Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Alckmin e Nahas podem responder por crime contra humanidade, diz procurador

23.02.2012
Do site da Rede Brasil Atual
Por Rádio Brasil Atual
São Paulo - O procurador do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe avalia que toda o processo judicial que resultou no despejo de milhares de pessoas da comunidade ocupada do Pinheirinho, em São José dos Campos/SP, tinha como objetivo beneficiar o megaespeculador Naji Nahas e, por isso, o Tribunal Penal Internacional tem de expedir mandados de prisão contra Nahas e o governador Geraldo Alckmin, além do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ivan Sartori.
Felippe analisou a documentação sobre o processo de falência da empresa Selecta, de Nahas, proprietária do terreno e beneficiária da reintegração de posse efetivada de forma violenta pela PM paulista no dia 22 de janeiro, com apoio da Guarda Civil Metropolitana de São José dos Campos. 
Para o representante do ministério público, que já ocupou o cargo de procurador geral do Estado na gestão do governador Mário Covas, o trio deve responder por crimes cometidos contra a humanidade.
****

VI O MUNDO: Madalena, Moacir, Ana, Nivaldo, Fabiana: “Perdi tudo”

23.02.2012
Do blog de Luiz Carlos Azenha, 21.02.12

As entrevistas deste vídeo foram concedidas à ativista Carmen Sampaio, que também nos enviou este e-mail:
Olá, amigos do Viomundo. Precisamos de vocês!
Enfim, tantas coisas a fazer, hoje a labuta é de novas necessidades. Nasce aqui o Mutirão da Informática  para os desabrigados de Pinheirinho.
Para quem não sabe, Necessidade é uma deusa grega, aquela da obrigação absoluta. Filha de Saturno, o pai do compromisso.
Necessidade é de tanta importância no Olimpo, que nem os deuses podem abdicar da experiência.
Assim, hoje, lançamos o Mutirão da Informática, elemento fundamental em nossa Lista de Necessidades.
Se você tem um notebook  ou pode fazer uma vaquinha com os amigos, para comprar um, saiba que precisamos de muitos, porque são muitos os necessitados. Você é nossa oportunidade de provar que o mundo bom existe.
Dez pessoas que doam 100 reais  compram tranqüilamente um notebook que pode fazer a diferença a um jovem desabrigado de Pinheirinho. Aceitamos usados e que exijam conserto.
Criar uma rede de comunicação móvel para o Povo de Pinheirinho é fundamental, pois a cada hora tudo muda e, já que o sistema não tem dignidade para agir, tomemos nós a dianteira e façamos o que precisa ser feito.
E sempre naquele esquema: se não é por compaixão,  afinidade, crer na ação, faça um “share” ou compartilhar, só por hábito.
Pois alguém que está com algo que não precisa, pode compartilhar. E isto será bom para todos.
Receberemos as doações de materiais eletrônicos em tempo integral. Basta ligar  para 11 9620- 2079 ou enviar e-mail para astrologia@terra.com.br. E marcar quando e como você quer fazer isso.
Precisamos de uma carta de próprio punho, fazendo a doação.
Somos apartidários e apenas pedimos a compreensão de quem tem tudo (ou quase)  e pode ganhar paz de espírito, por simplesmente fazer a coisa certa.
Felicidades e desculpem a longa mensagem.
Beijos
Carmen
Leia também:

*****

O lado podre da maçã: Repórter consegue imagens do interior de fábrica de produtos da Apple na China

23.02.2012
Do BLOG DO MELLO, 
Postado por Antônio Mello

Em Taiwan, um repórter da rede estadunidense ABC conseguiu entrar numa unidade da Foxconn, maior produtora de iPhones e iPads do mundo.

Reportagem da inglesa BBC (onde conseguimos o vídeo acima) afirma que o repórter teve acesso à fábrica dias após a Apple ter anunciado que um grupo de investigadores independentes iria inspecionar as fábricas que produzem 90% de seus produtos.

As condições são semelhantes àquelas em que vivem cobaias em caixas de Skinner. No entanto, Tim Cook - o sucessor de Steve Jobs - enviou e-mail a todos os seus empregados, onde defende os valores da empresa e afirma a preocupação da Apple com cada um dos empregados da cadeia de produção:

"A nosotros nos definen nuestros valores. Desafortunadamente algunas personas están cuestionando los valores de Apple hoy en día... Nosotros valoramos a cada trabajador en nuestra cadena de suministro global...Cualquier insinuación de que no nos interesa es claramente falsa y ofensiva para nosotros".

