terça-feira, 25 de setembro de 2012

INSTITUTO CANCELA DIVULGAÇÃO DE RESULTADO DE PESQUISA DE INTENÇÕES DE VOTOS NO RECIFE

25.09.2012
Do BLOG PORTAL DO B
Por Redação Online 



O Portal do Betinho (@portaldobetinho) obteve informações extra oficiais que o resultado de uma nova pesquisa eleitoral para a capital pernambucana estaria sendo guardada a sete chaves. De acordo com as informações, repassadas por pessoas que aplicaram os questionários na primeira semana de setembro no Recife, informaram que o tal "instituto de São Paulo" não divulgou os dados finais da pesquisa de intenções de votos para prefeito do Recife, planejado para sair na última segunda-feira (17/09), possivelmente, por causa do resultado que mostra a liderança dos candidatos do PT à Prefeitura do Recife, o senador Humberto Costa e o deputado federal João Paulo. Segundo os dados extra oficiais, o PT estaria em primeiro lugar com aproximadamente 37% das intenções de votos.   

Em segundo, o candidato da Frente Popular, secretário Geraldo Júlio (PSB) e o deputado estadual Luciano Siqueira (PCdoB), com 27% e no terceiro, o deputado estadual Daniel Coelho (PSDB) e a socióloga Débora Albuquerque (PPS), com 21%. Já o candidato do DEM, deputado federal Mendonça Filho e o coronel Alexandre Guarines (PMN) ficaria em quarto lugar, mais empatado tecnicamente com Daniel Coelho. Na quinta colocação, os candidatos da Frente de Esquerda, professor Roberto Numeriano (PCB) e a jornalista Albenise Pires (PSOL), estaria empatados com os candidatos do PPL, ex-vereadora Edna Costa e o sindicalista Marilton Cavalcanti. Na sexta posição ficaria os candidatos do PRTB. Todas as informações e dados são extra oficiais, e foram obtidas por fontes anônimas

*****

DIREITA REACIONÁRIA ODEIA LULA: Jornalista da Veja revela ódio a Lula: ‘ele morrerá sem saber o que é vergonha na cara’

25.09.2012
Do blog PRAGMATISMO POLÍTICO
Por BRASIL247

A retórica agressiva está de volta à imprensa brasileira. O ex-presidente Lula passou a ser tratado por alguns meios de comunicação como criminoso

“SOMOS UM POVO HONRADO GOVERNADO POR LADRÕES”
Escrita por Carlos Lacerda, na Tribuna da Imprensa, a manchete acima desencadeou os acontecimentos que levaram ao suicídio de Getúlio Vargas. Tendo Lula como alvo, a retórica violenta está de volta aos meios de comunicação, como no texto de Augusto Nunes, que diz que o ex-presidente morrerá sem saber o que é ter vergonha na cara; afinal, retornamos aos anos 50? Quais serão as consequências?
augusto nunes veja lula vergonha
Jornalista de Veja Augusto Nunes. Foto: reprodução
Antes de se transformar no Augusto Nunes (foto) atual, caricatura do que um dia foi no passado, o Augusto Nunes original redigiu a autobiografia de Samuel Wainer, a partir de seus depoimentos. Intitulado “Minha razão de viver”, o livro narra as peripécias do jornalista que revolucionou a imprensa brasileira na década de 50, contando com o apoio do ex-presidente Getúlio Vargas para criar a sua Última Hora.
Getúlio incentivou o desenvolvimento de uma imprensa de cunho popular porque era o alvo preferencial daquilo que hoje chamam de PIG (Partido da Imprensa Golpista) – organização que, nos anos 50, era comandada por Carlos Lacerda, dono da Tribuna da Imprensa.
Em 2 de agosto de 1954, Lacerda publicou a mais ousada de suas manchetes: “Somos um povo honrado governado por ladrões”. Vinte e dois dias depois, após um atentado contra Lacerda que acirrou ainda mais os ânimos, Getúlio se matou com um tiro no peito.
Essa retórica agressiva está de volta à imprensa brasileira. O ex-presidente Lula passou a ser tratado por alguns meios de comunicação como criminoso, sobre quem paira a ameaça de um processo judicial, e seis partidos políticos redigiram uma nota condenando o golpismo da imprensa e comparando a situação atual à dos anos 50.
Em resposta, Augusto Nunes, de Veja.com, escreveu um artigo dizendo que a comparação entre Lula e Getúlio insulta a memória do presidente suicida, mas não é exagero comparar seu estilo ao de Lacerda. No texto, Nunes afirmou que Lula, ao contrário de Getúlio, morrerá sem saber o que é ter vergonha na cara.
Paradoxalmente, o biógrafo de Samuel Wainer se transformou num arremedo de Carlos Lacerda.
(Leia, aqui, texto de Alzira Alves de Abreu, publicado pelo CPDOC, da FGV, que fala sobre a relação entre Getúlio e a imprensa. E também o texto de Sérgio Domingues sobre o comportamento dos meios de comunicação até o golpe de 1964)
Brasil 247

