quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

GEAP/ELEIÇÕES 2014: CNTSS e outra entidades nacionais lançam chapa para o CONAD e CONFINS

20.02.2014
Do porta da GEAP
Irineu Messias , foi presidente da CNTSS/CUT(2004-2007). Atualmente é Secretário de Formação do SINDSPREV.PE

Reproduzimos abaixo, o texto da Comissão Eleitoral da Geap que torna público as 04 chapas inscritas para as eleições do Conselho Deliberativo(CONAD) e Conselho Fiscal(CONFINS).

Irineu Messias, editor do blog participa, como candidato ao CONAD, pela chapa NOSSA CHAPA, representando a CNTSS/CUT. Outras entidades nacionais também compõem a chapa: ANASPS, ANFIP, ANPREV, FENADADOS e um representantes dos funcionários da GEAP.

Os candidatos da NOSSA CHAPA para o CONAD, são: 

IRINEU MESSIAS DE ARAUJO(CNTSS/CUT, SINDSPREV.PE - titular
RICARDO LUIZ DIAS MENDONÇA(CNTSS/CUT, SINDSPREV/BA, ) - suplente
ELIENAI RAMOS COELHO( ANASPS) - titular
ROBERTO RICARDO NOBRE MACHADO(ANPPREV) - suplente
LUIZ CARLOS CORREA BRAGA(ANFIP) - titular
LEONARDO ALEXANDRE SILVEIRA BARBOSA(GEAP/funcionário)

NOSSA CHAPA, também  concorre para o Conselho Fiscal(CONFINS).Eis os candidatos: 

MARIA DO PERPÉTUO SOCORRO LAGO GOMES MARTINS(FENADADOS)
SIMONE DE LUCENA(CNTSS/CUT, SINDPREV/PB)
MARIA DAS GRAÇAS DE OLIVEIRA(CNTSS/CUT, base do SINDSPREV/RJ)
DEUSA MARIA DUARTE(CNTSS/CUT, SINDPREV/DF)

As eleições vão acontecer entre os dias 17 e 19.03.2014,através da internet.Contudo para poder votar, é necessário cadastrar-se. Clique aqui e mude já sua senha. Peço o seu apoio e seu voto para fazermos uma GEAP  cada vez melhor para todos os  associados.

Divulgue NOSSA CHAPA. Dia 28, conforme texto abaixo, será divulgado o número da chapa.
A comissão eleitoral da GEAP – Autogestão em Saúde publicou nesta sexta-feira (14) a lista das chapas inscritas, cujos registros foram validados, para as eleições dos representantes dos beneficiários da Fundação nos Conselhos de Administração (CONAD) e Fiscal (CONFIS).
A lista está em ordem alfabética, uma vez que a numeração das chapas somente será definida ao final do processo de homologação das candidaturas, até 28 de fevereiro. 
Confira os próximos prazos:
·         18 e 19 de fevereiro: período para apresentação de pedido de impugnação de candidatura
·         21 de fevereiro: prazo para divulgação dos pedidos de impugnação de candidaturas
·         24 e 25 de fevereiro: período para interposição de recurso às impugnações
·         28 de fevereiro: prazo para a comissão eleitoral homologar as inscrições
Clique aqui para 
*****
Fonte:http://www.eleicoesgeapsaude2014.com.br/Noticia/Details/1529

Conselho evangélico venezuelano pede orações pelo país

20.02.2014
Do portal GOSPEL PRIME
Por Leiliane Roberta Lopes

O grupo formado por diversas denominações cobrou do governo a garantia dos direitos civis 


Conselho evangélico venezuelano pede orações pelo paísO Conselho Evangélico da Venezuela publicou uma mensagem pedindo orações pelo país e chamando o governo de Nicolas Maduro a cumprir seu papel na garantia dos direitos civis.

“Nesta hora de extraordinária dor para o país, em que o luto embarga mais uma vez as casas venezuelanas, o Conselho Evangélico da Venezuela manifesta sua solidariedade a todos e eleva orações e súplicas a Deus pela paz da nossa nação, especialmente pelas famílias que tem perdido um ente querido durante os protestos realizados”, diz trecho do texto.

De acordo com a Agência Latino-americana e Caribenha de Comunicação, o Conselho também manifestou a defesa pelo o direito a vida e repudiou a violência em qualquer cenário, principalmente quando os direitos da população não são respeitados.

Representando 2 milhões de pessoas que frequentam 1.500 igrejas, o Conselho pediu aos órgãos do Estado mais esforços para resguardar a integridade física e a segurança da cidadania.

O texto ainda rogou por justiça e paz e fez um apelo para que a população faça uso de seus direitos consagrados na Constituição.

Entenda o caso

Em 12 de fevereiro uma manifestação estudantil contra o governo gerou tensão entre a polícia e os manifestantes. Três jovens morreram e dezenas ficaram feridos.

Por conta disto outras manifestações foram sendo organizadas tendo como líder o dirigente de oposição Leopoldo López, que foi preso acusado de ser o causador desses incidentes.

