quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Campanha de Dilma informa: Dilma 44%, Marina 22%, Aécio 19%

02.10.2014
Do BLOG DA CIDADANIA
Por Eduardo Guimarães

No início da tarde desta quinta-feira (2), a poucas horas do debate entre os candidatos a presidente na Globo, o Blog consultou importante fonte da campanha de Dilma Rousseff e obteve alguns dados importantes.
O primeiro desses dados é o tracking do PT de quinta-feira, 2 de outubro de 2014: Dilma 44%, Marina 22% e Aécio 19%.
Em segundo lugar, a fonte com quem conversei proferiu o seguinte pensamento:
“Não estamos desmontando nada. Na segunda-feira, vamos começar a todo vapor. E estamos pedindo à militância que não difunda expectativa de vitória no primeiro turno porque, caso não ocorra, será aquele desânimo… Porém, pelos nossos trackings, o viés de Dilma é de alta, mas as pesquisas Ibope e Datafolha de hoje devem nos ‘segurar’ na margem de erro. O que importa é entrarmos no segundo turno em vantagem. Mas achamos que, como Dilma continua subindo, ela pode vencer no 1º turno, sim”.
Questionei que a Bolsa de Valores abriu hoje em alta – caiu no fim da manhã, mas, no início da tarde, operava no azul, acima de 53 mil pontos. A fonte da campanha petista afirma que o mercado já “precificou” que Dilma não só já está no segundo turno como entrará na segunda etapa da eleição – se houver – com forte vantagem sobre Marina.
Frase textual da fonte: “Aquele tipo de vantagem que não dá para virar”. Segundo essa fonte, esse era o plano.
Nesse aspecto, matéria de hoje da Folha de São Paulo explica melhor os cálculos da campanha de Dilma sobre o segundo turno.
Ainda não há previsões concretas sobre as pesquisas Datafolha e Ibope que devem sair no fim do dia, pouco antes do debate da Globo, mas a fonte em questão garante que a margem de erro dessas pesquisas só não deve ser usada para “segurar” Dilma caso ela tenha subido muito, de acordo com o que estão mostrando os trackings petistas.
Em termos de estratégia, porém, a campanha de Dilma acredita que toda expectativa de vitória no primeiro turno atrapalha a candidata, porque, não ocorrendo, pode haver um abalo emocional inútil da militância, que não teria razão de ser porque a presidente entrará no segundo turno, se houver, com uma vantagem expressiva sobre o adversário.
Este Blog pode retornar a qualquer momento em edição extraordinária. Até lá.
*
Atualização às 15:39 hs.
Ainda sobre a alta da bolsa nesta quinta-feira, o portal do jornal Valor diz que isso se deve a que  ações bastante procuradas ficaram “muito baratas”, o que incentiva o movimento de compra. Confira, abaixo

******
Fonte:http://www.blogdacidadania.com.br/2014/10/campanha-de-dilma-afirma-que-trancking-mostra-vies-de-alta/
Postar um comentário