terça-feira, 21 de outubro de 2014

Após declaração sem vergonha sobre falta d'água, Aécio perde votos em São Paulo

21.10.2014
Do blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA


Na reta de chegada destas eleições a presidenta Dilma incluiu em horário eleitoral na TV críticas ao jeito tucano de governar, que agravou a situação de falta d'água em São Paulo. 

Os tucanos fizeram uma gestão na Sabesp (empresa de águas controlada pelo governo paulista) cortando investimentos, sabidamente necessários há 10 anos, e dando privilégios ao mercado financeiro, distribuindo lucros acima do limite da ganância. O mesmo modelo de governo de privilégios pró-mercado que Aécio propõe.

Aécio resolveu atacar Dilma com argumentos que nem os jornalões demotucanos endossam. Quis jogar a culpa no governo federal.

Só conseguiu irritar o cidadão paulista que paga sua conta de água todo mês, inclusive paga um consumo mínimo (mesmo quando viaja de férias e gasta zero de água, paga como se tivesse consumido um mínimo). 

Esse cidadão esperava que a Sabesp fizesse bom uso da tarifa e garantisse o abastecimento, planejando a expansão do sistema, investindo na modernização da rede para não perder entre 30 e 40% com os vazamentos em tubulações antigas que precisavam ser trocadas. Nada disso foi feito como precisava, e os tucanos preferiram distribuir o dinheiro aos acionistas na forma de dividendos acima do necessário.

O cidadão paulista, viu nas declarações de Aécio, tratar o problema com galhofa, com malandragem, com mentira, com falta de vergonha na cara para assumir responsabilidade.

Afinal, errar não é bom, mas admitir erro pelo menos é uma virtude. Agora saber que errou, não admitir erro, e ainda querer transferir erros para quem não tem nada a ver com isso, aí já é enganação.


*****
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2014/10/aecio-perde-votos-em-sp-c-declaracao.html
Postar um comentário