Pesquisar este blog

quarta-feira, 14 de março de 2012

Brasil Atual: OAB de SJ dos Campos extingue comissão de direitos humanos

14.03.2012
Do blog VI O MUNDO,22.02.12
Da Rede Brasil Atual
A Comissão de Direitos Humanos da OAB* de São José dos Campos foi extinta pelo presidente da entidade, Júlio Rocha.
Segundo o advogado Aristeu César Pinto Neto, que presidia essa comissão, não houve justificativa para extingui-la.
Ele considera o ato um atentado contra a democracia.
Para ouvir a entrevista, clique abaixo:


PS do Viomundo: *A comissão atuou em defesa dos direitos dos moradores do Pinheirinho.
Leia também:
*****

MÍDIA GOLPISTA É UM PARTIDO POLÍTICO: "...meios de comunicação estão fazendo de fato a posição oposicionista deste país"


14.03.2012
Do blog APOSENTADO INVOCADO, 13.03.12

A situação da imprensa brasileira é desesperadora, a mesma ladainha de sempre, sem conteúdo, análises substanciais nem pensar, só noticiam o dia a dia e de uma maneira torta cheia de omissões e distorções. 

O pior que poderia ter acontecido a uma instituição emblemática da democracia foram as palavras de D.Maria Judith Brito, que abdicou de informar e analisar as notícias e resolveu, com o apoio de toda a imprensa, tornar a mídia um partido político de oposição aos governos do PT. Para isso trabalha incessantemente com notícias negativas e escondendo as positivas

Declaração de Maria Judith Brito

Em entrevista ao jornal O Globo a presidente da Associação Nacional de Jornais e executiva da Folha de S. Paulo, Maria Judith Brito, afirmou que o governo se incomoda com a imprensa, criticou fortemente o terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos e fez a seguinte declaração:

A liberdade de imprensa é um bem maior que não deve ser limitado. A esse direito geral, o contraponto é sempre a questão da responsabilidade dos meios de comunicação. E, obviamente, esses meios de comunicação estão fazendo de fato a posição oposicionista deste país, já que a oposição está profundamente fragilizada. E esse papel de oposição, de investigação, sem dúvida nenhuma incomoda sobremaneira o governo.
Maria Judith Brito, presidente da Associação Nacional de Jornais.

*****
Fonte:

Serra foi o mais cruel ministro do Planejamento


14.03.2012
Do blog ESQUERDOPATA, 12.03.12
Por Brasil 247

 

O pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad aumentou o tom das críticas ao pré-candidato do PSDB, José Serra, e ao prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (PSD), hoje (12) em visita à região de Perus, na zona oeste da cidade. Haddad classificou Serra como "o mais cruel ministro do Planejamento" com as universidades públicas federais e, sem citar diretamente Kassab, afirmou que este promove "um concurso de vices" ao querer exonerar cinco secretários para colocá-los à disposição do tucano.

Instado a comentar a versão segundo a qual o PCdoB se afastaria do PT e poderia eventualmente compor com Serra, Haddad afirmou: "Eu não tenho falado com o PCdoB ultimamente. Falei com o Orlando (Silva, ex-ministro) tem uns 15 ou 20 dias. Conhecendo a história do PCdoB e lembrando que talvez o Serra como ministro do Planejamento tenha sido o mais cruel do ponto de vista orçamentário com as universidades públicas federais e, conhecendo a história da luta do PCdoB em defesa das universidades públicas federais, cuja expansão nós patrocinamos, eu duvido que essa informação proceda", respondeu.

Indagado sobre os motivos de Serra ser o mais cruel ministro do Planejamento, Haddad afirmou que o governo do PSDB "privatizou o ensino superior do País". "Foi o maior corte orçamentário. Começou em 1995 o período de arrocho do orçamento ao longo de todo o período plurianual que foi elaborado por ele. O PCdoB sabe disso melhor do que eu porque sentiu na pele. O presidente da UNE à época sentiu na pele o que é ser tratado por um governo que privatizou o ensino superior do País".

