quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Aécio: Um filhinho de papai na presidência ? Você vai deixar isso acontecer?

15.10.2014
Do  blog O CAFEZINHO, 14.10.14
Por Miguel do Rosário

Captura de Tela 2014-10-14 às 19.44.23

Caros amigos e colegas, eu fui checar a notícia publicada esses dias na Carta Maior (leia aqui).
Seguindo a rota da matéria mencionada, estive relendo a biografia do Aécio Neves, usando como referência algumas fontes “oficiais” do candidato, tais como:
O vídeo encontrado em http://aecioneves.com.br/ e disponibilizado em A trajetória política de Aécio Neves relata que Aécio “…com 21 anos, aceita o convite do avô, Tancredo Neves, para acompanhá-lo na campanha ao governo de Minas…”. O mesmo texto é encontrado no facebook de Aécio ( veja aqui): “Economista e político brasileiro, Aécio Neves começou sua vida pública em 1983, como secretário particular do então governador de Minas Gerais, Tancredo Neves”. E, ainda, texto semelhante é encontrado no seguinte link: http://aecioneves.com.br/biografia.html  (acessado em 12/10/14).
Interessante é que tanto o vídeo quanto o texto do facebook e da página biográfica do próprio Aécio Neves omitem que, antes de “aceitar o convite” de Tancredo em 1983, já em 1977 (então com apenas 17 anos), Aécio Neves assumiu o cargo de secretário de gabinete parlamentar na Câmara dos Deputados, sendo que os registros indicam que teria ficado nesse cargo no período de 1977-1981 (veja você mesmo aqui).
Não há em [1] ou [2] qualquer menção ao fato de que seu pai, Aécio Ferreira da Cunha, era Deputado Federal (1975-1979; 1979-1983) no mesmo período em que os registros indicam Aécio Neves como “secretário de gabinete” (saiba mais aqui). Essa atividade de secretaria, eu imagino que deveria ser realizada na cidade de Brasília.
Mais “estranho” do que essa omissão, é que a reportagem da revista Época diz que dos 11 aos 22 anos Aécio Neves viveu no Rio de Janeiro:
“Aécio foi um autêntico menino do Rio. Ele se mudou para a cidade aos 11 anos de idade, para acompanhar os pais, o deputado federal Aécio Cunha, e a mãe, Maria Inês, filha mais velha de Tancredo Neves. Na adolescência, foi surfista. Estudou em colégios da elite carioca e depois entrou no curso de Engenharia da PUC do Rio, no qual ficou três anos. Aos 22 anos, ele voltou para Belo Horizonte para se formar em Economia pela PUC mineira…”(Confira com seus próprios olhos aqui).
Informação similar sobre o período de vida de Aécio Neves no Rio de Janeiro pode ser obtida também neste link: http://oglobo.globo.com/brasil/dilma-marina-aecio-eles-tambem-ja-foram-tao-jovens-14141494  (acesso em 12/10/14).
Note-se que as reportagens de Época e de O Globo não fazem qualquer menção à ida de Aécio a Brasília no período de 1977-1981.
Além disso, considerando que Aécio Neves tivesse estado em Brasília nesse período, fica um pouco difícil ainda encaixar nessa história ele ter cursado três anos de Engenharia na PUC da cidade do Rio de Janeiro.
Após checar as fontes de informação, deixo as seguintes questões para reflexão:
i) Por que as biografias divulgadas por Aécio Neves e sua equipe de propaganda insistem em registrar o início da vida no meio político de Aécio Neves em 1983, e omitem que em 1977 ele já estava registrado como “Secretário da Câmara dos Deputados”?
ii) Como Aécio Neves ocupou um cargo de secretário de gabinete parlamentar em Brasília de 1977 a 1981, se ele vivia no Rio de Janeiro? Isto não é um claro indício de que o início da vida de Aécio Neves no meio político foi um caso de funcionalismo fantasma?
iii) Entendendo nepotismo como “…o favorecimento de parentes (ou amigos próximos) em detrimento de pessoas mais qualificadas…” (veja aqui), as informações coletadas não indicam que o início da vida no meio político de Aécio Neves, então um adolescente de 17 anos e tendo o pai como Deputado Federal, foi um caso evidente de nepotismo?
Bem, é para seguir com a busca por informações e pensar criticamente antes de votar.
*****
Fonte:http://www.ocafezinho.com/2014/10/14/aecio-um-filhinho-de-papai-na-presidencia/
Postar um comentário