segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Mídia repercute teoria que faz contraponto ao Evolucionismo

10.11.2014
Do portal ULTIMATO ON LINE, 06.11.14


Às vésperas do 1º Congresso Brasileiro de Design Inteligente, que acontecerá na próxima semana (dias 14, 15 e 16), em Campinas (SP), alguns meios de comunicação no Brasil têm se perguntado: o que é a Teoria do Design Inteligente (TDI)?

A Folha de S. Paulo publicou, no dia 27 de outubro, uma reportagem comparando a TDI com a Teoria da Evolução. No dia 29, o blog “Darwin e Deus”, do UOL, fez uma entrevista com o teólogo da PUC, Eduardo Rodrigues da Cruz, além de outros posts dispostos a desconstruir a TDI. Na edição do jornal de domingo (dia 02), o colunista Hélio Schwartsman criticou a TDI por esta alegar que a teoria da evolução é “só uma teoria” (os assinantes da FSP podem ler o artigo aqui).

Já o jornal O Estado de Minas publicou matéria no dia 03/11 e um jornal local de Campinas informa que a realização do evento na UNICAMP causou polêmica.

Alguns das mídia evangélica também repercutiram o evento: TV Novo Tempo e site GospelPrime.

O coordenador do 1º Congresso Brasileiro de Design Inteligente, o professor Marcos Eberlin, do Instituto de Química (IQ) da Unicamp, defende o debate e propõe uma análise da teoria do design inteligente para que ela se torne mais conhecida. 

Quem abrirá o ciclo de palestras do Congresso é Paul Nelson, filósofo da biologia e teoria da evolução, mundialmente conhecido pela defesa da Teoria do Design Inteligente (TDI) e por seus artigos científicos em revistas especializadas e livros sobre o conceito. O tema da exposição de Nelson, que é membro da International Society for Complexity, Information and Design (Sociedade Internacional para a Complexidade, Informação e Design) e do Centro de Ciências e Cultura do Discovery Institute terá um tom esclarecedor sobre a proposta: “Entendendo o Design Inteligente: Os Mitos e a Realidade”. Na sequência da plenária inicial, o historiador da ciência Enézio de Almeida Filho abordará o tema “A ideia de Design Inteligente na Natureza: dos Filósofos Gregos Antigos aos Teóricos Atuais”.

Outros temas das palestras que se seguirão serão: “A TDI e a química: As Bases Termodinâmicas da Impossibilidade da Existência de Sistemas Vivos Ordenados Sem Design Inteligente”, com o Doutor em físico-química Kelson Mota T. Oliveira; “Evidências de DI na Biologia: Mimetismo e Camuflagem”, com o biólogo com especialização em paleontologia, zoologia e neurobiologia Ricardo Marques; “O Terceiro Elemento da Vida: Prova Irrefutável por Leis Naturais de Design Inteligente”, pelo Prof. Marcos Eberlin; “Preconceitos e Fraudes no Ensino da Evolução e Design Inteligente na Sala de Aula: a Visão de Um Educador”, com o Prof. Mario Magalhães; “Percepção do Design Inteligente na Bioquímica: Os Mecanismos Genéticos que Promovem nossa Individualidade como Ser”, com o biólogo Marcelo Vargas; “Evidências de Design Inteligente na Química da Vida: Processos Bioquímicos ao Nível Molecular, proferida pelo químico Rodinei Augusti. A programação completa, dias e horários podem ser conferidos no site do evento.

No sábado, dia 15, haverá a realização de uma assembleia para a criação da Sociedade Brasileira do Design Inteligente. No dia 16, será divulgado o Primeiro Manifesto Público TDI-Brasil, que abordará, entre outros tópicos, a questão do debate científico entre evolução e a TDI e as diretrizes apoiadas pela TDI Brasil quanto a como deve ser o ensino da evolução e do Design Inteligente nas escolas e universidades confessionais e públicas brasileiras.

Sobre a Teoria do Design Inteligente

A organização do congresso explica o que é a Teoria do Design Inteligente:

“A TDI é um programa de pesquisa científica defendido e executado por uma comunidade de cientistas, filósofos e estudiosos que procuram fazer ciência livre confrontando dados as duas causas possíveis para o Universo e a Vida: forças naturais ou a ação de uma mente inteligente. A teoria sustenta que muitas das características do Universo e dos seres vivos são contrárias à ação de processos naturais e melhor explicadas por uma causa inteligente”.

Em seus quadros, a TDI reúne prestigiados cientistas de muitas áreas, como a química, bioquímica, biologia, física, estudiosos de filosofia, ética, teologia, ciências sociais, e arqueologia.

Comitê

O Comitê Científico da Sociedade Brasileira do Design Inteligente já conta com mais de 150 membros, número este crescente, reunindo profissionais e acadêmicos de diversas áreas do conhecimento científico e de diversas instituições de pesquisa e universidades espalhadas por todo o país. 

Com membros de destaque na ciência brasileira e também com um contingente muito grande de jovens, o comitê tem como pressuposto o compromisso único de defender a Ciência e promover o livre debate acadêmico-científico sobre as origens, contemplando para isso as duas possíveis causas: a ação de processos naturais – como propõe a teoria da evolução darwiniana – como também a ação de uma mente inteligente – como propõe a teoria do design inteligente. “O comitê se propõe assim a fazer uma ciência livre de qualquer pré-concepção de como o Universo e a Vida são, ou como deveriam ter sido formados. Somos hoje 150, seremos milhares em poucos anos”, antecipa o Prof. Marcos Eberlin.

-- Com informações da assessoria de comunicação do evento.

Serviço:

1º Congresso Brasileiro de Design Inteligente
Data: 14 a 16 de novembro de 2014
Local: Campinas, SP
Programação: aqui 



****
Fonte:http://www.ultimato.com.br/conteudo/midia-repercute-teoria-que-faz-contraponto-ao-evolucionismo
Postar um comentário