quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Noblat, o anti-Dilma, reconhece que Aécio perdeu o debate

15.10.2014
Do blog TIJOLAÇO, 15.10.14
Por Fernando Brito

deb2
Como eu sou, disse antes, brizolista demais, torci por um massacre de Dilma no debate de ontem.
E, no próximo post, vou mostrar a razão porque acho que ele poderia ter ocorrido.
Mas é inegável que a Presidenta venceu por pontos o combate e isso me dá a sensação que, nos próximos, livre da tensão que lhe é visível, o massacre virá.
Tanto venceu que o insuspeito Ricardo Noblat reconhece isso hoje.
Noblat não esconde sua antipatia – aliás, nem na entrevista a O Globo, escondeu, sugerindo que Dilma falava demais – pela Presidenta.
Mas foi tão evidente que não dá para evitar o fato.
Leia só:

Dilma venceu Aécio no debate da Rede Bandeirantes

Ricardo Noblat
Como conseguiu enfrentar Aécio de igual para igual, Dilma ganhou o debate de ontem à noite na Rede Bandeirantes de Televisão.
Confesse, seja você PSDB ou PT: você torcia por uma derrota de Dilma. Você temia uma derrota de Dilma.
Quem foi capaz de imaginar que Dilma atacaria com esmero e se defenderia com eficiência? Ou que deixaria Aécio, em mais de uma ocasião, acuado?
É por isso que digo que ela ganhou o primeiro dos quatro debates de televisão do segundo turno da eleição presidencial.
Onde estava a Dilma de raciocínio confuso? Apareceu – e rapidamente – duas ou três vezes, se tanto.
Onde estava a Dilma que não consegue dizer algo com começo, meio e fim? Surpreendentemente ficou em casa.
Onde estava a Dilma que aprecia citar um monte de números? Recebeu uma lavagem cerebral e esqueceu os números.
Aécio não esteve mal. Apenas foi surpreendido por uma Dilma que fez direitinho seu dever de casa com o marqueteiro João Santana.
Chamar Dilma de leviana ou de mentirosa não acrescenta votos a Aécio. Pode até soar como uma indelicadeza aos ouvidos mais sensíveis.
Dizer que Aécio empregou parentes quando governou Minas Gerais é uma coisa que todo mundo entende e pode guardar na memória.
Dizer que ele responde a processo por improbidade administrativa, também. Enumerar os escândalos do governo de Fernando Henrique que ficaram impunes, idem.
Dilma sapecou em Aécio acusações de forte apelo popular. A recíproca não foi verdadeira.
O Aécio à vontade, leve, livre e solto do debate da Rede Globo de Televisão no primeiro turno, faltou ao debate da Bandeirantes.
Nesta quinta-feira haverá outro – o do SBT. No próximo domingo, o da Rede Record. O da Globo ocorrerá na antevéspera do dia da eleição.
Para quem torce por um lado ou pelo outro, haja coração!
****
Fonte:http://tijolaco.com.br/blog/?p=22106
Postar um comentário