Passados quase um mês do início da obra, já é possível observar os primeiros dois quilômetros de praia já recuperados. Nesse local, a praia ficou com uma largura de 35 metros. “O trabalho está seguindo o cronograma e esse ritmo nos garantirá uma nova praia para os jaboatanenses até o verão, ou seja, setembro deste ano”, disse Roberto Rocha, secretário Executivo de Pavimentação e Drenagem, responsável pelo monitoramento da obra.
No total será movimentado um milhão de metros cúbicos de areia para aumentar 5,3 quilômetros da faixa litorânea, que compreendem às praias de Barra de Jangada, Candeias e Piedade, em 35 a 40 metros de largura. Um investimento de cerca de R$ 41 milhões, com recursos do Ministério da Integração Nacional e do Município.
Obra completa vai aumentar 5,3 km da faixa litorânea(Foto: Marcelo Ferreira/PMJG)
Essa será a maior obra de engorda do Brasil em extensão, maior que Copacabana e Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, Iracema, em Fortaleza, e Piçarra, no Espírito Santo.
QUEBRA-MAR

Além da engorda, outro serviço que está sendo realizado é o de segmentação do quebra-mar em Candeias, sendo tirados 100 metros e deixa 50, em todo a extensão, gerando cinco partes de 50 metros. O intuito é fazer com que haja a renovação da água. Só com esse serviço os moradores já começaram a sentir as mudanças na coloração da água, que ficou mais clara e no recuo dela, formando, em maré baixa, uma faixa de areia que antes não existia.