Leopoldo López
Leopoldo López ressurgiu depois de dias escondido para discursar em uma manifestação antigoverno e então se entregar às autoridades

López liderou uma grande manifestação contra o governo de Nicolás Maduro no leste de Caracas reunindo milhares de pessoas. Além dele, o governo também tem culpado os Estados Unidos pela violência na cidade.
*****
Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/crise-venezuela-evangelicos-oracoes/

Alô, MP! Vocês não processaram Lula por ter mandado carta a aposentados? E nada pro Aécio no contracheque?

20.02.2014
Do blog TIJOLACO
Por  Fernando Brito

contracheque1

Todo mundo sabe que o Ministério Público, sob a acusação de improbidade administrativa, representou contra  o ex-presidente Lula por uma correspondência que que se comunicava aos aposentados que eles tinha direito a contrair crédito consignado em sua folha no INSS.
Por conter o nome, não seria “impessoal”.

Claro que é uma bobagem e o processo foi extinto, sem sequer ter o mérito julgado. O MPF, ao que sei, está recorrendo.

Muito bem, pode ser excesso de zelo, embora seja uma estupidez querer achar que isso é improbidade.

Mas é de indagar porque o valoroso Ministério Público não fez o mesmo com outras autoridades que subscreveram mensagens a servidores.

Um leitor envia-me um contracheque do governo mineiro, em 2003, com uma mensagem muito otimista do então governador, Aécio Neves, relatando as conquistas de sua gestão e prometendo benefícios futuros.

Não havia, como se lê, nenhum fato concreto a anunciar, apenas a autolouvação, certamente que merecida, por se tratar de algo positivo para os servidores, como era o acesso dos aposentados ao crédito consignado.

Não acho nada demais, diga-se logo, porque é legítimo usar as possibilidades de comunicação entre governante e servidores, aposentados, pensionistas, contribuintes ou todos que tenham relação econômica com governos.

Ninguém diria nada se isso fosse feito com um anúncio ou uma nota oficial publicada, a peso de outro, na imprensa.

Mas seria bom que o Ministério Público usasse os mesmos pesos e medidas para todos, não é?

Ou será que as “gavetas erradas” são seletivas?
****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/?p=14321

PSDB sofre as chibatadas que impôs ao PT

20.02.2014
Do portal BRASIL247

:
247 – Acostumado a distribuir chibatadas a cada fato negativo envolvendo políticos do PT, o PSDB agora começa a perceber como é estar na outra ponta do chicote. O partido levou duas estaladas seguidas, nas quais entraram com sofrimentos para o noticiário político-policial dois de seus quadros mais emblemáticos. O vereador Andrea Matarazzo, em São Paulo, e o ex-governador Eduardo Azeredo, em Minas, subiram em definitivo para a berlinda em pleno ano eleitoral.

O primeiro foi Andrea, como o vereador mais votado da capital paulista é chamado dentro da cúpula do partido. Ele foi tesoureiro da campanha de reeleição do então presidente Fernando Henrique após ter sido secretário de Energia e presidente da Cesp no governo de Mario Covas em São Paulo. Daquelas posições, Matarazzo será investigado, agora, em inquérito policial exclusivo, por suspeita de envolvimento no escândalos de distribuição de propinas e formação de cartel Alstom-Siemens.

De acordo com o noticiário da eleição de 1998, Matarazzo conseguiu recolher cerca de US$ 3 milhões para a campanha vitoriosa de FHC. A autorização judicial para a investigação sobre ele foi concedida na terça-feira 18.

Nesta quarta-feira 19, o brilho ao contrário para o prestígio do PSDB foi proporcionado pelo ex-governador Eduardo Azeredo. Ele renunciou ao seu mandato de deputado federal, após ter sido denunciado pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal. Pesa sobre Azeredo um pedido de condenação a 22 anos de prisão por corrupção, desvio de dinheiro e formação de caixa dois. A manobra que ele executou, porém, de abrir mão do mandato para escapar do julgamento no STF pode não dar certo. O relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que vai avaliar se houve a intenção, no gesto, de buscar uma escapada deliberada do Supremo para, a partir da primeira instância da Justiça comum, ganhar prazos e direito a recursos.

Os problemas de Matarazzo e Azeredo não faziam parte das contas políticas dos tucanos. O comando do partido não podia calcular o tamanho dos estragos, em curso, do escândalo Alstom-Simens. Eles pode ser vistos em todas as administrações da legenda em São Paulo. 

O próprio governador Geraldo Alckmin, interessado em minimizar os efeitos do caso durante sua campanha de reeleição, já declarou que espera pela punição exemplar dos culpados.

Em Minas, terra do presidenciável Aécio Neves, o caso do chamado mensalão mineiro já vinha sendo assimilado pela legenda. Havia a aposta, entretanto, de que o STF não entrasse tão cedo na apreciação do episódio. A agilidade do procurador-geral e a relatoria do ministro Barroso não estavam nos planos.

Se Azeredo conseguir escapar para a primeira instância, o PSDB sairá de todo o imbroglio até aqui no lucro político. Mas se o STF, por meio do ministro Barroso, decidir que vai mesmo julgar o caso até o fim, não faltarão notícias para os petistas trocarem chumbo com o PSDB – eles que só estavam apanhando.
*****
Fonte:http://www.brasil247.com/pt/247/poder/130790/PSDB-sofre-as-chibatadas-que-imp%C3%B4s-ao-PT.htm