O ex-ministro da Educação também disparou contra a administração municipal que, segundo ele, tenta "maquiar" os baixos índices de aprovação com um pacote de obras para a cidade. "Há um desconforto na cidade com os últimos oito anos, mesmo que nos últimos meses se queira maquiar o que está acontecendo. Acho que o prazo é curto para se reverter a percepção que foi-se tendo em oito anos de que o tempo foi em algumas áreas perdido", afirmou.

Sem citar o atual prefeito, criticou o possível afastamento de parte do secretariado municipal. "Essa hipótese do afastamento de cinco secretários municipais é como se houvesse um concurso de vices, em vez de cuidar da cidade até 31 de dezembro. Você exonerar cinco secretários para fazer uma seleção é um descaso com a cidade", avaliou.

Com baixos índices de intenção de voto apontados pelas pesquisas Haddad jogou para o início do horário eleitoral na televisão e no rádio a alavancagem de sua popularidade. "Entendo que, em uma cidade como São Paulo, o único veículo que te dá condições de ser conhecido é a televisão. Nós infelizmente perdemos esse tempo de TV no primeiro semestre e vamos ter de conviver com essa realidade de que não será nessas visitas (semanais nos bairros) que vai aumentar a exposição das nossas ideias e dos nossos pleitos. Numa sociedade de massas, vamos ter de usar um veículo de massa. Vai ficar para a campanha", considerou.

Lula

Haddad afirmou acreditar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retome na próxima semana as articulações políticas envolvendo a eleição municipal de São Paulo. Em visita à região de Perus, Haddad disse que conversou duas vezes com Lula por telefone hoje e afirmou que o ex-presidente pareceu animado.

"Ele tem que voltar ao hospital para concluir o ciclo de antibióticos até sexta-feira (16). Então, acho que a partir da semana que vem, de forma moderada, ele voltará a se reunir com os companheiros do PT", afirmou.

Questionado se Lula ligaria para Eduardo Campos, presidente nacional do PSB e governador do Pernambuco, para negociar uma possível aliança em São Paulo, Haddad respondeu: "Não posso te antecipar com quem ele vai falar, mas o presidente é bastante conversador". Haddad sustentou ainda que a voz de Lula está "bem melhor" e que sentiu no ex-presidente "condições de viver e participar da vida política do País".
*****

