Após caminhar 2 quilômetros, socialista (E) recebeu das mãos de Yves Ribeiro (C) as chaves da prefeitura (Foto: Maurício Ferry/Folha de Pernambuco)
























Em um discurso marcado pela emoção, o prefeito de Paulista, Júnior Matuto (PSB), garantiu que seu governo estará a serviço de uma população de 320 mil habitantes e que sua gestão atuará sem distinção. Durante a posse, na tarde desta terça-feira (1º), o socialista cravou que pretende batalhar para transformar o município na capital do Litoral Norte, capitaneando o desenvolvimento para aquela região.
“É com muita alegria e satisfação que vamos fazer com que Paulista se torne a Capital do Litoral Norte para que possa acompanhar o ritmo de Pernambuco, principalmente aproveitando o desenvolvimento vivido pelo eixo Norte”, afirmou o prefeito Júnior Matuto. O socialista pediu paciência nos três primeiros meses para colocar em prática a reestruturação administrativa que pretende implementar. “Precisamos desse tempo para colocar a Prefeitura para moer”, arrematou o gestor eleito, que recebeu as chaves da prefeitura pelas mãos do ex-prefeito Yves Ribeiro (PSB), após caminhada de dois quilômetros.
Ao final da posse dos 15 vereadores eleitos e reeleitos, todos os parlamentares votaram a composição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Sem maiores surpresas, o atual presidente da Casa Antônio Valpassos (PSB) foi reconduzido pela sexta vez ao cargo. “Tenho como marca a transparência. Nós sabemos que o papel da Câmara é fiscalizar as ações do Executivo para dar uma resposta à população, e assim cobrar seus direitos. Venho de uma parceria significativa com Yves Ribeiro, temos autonomia na Casa e vamos continuar colaborando com a cidade nesta nova gestão”, declarou o socialista.