segunda-feira, 13 de outubro de 2014

AÉCIO "NEVER", O FALSO MORALISTA, LEIA: Marajá fantasma em dose dupla? Foram 2 cargos por indicação ganhos por Aécio aos 17 anos.

13.10.2014
Do blog  OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Funcionário fantasma em dose dupla?

Em 1977, com 17 anos, Aécio Neves (PSDB) morava no Rio de Janeiro, estudava no Colégio São Vicente de Paula, depois estudou 3 anos na PUC-Rio até mudar aos 22 anos para Belo Horizonte. Neste tempo também surfava na praia de Ipanema, segundo reportagens (ver final da nota) e do próprio site oficial de campanha do candidato:

Mas recebeu salário dos cofres públicos em 2 cargos comissionados, por indicação política, em órgãos situados em Brasília distante 1000 km de sua casa no Rio. 

Estas informações estão na biografia oficial de Aécio Neves na Câmara dos Deputados.

A biografia confirma que os dois cargos foram ocupados no ano de 1977. Só não diz se era ao mesmo tempo. Se for o caso recebeu dois salários dos cofres públicos durante um período, e o tucano deve explicar: Como morava no Rio e ocupava os cargos em Brasília?
Um cargo ocupado por Aécio foi "secretário de gabinete" na Câmara dos Deputados, onde seu pai era deputado na época pelo partido ARENA (de apoio à ditadura), como já noticiamos em nota anterior.

Outro emprego foi "oficial de gabinete" no CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) do Ministério da Justiça. O CADE sempre foi estabelecido em Brasília.

Outra curiosidade é que neste ano, 1977, estava em vigor a ditadura, o ministro da Justiça, onde Aécio foi nomeado era Armando Falcão e o presidente-ditador era Geisel.

Leia também:
******
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2014/10/maraja-fantasma-em-dose-dupla-foram-2.html
Postar um comentário