá determinar seu destino. Por isso Beccaria, pensador central do direito penal moderno, observa que os julgamentos tem de ser rápidos, eficazes e brandos.
O vídeo:
*****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/?p=14830