EDUARDO GUIMARÃES: Comentarista da Band briga com blogueiro no Twitter

14.03.2012
Do BLOG DA CIDADANIA, 13.03.12
Por Eduardo Guimarães

O comentarista de política da TV Bandeirantes Fabio Pannunzio, sobrinho do deputado federal Antonio Carlos Pannunzio (PSDB-SP), enervou-se com cobrança que lhe fiz por ele ter escrito em seu blog que o seu desafeto Paulo Henrique Amorim, que o processa por calúnia e difamação, seria “chefe da claque governista na internet”.
O post que Pannunzio escreveu apresentou como denúncia contratos de publicidade que PHA tem em seu blog, mas não explicou que ilegalidade haveria nesses contratos, se seriam abusivos, injustificados ou coisa que o valha.
Segundo a Folha de São Paulo, em matéria desta terça-feira que reproduz a acusação tácita de Pannunzio, o blog de PHA teria 7 milhões de acessos por mês. Se assim for – e, pelo que sei, é disso para mais – PHA tem mais leitores do que a Folha – se 10% dessa audiência for de acessos únicos, o blogueiro tem cerca de 700 mil leitores.
Pannunzio também acusa simpatizantes do governo Dilma na internet – a quem chama, genericamente, de “mujahidin”, forma plural de mujahid, que, em árabe, quer dizer “combatente” ou “alguém que se empenha na luta (jihad)”, conceito islâmico que significa “empenho” ou “esforço” – de serem “chefiados” por Paulo Henrique Amorim.
Cobrado duramente – porém sem insultos – por este blogueiro, que exigiu que não se referisse genericamente como “claque governista” a qualquer um que simpatiza com o governo, Pannunzio reagiu com insultos e me acusou de integrar a tal “claque governista”.
Pannunzio está sendo processado por PHA por este ter entendido como caluniosas afirmações que o desafeto fez contra si no âmbito do acordo judicial que estabeleceu com o jornalista Heraldo Pereira, da Globo. Estando esse caso na Justiça, portanto, esse assunto, agora, só diz respeito aos dois.
Todavia, esse é o jornalista da Band que, ano passado, saiu em defesa do colega Bóris Casoy quando este teve captadas ofensas que fez a garis durante o telejornal que apresenta naquela emissora. Agora, Pannunzio ataca quem lhe pareça que defende PHA da acusação de “racismo”.
Então pergunto: o problema é a discriminação ou é PHA?
Apesar de o jornalista da Band ter nomeado ao menos um membro do que chama de “claque governista” na internet – eu –, não deu nomes de outros que fariam parte dela, a menos que seja claque de um só…
O mais curioso é que, quando disse a Pannunzio que se ele defendeu Casoy – que disse o que disse sobre Garis – eu tenho o direito de defender PHA –, ele me “acusou” de ter “defendido” José Dirceu neste blog, que qualificou como “lixo”.
Pannunzio tratou uma defesa que disse que este blog teria feito de Dirceu – que inexistiu – como se fosse defesa de Hitler em pessoa. Aliás, segundo o site Brasil 247, o jornalista da Band comparou Paulo Henrique Amorim ao nazista Joseph Goebbels. E Pannunzio vem acusando PHA de insultar a esmo em seu blog…
Acusar blogueiros progressistas – grupo que PHA integra como membro da comissão organizadora desse movimento – de serem uma “claque governista” na internet, aliás, virou moda. Contudo, são sempre acusações genéricas, porque quem acusa não tem como provar que alguém é pago pelo governo Dilma para manifestar simpatia por ele.
PHA é uma das exceções, e o jornalista Luis Nassif é outra. Também foi citado no post de Pannunzio, que apresentou como “denúncia” blogueiros receberem por divulgarem publicidade de instituições controladas pelo governo federal, apesar de o comentarista de política da Band trabalhar em uma empresa que recebe muito dinheiro público.
Essa “acusação” de existir uma “claque governista” na internet atinge a milhares de pessoas – eu disse milhares – que manifestem simpatia pelo governo ou que meramente digam que José Dirceu não foi condenado por nada, ainda, e que, portanto, não pode ser tratado como criminoso.
Para quem critica tão duramente Paulo Henrique Amorim por insultar pessoas na internet, como Pannunzio tem feito, os ataques que fez no Twitter a este blogueiro e a todos os internautas que simpatizam com o governo não me parecem conduta muito melhor do que aquela que atribui a PHA.
Por fim, a constatação que fica é a de que a Band tem um comentarista de política francamente oposicionista. Se não tem um comentarista francamente governista, a emissora, então, pode ser considerada de oposição. Algum erro, até aqui?