*****

Vox Populi: Haddad empata com Serra em SP

24.09.2012
Do portal BAND NOTÍCIAS, 
Por Da Redação noticias@band.com.br

Candidato do PT à prefeitura iguala tucano com 17% das intenções de voto na pesquisa; Celso Russomanno (PRB) lidera com 34%
Serra e Haddad estão empatados em segundo lugar / FolhapressSerra e Haddad estão empatados em segundo lugarFolhapress

Na pesquisa estimulada realizada entre os dias 19 e 21 de setembro, Haddad subiu de 14% no levantamento em agosto para 17% das intenções de voto. Já o candidato do PSDB passou de 22% para 17%.

A liderança continua com o candidato do PRB, Celso Russomanno, que ampliou a vantagem de 31% para 34% das intenções de voto.

Ainda de acordo com a pesquisa, o candidato do PMDB, Gabriel Chalita, aparece em quarto lugar, com 5% das intenções de voto, mesmo número do último levantamento.

Soninha Francine (PPS) caiu de 4% para 2%. Paulinho da Força (PDT) foi de 2% para 1%. E Levy Fidelix (PRTB) passou de 0% para 1%.

Carlos Giannazi (PSOL), Ana Luiza (PSTU), Anaí Caproni (PCO), Eymael (PSDC) e Miguel Manso (PPL) não alcançaram 1% dos votos.

O número de votos brancos e nulos é de 10%. Os eleitores que não sabem ou não responderam somam 13% do total.



Pesquisa espontânea

Já na pesquisa espontânea realizada pelo Vox Populi em São Paulo, Russomanno aparece com 30%, seguido por Haddad e Serra, com 15% das intenções de voto cada.

Chalita tem 4%, Soninha 2% e Levy Fidelix 1%. Os demais candidatos somam juntos 1% das intenções de voto.

O número de votos brancos e nulos é de 10%. Os eleitores que não sabem ou não responderam somam 22%.

A pesquisa Vox Populi ouviu 2 mil eleitores. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Rejeição

O Vox Populi também perguntou para o eleitor em qual candidato ele não votaria de jeito nenhum em São Paulo.

O índice de rejeição de Serra passou de 32% na pesquisa de agosto para 39% neste levantamento.

Haddad aparece em segundo lugar, com 12% - antes ele tinha 11%.

Russomanno teve o índice de rejeição elevado em dois pontos. Agora é de 7%.

Soninha e Levy Fidelix aparecem com 5% de rejeição. Paulinho da Força tem 3%. Eymael e Chalita somam 2%. Miguel Manso registra 1%.

Anaí Caproni, Ana Luiza e Carlos Giannazi não pontuaram.

Os eleitores que disseram que poderiam votar em qualquer um dos candidatos somam 9%. Os que não votariam em nenhum deles são 7%. Não sabe ou não responderam somam 8%.

Quer saber mais sobre os candidatos?

Clique nos nomes abaixo e confira um minicurrículo de cada um dos 12 políticos que disputam o cargo de prefeito de São Paulo e um salário mensal de R$ 24.117,62. 



******