Ao lado de Cláudio Ferreira e de Isaltino, o secretário Rands voltou a criticar o caminho de isolamento do prefeito João da Costa e anunciou mais um apoio de tendência para a sua pré-candidatura. A Esquerda Popular Socialista passa a somar junto com mais sete correntes o número de apoiadores ao nome do petista. Para Rands, a população recifense “quer continuar com o PT, mas quer trocar de gestor”. “A minha candidatura está sendo reconhecida pela população nas ruas. Existe um sentimento de que com Rands se ganha a eleição”, apostou o petista, informando que na próxima sexta-feira terá mais adesões. Na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Pernambuco (Sintel), às 11h, sindicalistas filiados ao PT irão declarar apoio ao secretário.