Como quem tem chefe é índio ou quadrilha, a dúvida que fica é se Pannunzio qualifica PHA e seus “chefiados” de serem índios ou quadrilheiros. Acredito, portanto, que já existem mais alguns questionamentos para disputa judicial que os dois jornalistas estão travando. Aguardemos as explicações, pois.
—–
Do blog Conversa Afiada
Folha (*) não engole o sucesso do Conversa Afiada
Mídia
Blog de Amorim recebe R$ 40 mil mensais da Caixa
DE BRASÍLIA – A Caixa Econômica Federal paga, desde março de 2011, R$ 40 mil mensais ao blog “Conversa Afiada”, do jornalista Paulo Henrique Amorim, para veiculação de publicidade da estatal. O contrato deve se estender até dezembro deste ano. No total, o blog vai receber R$ 833 mil.
(…)
A Caixa afirmou à Folha que investiu R$ 14,6 milhões na internet no ano passado, sendo apenas R$ 155,5 mil em blogs, mas disse que não considera o “Conversa Afiada” um blog, e sim um site.
De acordo com o banco público, os veículos patrocinados são avaliados pela sua agência de publicidade. A Caixa disse também, sem citar a fonte, que o blog de Amorim teria 7 milhões de acessos por mês.
A Folha telefonou para o advogado de Amorim e enviou e-mail para o jornalista ontem, mas não obteve resposta.
Sorry, periferia.
O Conversa Afiada, modestamente, é um sucesso comercial.
Ganha dinheiro para pagar os advogados e ir à ópera em Nova York, assistir a um magnífico Don Giovanni.
Este ansioso blogueiro vai poupar o amigo navegante da lista de anunciantes – entre empresas estatais, como Caixa – e privadas.
O Conversa Afiada tem este defeito: é altamente lucrativo (o que a Folha não pode dizer com a mesma ênfase).
O Conversa Afiada entrega a mercadoria.
No caso específico do cliente Caixa, todo mês, o Conversa Afiada entrega “carta de bonificação” – ou seja, entrega mais audiência que o cliente comprou.
E, num gesto comercial raro, não cobra mais pela veiculação, porque acredita que essa “bonificação” aumente a fidelização dos clientes.
A Caixa é um cliente antigo do C Af.
E o C Af se orgulha de tê-la como cliente, ela que é um dos maiores anunciante do país, e um dos mais profissionais.
Caixa não é a única a se beneficiar de uma entrega superior à compra.
Na verdade, isso aconteceu, nos últimos anos, à maioria esmagadora dos clientes.
(Não sabemos se a Folha pode dizer o mesmo…)
Aliás, como acontece na publicidade na internet, o cliente só paga pelas impressões efetivamente realizadas.
Ou seja, se ele compra cem impressões e o veículo só entrega 99, ele só paga 99.
Este é um dos motivos pelos quais a publicidade na internet só faz aumentar.
E a dos jornais …
Amigo navegante: se você tiver a infeliz ideia de anunciar na Folha: você tem certeza de que ela vai “entregar” o volume de exemplares e a leitura que ela vendeu ?
A Caixa não rasga dinheiro.
É uma instituição séria, que compra mídia através de três agências profissionais diferentes, que não rasgam o dinheiro do cliente – estatal ou privado.
As agências da Caixa compram de acordo com a audiência e relevância da mídia.
A Caixa anuncia na Globo, na Record e em outras redes de tevê.
Na Folha, no UOL, no Estadão e até na Veja.
Na internet, tem o bom senso de anunciar no Nassif.
Os clientes privados – e são a maioria dos clientes do Conversa Afiada – também não rasgam dinheiro.
Anunciar no Conversa Afiada é um excelente negócio – e o Conversa Afiada se orgulha de ser uma mídia que entrega a mercadoria.
E dá bonificação.
O Conversa Afiada não precisa que o governador Padim Pade Cerra compre assinaturas ou espaços para sobreviver.
Na verdade, o que se pode dizer é que, diante da “entrega” do Conversa Afiada, a Caixa – e os outros anunciantes – fazem excelente negócio.
Bem que a diretora-executiva Geórgia Pinheiro, tentou, na renovação deste ano, aumentar o valor dispendido pela Caixa no C Af, diante das sucessivas “cartas de bonificação”.
Mas, a Caixa foi irredutível.
É do jogo.
E, aqui, o cliente tem (quase) sempre razão.
Na eleição de 2010, a procuradora Doutora Sandra Cureau também quis saber quem anunciava no Conversa Afiada e por quanto.
A Justiça não lhe ofereceu esse direito.
É uma mania – e olha que nós não temos mania de perseguição.
Quem quiser ter um blog lucrativo, pode procurar a Geórgia.
Ela ajudará a montar um blog lucrativo.
Essa sugestão se estende aos múltiplos blogs (deficitários) pendurados no UOL, da empresa Folha.
Por que a Folha não pergunta à Globo quanto a Caixa veicula na Globo ?
A Globo dirá o mesmo que o Conversa Afiada: sorry, periferia !
Clique aqui para ler “TV Folha é a Piauí do Otavinho. Teve 1 ponto de IBOPE. A mesma audiência do Conversa Afiada, com toda aquela publicidade !”.

