terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Jesus, Ele também me viu

09.12.2014
Do blog VERSOS DE GRATIDÃO, 08.12.14
Por Irineu Messias

Seus olhos estãos em todos os cantos do mundo,
No céu, na terra e até nos mares mais profundos;
Esses olhos onipresentes que contemplam a Terra inteira,
Viram, antes que O conhecesse,a Natanael debaixo de uma figueira

Ele é Palavra, é o Verbo da Vida,
A guarida para toda alma que se sente desprotegida e  perdida,

Nos  caminhos, quase sempre errados,
Ele ilumina a estrada daqueles  que vivem sem luz,
É a Luz dos que se arrastam nas trevas  de seus próprios pecados,
Ele o Filho Deus,Nosso Senhor Cristo Jesus!

Natanael, surpreso e admirado
Foi profundamente tocado;
Seu coração encheu-se de fé,
Imediatamente creu:
No Homem da Galiléia,
No Carpinteiro de Nazaré:
“Rabi, Tu és o Filho de Deus…”

Sua fé foi recompensada,
As portas do alto se abriram
Anjos subindo e descendo,
Dos Céus, onde está Nosso Pai,
Sobre seu Filho Unigênito
Que veio  iluminar os caminhos
Dos que estão nas densas trevas do Mal,
Por seu  poder infinito e   sua graça sem igual;
Crer, é tudo que é preciso, para não seguir sozinho,
Sem Deus, sem luz e sem Paz

O que alegra a  minha alma,
Depois de tanto tempo desta história,
É que o Divino Carpinteiro,
Tambem está me vendo agora!

Não estou debaixo de uma figueira,
Mas se Ele não  tivesse olhado  para mim,
Viveria nas trevas do meu pecado, a minha vida inteira!

Inda bem que Ele viu….
Seu Espírito me aproximou
Eu que estava tão distante,
Ele usou outros Felipes,
Pra me chamar pro  Reino do seu amor!

Ele me viu em tantos lugares
Dos quais, nem quero lembrar mais..
No rosto, havia sorrisos,
No meu peito não reinava a paz

Esses lugares não preechiam
O profundo vazio do meu coração,
Lá existiam muitas alegrias…
Mas quando voltava pro meu canto,
Reinava em mim a mais intensa solidão…
Eu precisava do chamado do Divino Espirito Santo!

Ele me viu,
Do alto de sua Sua Glória
Não debaixo de uma figueira,
Mas escondido nas florestas do pecado,
Necessitado de uma trasformação urgentemente  e verdadeira

Ele me viu,
Como viu a Natanael,
Esperando em minha vida,
Por Sua misercórdia,
Por seu Divinal poder
Para que, daquele dia em diante,
Não  ficasse mais distante;
Mas tão perto, muito pertos das coisas lindas do Céu

Ver  anjos a subir e a descer,
Ver os milagres operados por Seu Poder
E anunciar a outros pecadores,
Que o sangue do Senhor Jesus Cristo,
Purifica  de todo o pecado,
E os pode fazer vencedores,
Mas é preciso,  de todo coração, crer profundamente  nisto!

Saibam todos os pecadores,
Que os olhos do Filho de Deus,
Estão por toda terra inteira,
Qualquer seja o lugar,
Em qualquer árvore,
Ou debaixo de uma  simples  figueira;

Ele me viu,
Viu a Natanael,
Por Sua Infinita Graça a ambos nos chamou,
Para viver sob Seu Cuidado,
e Sob Seu  grande amor

Ele te vê agora do Alto de Sua Glória,
Quer escrever em tua vida lindas páginas de viórias.
Ele é o Filho Unigênito de Deus,
Mudou a minha vida,
E  o destino meu
E toda minha a  história!
****
Fonte:http://versosdegratidao.wordpress.com/2014/12/09/ele-tambem-me-viu/
Postar um comentário