Que tal Tim Cook passar uma semana no lugar de um dos trabalhadores da Foxconn para sentir na pele "los valores da Apple"?
Talvez você também se interesse por:


*****
Fonte:http://blogdomello.blogspot.com/2012/02/o-lado-podre-da-maca-reporter-consegue.html

Debate sobre desocupação de Pinheirinho provoca bate-boca no Senado


23.02.2012
Da Agência Brasil
Por Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil
Política

Brasília - O debate na Comissão de Direitos Humanos do Senado sobre a operação da Polícia Militar que resultou na desocupação do terreno onde estava instalada a favela do Pinheirinho, em São José dos Campos (SP), provocou um bate-boca entre os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).

O senador tucano defendeu a operação dizendo que anteriormente foram apreendidas drogas e armas no local. Segundo ele, o a audiência serve apenas para atacar politicamente o governo de São Paulo, comandado pelo PSDB. Já Suplicy disse que houve excesso da polícia e que a operação ocorreu de forma apressada, antes de se esgotar o diálogo.

“A história contada pelo senador Suplicy no plenário foi relatada dez dias depois, perante testemunhas que eram funcionários do gabinete do senador Suplicy”, disse Aloysio Nunes Ferreira em relação a um vídeo com depoimentos de moradores do Pinheirinho após a desocupação.

Aloysio Nunes Ferreira disse que propôs debater outras operações de desocupação em estados governados pelo PT, mas os pedidos não foram aprovados pela comissão. “Meu propósito era fazer aqui uma discussão a respeito dessa situação delicada em que a polícia – cumprindo ordem judicial ou às vezes não, como foi o caso no Distrito Federal – usa da força física para a manutenção da ordem, podendo cometer abusos”, argumentou o tucano.

“No entanto, não foi esse o procedimento da comissão. Embora tenha indicado à secretaria da comissão os nomes e os endereços das pessoas que pretendia ver ouvidas na mesma ocasião em que se tratasse do caso Pinheirinho, a audiência pública foi marcada apenas para o caso Pinheirinho”, destacou o senador do PSDB.

Já Suplicy alegou que concordou em ouvir os representantes do governo de São Paulo e também debater a situação em outros estados. Contudo, acrescentou o petista, devido à falta de tempo, os debates devem ocorrer em outra data.

“Queira o senador Aloysio Nunes ter a dignidade de ver esse filme com as cenas, algumas das quais de emissoras de TV, demonstrando a violência ocorrida. Isso é preciso que se diga. E ele aqui veio me dizer que funcionárias minhas aqui fizeram declarações, elas foram testemunhas da barbaridade ocorrida. E é importante que ele possa ouvir, possa ouvir e possa trazer aqui o comandante da Polícia Militar, o senhor Álvaro Camilo”, rebateu Suplicy.

O líder comunitário e ex-morador de Pinheirinho Valdir Martins de Souza considerou “uma covardia” o que ocorreu em São José dos Campos. “Aquilo ali não foi uma desocupação”, destacou.

Durante a audiência foram ouvidos representantes dos ex-moradores do Pinheirinho e da Secretaria Nacional de Habitações, ligada ao governo federal. O prefeito de São José dos Campos, Eduardo Cury, foi convidado para participar da audiência, mas informou que não poderia comparecer. 

Também foram convidados e não compareceram o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ivan Sartori; o juiz Luiz Beethoven Ferreira; o comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo, Alvaro Batista Camilo, e o secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Silvio Torres.

Edição: Talita Cavalcante
*****

RICARDO BOECHAT INSULTA TRABALHADORES AO VIVO E NEGA DIREITO DE RESPOSTA

23.02.2012
Do blog CLOACA NEWS,17.02.12


.O jornalista e anchorman da  Rede Bandalha, Ricardo Boechat, acaba de agregar valor à sua fulgurante carreira no ramo da PI (Picaretagem da Informação). 

Na última sexta-feira, 10, zurrando ao vivo em seu programa na BandNews FM, o mezzo porteño-mezzo carioca desandou a desqualificar toda a categoria dos servidores do TRE do Rio de Janeiro, desfiando adjetivos desairosos aos trabalhadores e sugerindo que os funcionários daquele egrégio tribunal seriam todos vagabundos e sanguessugas do dinheiro público. Mais que isso: o ex-assistente do lendário fofoqueiro Ibrahim Sued chegou mesmo a exigir o corte do ponto dos trabalhadores judiciários.