*******

Caso Eliza Samudio: Percebi que amigo poderia assumir crime, diz delegado

14.03.2012
Do jornal FOLHA DE PERNAMBUCO, 13.03.12
Por  AGÊNCIA BRASIL

Defesa do ex-goleiro do Flamengo teria tentado responsabilizar seu amigo pelo crime


Responsável pelo indiciamento do goleiro Bruno Fernandes e mais oito pessoas pelo assassinato da ex-amante do atleta, Eliza Samudio, de 25 anos, o delegado Edson Moreira afirmou hoje que já esperava que a defesa do ex-jogador do Flamengo tentasse responsabilizar seu braço-direito, Luiz Henrique Ferreira Romão, o "Macarrão", pelo crime. Para o delegado, porém, a mudança na estratégia da defesa, que até então negava a morte devido ao fato de o corpo de Eliza não ter sido encontrado, não altera o andamento do caso.

"Na instrução criminal, percebi que o Macarrão podia assumir o crime porque foi o único que nunca deu declarações. (Mas) o Bruno é o mandante e não tem jeito de tirar isso de cima dele", declarou o policial, chefe do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) da Polícia Civil mineira. "É uma estratégia de defesa. Estão tentando tirar (Bruno) do homicídio triplamente qualificado para ele responder só pelo sequestro e cárcere privado", acrescentou.

Desde o início das investigações em torno do desaparecimento de Eliza, em junho de 2009, todos os acusados negavam que ela havia sido morta e os advogados, inclusive em juízo, insistiram na tese da falta de materialidade do crime por causa da inexistência do corpo. 

Agora, o novo advogado de Bruno, Rui Caldas Pimenta, afirma que a defesa vai assumir que a jovem foi assassinada. No entanto, segundo o advogado, o crime foi cometido pelo ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o "Bola", a mando de Macarrão. Segundo Pimenta, a alteração se deve à "mudança de advogado". "Já fiz quase mil júris. Minha estratégia é a verdade", disse.

No entanto, em dezembro de 2011, outro advogado que defendeu Bruno, Cláudio Dalledone Júnior, deixou o caso afirmando que o argumento de que Eliza não foi morta é "retórico" e "infantil". Um mês antes de renunciar à defesa de Bruno, Dalledone acompanhou julgamento do ex-cabo da Polícia Militar Edivaldo Sales Simplício e de sua ex-mulher Geralda da Silva Sales Simplício no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte. Eles foram condenados a 15 e 14 anos de prisão, respectivamente, pelo assassinato da amante de Edivaldo, a secretária Viviane Andrade Brandão Camargos, em 2002, apesar de o corpo dela nunca ter sido encontrado.

O próprio Edson Moreira foi responsável pelas investigações e indiciamento do casal. "Ele (Dalledone) e a Ingrid estavam no julgamento. Logo depois deixou a defesa do Bruno", disse o delegado. Ingrid Calheiros é a dentista que está noiva do goleiro. "Viram que o Bruno vai ser condenado e mudaram a defesa. A tendência é Macarrão assumir e aí o amigo (Bruno) segura as pontas", avaliou Moreira.


*****

BLOG MOBILIDADE URBANA: Aeroporto ligado ao metrô


14.03.2012
Do blog MOBILIDADE URBANA, 13.03.12
Por Tânia Passos, no Diário de Pernambuco

 

O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes-Gilberto Freyre será o único do país, entre as cidades-sede da Copa do Mundo, a ser interligado com o metrô e, por ele, até a Cidade da Copa. O projeto da passarela, que fará a ponte entre os dois equipamentos vai finalmente sair do papel. O processo de licitação será concluído até o fim do mês. O consórcio Arteleste foi a empresa habilitada na concorrência, que foi publicada no Diário Oficial do Estado, mas terá que aguardar o prazo de recurso das outras empresas. A obra está avaliada em R$ 28 milhões. O prazo de execução é de 12 meses após a ordem de serviço ser assinada.

