segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Jarbas, o que não respeita nem mortos nem vivos

18.08.2014
Do portal BRASIL247, 17.08.14
 
                                                                     
Convivência entre contrários no velório de Eduardo Campos foi prova de respeito ao ex-governador e à democracia; presidente Dilma Rousseff prestou solidariedade à viúva Renata Campos e também à adversária Marina Silva; presidenciável tucano Aécio Neves e ex-governador José Serra estiveram ao lado do ex-presidente Lula e do prefeito Fernando Haddad; diferenças partidárias iam ficando de fora da cerimônia fúnebre, não fosse o senador Jarbas Vasconcelos; adversário de Miguel Arraes e humilhado por Campos duas vezes nas urnas, ele discriminou presença de Dilma, a quem acusou de atitude falsa; na verdade, foi Jarbas quem chamou Eduardo, em vida, de "fazer de idiota o povo pernambucano" e de "mau caratismo"; reaproximação se deu por interesses eleitorais regionais; se havia alguém que não precisava ter ido, era o próprio Jarbas; "Eduardo deixou seus afazeres para eleger a mãe conselheira do TCU, numa prova de nepotismo", atacou Jabas da tribuna do Senado; vídeo 
****
Fonte:https://www.brasil247.com/pt/247/poder/150409/Jarbas-o-que-não-respeita-nem-mortos-nem-vivos.htm
Postar um comentário