A passarela tentará resolver um problema histórico de circulação do pedestre que chega ou sai do aeroporto. A logística atual é toda voltada para o automóvel. As opções de acessibilidade para a travessia das duas faixas da Avenida Mascarenhas de Moraes são mínimas, mesmo para quem procura por uma faixa de pedestre para atravessar. O ponto mais próximo para quem pretende pegar um ônibus fica na Praça Salgado Filho. Mesmo de frente para o aeroporto, o metrô é hoje praticamente inacessível. “Acho que será muito boa essa integração. Hoje a gente ou vem de carro ou pega táxi”, afirmou a administradora Sueli Cunha, 40 anos.

De acordo com o projeto, o traçado sairá da frente do portão B6 (embarque), atravessará as duas faixas da Avenida Mascarenhas de Moraes, seguirá um pequeno trecho até o final da Avenida Barão de Souza Leão, onde fará uma curva entrando na rua do colégio Maria Tereza até se conectar com o Terminal Integrado do Aeroporto, ao lado da estação do metrô. “O usuário poderá chegar direto na Arena Pernambuco, desembarcando no Terminal Integrado Cosme e Damião, que também é interligado com o metrô. Isto irá refletir em mais segurança e conforto e será um diferencial para o nosso estado”, afirmou o secretário das Cidades, Danilo Cabral.

A passarela terá quase meio quilômetro. Mas há algumas compensações. O usuário terá a opção da esteira rolante nos dois sentidos. Ou, se preferir, espaço para caminhar. O acesso à passarela também será feito por elevadores. Por ser uma obra do governo do estado, que fará ligação com o terminal integrado, a manutenção ficará a cargo do Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano e não da Infraero ou do metrô. “Pernambuco será o único estado que terá uma passarela ligando diversos modais do sistema de transporte. O usuário poderá circular pela Região Metropolitana com uma passagem”, ressaltou o secretário Danilo Cabral.
*****

CRIMES POLÍTICOS: Vereador de Itacuruba é preso acusado de mandar matar colega de mandato


14.03.2012
Do BLOG DE JAMILDO, 13.03.12
Postado por Diogo Menezes 
Do site da Polícia Civil

Um vereador do município de Itacuruba, no Sertão do Estado, foi preso no início da tarde de hoje (13), por policiais civis da Delegacia Seccional de Floresta. Jorge dos Santos Carvalho, o “Dodi”, é acusado do envolvimento na morte do também vereador Gilmar Freire, crime ocorrido no mês de agosto do ano passado. A justiça expediu contra ele um mandado de prisão e um de busca e apreensão para sua residência.

Durante a revista na casa do parlamentar, foram apreendidos dois revólveres cal. 38, uma espingarda 12 e uma pistola cal. 380, que de acordo com o delegado Jairo Marinho, pode ser a mesma arma usada no homicídio de Gilmar Freire. A vítima foi morta com disparos do mesmo calibre. A arma será encaminhada para o Instituto de Criminalística para comparação balística. Também foi encontrado um colete a prova de bala e várias munições.

Jorge dos Santos seguiu para o Presídio de Arcoverde, onde irá aguardar julgamento.
*****

Irineu Messias - Homenagem as Mulheres

14.03.2012
Do Youtube, 12.03.12
Por Irineu Messias


***

BLOG MOBILIDADE URBANA: Capacitação de professores em educação de trânsito em 42 municípios


14.03.2012
Do blog MOBILIDADE URBANA, 13.03.12
Publicado por Tânia Passos

 

Nos dias 14 e 15 de março, a Gerência de Ensino do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-PE) irá ministrar capacitação do projeto “Esta Cidade Também é Minha”, destinado a jovens e adolescentes do ensino médio que irão aprender, de forma transversalizada, conteúdos educativos de trânsito. A capacitação será ministrada a 100 professores de 42 municípios e acontecerá das 8h30 às 17h, no auditório da Escola Pública de Trânsito (EPT), na sede do DETRAN/PE, localizada na Iputinga.

O projeto prevê 16 horas de aulas, onde o conteúdo programático utiliza situações cotidianas do trânsito que podem ser aplicadas às disciplinas da grade curricular português, matemática, geografia, história e ciências, entre outras. Após a capacitação, serão distribuídos 300 kits pedagógicos que incluem livros para o professor, para o aluno e seus pais, além de cartazes e jogos pedagógicos. Estima-se que o material distribuído atinja 12 mil alunos que estejam cursando o ensino médio em Pernambuco.

Educação de Trânsito é prioridade para o Detran/PE - Desde 1999 o órgão mantém o Programa de Educação de Trânsito (PET), que consiste em capacitar professores das redes pública e privada de ensino para a inserção de conteúdos de maneira transversalizada nas disciplinas curriculares. Ao longo destes 13 anos, foram capacitados mais de 8.000 profissionais em todo o Estado, que atingem mais de 345 mil alunos. Cotidianamente, o Detran-PE desloca profissionais de educação para escolas e empresas para a realização de palestras de conscientização e sensibilização de condutores e pedestres.

Fonte: Detran-PE
*****

Brizola Neto no Ministério do Trabalho

14.03.2012
Do BLOG DO MIRO, 13.03.12
Por Altamiro Borges

Informação, especulação ou sabotagem? Desde ontem, a mídia dá como certa a nomeação do deputado e blogueiro Brizola Neto, do PDT do Rio de Janeiro, para o Ministério do Trabalho. O Globo, que nunca escondeu o seu ódio ao ex-governador Leonel Brizola e, de quebra, ao seu neto, foi o primeiro jornal a anunciar a “decisão” da presidenta Dilma Rousseff.

Em sua edição de hoje, o jornalão da famiglia Marinho reafirma o seu “furo” e acrescenta algumas informações marotas. Inimigo jurado do sindicalismo, O Globo enfatiza que “o neto de Leonel Brizola é apoiado pela CUT”, como se isso fosse um baita absurdo. O jornal também apresenta uma biografia negativa – e bastante distorcida – do jovem deputado trabalhista. 

Famiglia Marinha incentiva a cizânia

“Brizola Neto, que não era o preferido da cúpula do PDT e de Lupi [presidente da sigla], às vezes perde a cabeça, como em junho de 2009, na Comissão de Anistia. Na reunião da comissão que, naquele julgamento, negou o pagamento de indenização mensal de R$ 16,9 mil à sua avó materna, Doris Daudt, Brizola Neto irritou-se e xingou um conselheiro de ‘cara de pau’”, relata O Globo.

A reportagem também visa criar cizânia no PDT. Relata que o deputado votou a favor do Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público (Funpresp), “ao contrário do resto do partido”. Insinua que o seu voto serviu para “ganhar pontos” junto ao governo. E conclui: “A avaliação dentro do PDT e entre aliados é que será, mais uma vez, uma escolha pessoal da presidente”.

Identidade com a luta dos trabalhadores

Apesar do voto no Funpresp, Brizola Neto é reconhecido e respeitado como um parlamentar identificado com as bandeiras dos trabalhadores. Ele sempre se opôs à flexibilização da CLT e defende a redução da jornada de trabalho e da valorização do salário mínimo, entre outras demandas do sindicalismo. Neste sentido, é natural que tenha obtido o apoio da CUT e também da Força Sindical.

O que causa estranheza – mas nem tanto – são as especulações da mídia sobre a sua indicação para o Ministério do Trabalho. A própria Folha reconhece também hoje que “o vazamento desta informação interrompeu as negociações... Com isso, a presidente Dilma Rousseff pode postergar a sua decisão”. Como se nota, nada é gratuito no noticiário da mídia!

*****

Leia também:

-  Dilma em Cuba: mídia quer impor pauta

- Dilma, a ditadura militar e a mídia

- Mídia dá (péssimos) conselhos para Dilma

- Mídia abana indisciplina militar

- Cristina enfrenta a mídia; Dilma, não 
*****