Na prática, a TPM radialística de Ricardão espalhou-se pelo éter porque o brilhante e laureado profissional de imprensa não teve a pachorra de apurar uma informação que lhe chegara aos ouvidos logo após o início da greve das polícias do Rio de Janeiro. Para Boechat, a notícia de que o TRE-RJ havia “parado” por causa do movimento grevista da segurança pública transformou todos os funcionários da Justiça Eleitoral fluminense em vadios mundeiros. 

Ocorre que a suspensão do expediente na sede da Corte e nos cartórios eleitorais do estado deu-se em razão do Ato Administrativo 43/2012, editado naquele dia pela presidenta em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), Letícia Sardas. A decisão da magistrada foi tomada em caráter preventivo, até que se pudesse avaliar o grau de paralisação e as consequências da greve dos policiais.

Com o programa ainda no ar, e indignados com a esculhambação pública a que estavam sendo submetidos,representantes do Sindicato dos Trabalhadores das Justiças Federais no Estado do Rio de Janeiro (Sisejufe) entraram em contato com a produção de "Jornalismo" da BandNews FM para esclarecer a verdade dos fatos. Os bandalhos, no entanto, fizeram ouvidos moucos e não deram voz aos insultados.

Em junho de 2001, ocasião em que era o principal colunista de O Globo, Boechat foi flagrado passando conteúdo de matérias de seu jornal para um concorrente, o que lhe custou o olho da rua. Tempos depois, ele foi contratado pelo coveiro do JB, Nelson Tanure, com quem aprimorou seu talento nas Artes Trambicais. Atualmente, rancoroso e desenxabido, Ricardo Boechat experimenta seu patético ocaso, transformado em locutor oficial dos editoriaizinhos da Rede Bandalha.

*****

CONVERSA AFIADA: Rio mostra à Globo como se faz Carnaval

23.02.2012
Do blog CONVERSA AFIADA, 22.02.12
Por Paulo Henrique Amorim


Aterro do Flamengo, na zona sul do Rio, é tomado por foliões

Saiu no R7:

Carnaval de rua do Rio reúne 4 milhões de pessoas, diz prefeitura

Quatro milhões de pessoas participaram dos desfiles de blocos no Rio de Janeiro durante os quatro dias de folia. Com isso, segundo a prefeitura, o Carnaval de rua da cidade foi oficializado como o maior do país. Ao todo, desfilaram pela cidade 316 blocos em 372 apresentações.

A festa ainda segue até domingo, com mais 9 blocos. Os destaques são o Quizomba, no próximo sábado (25), e o Monobloco, no domingo (26).

Segundo a Prefeitura do Rio, no sábado (18) o tradicional desfile do Cordão da Bola Preta, último representante dos antigos cordões carnavalescos, bateu mais um recorde: foram cerca de 2 milhões de pessoas seguindo o cortejo pela avenida Rio Branco, no centro do Rio.

No domingo (19), na zona sul, o Simpatia É Quase Amor arrastou 150 mil foliões pela avenida Vieira Souto, em Ipanema. No mesmo dia, 60 mil foram ao Aterro do Flamengo atrás do Bangalafumenga. No centro, o tradicional Cordão do Boitatá recebeu 40 mil pessoas na praça XV.

Na segunda (20), a zona sul voltou a receber um grande número de foliões. O desfile do AfroReggae levou cerca de 400 mil pessoas à orla de Ipanema – o dobro do previsto. Já no Aterro do Flamengo, o bloco Sargento Pimenta consagrou-se como a maior festa Beatles do mundo, com mais de 60 mil pessoas curtindo o som do grupo londrino adaptado para o Carnaval, feito por uma banda de dez pessoas acompanhadas por uma bateria com 120 ritmistas.

A terça-feira (21) teve como destaque o bloco Carmelitas, que desfilou nas ladeiras de Santa Teresa, na região central. Na zona sul, o Vagalume O Verde reuniu 20 mil pessoas na rua Jardim Botânico. O Rio Maracatu foi do Posto 8 ao 9, na Orla de Ipanema, e levou um pouquinho da cultura do Ceará para os 5.000 que agitaram o bairro pela manhã.

Em tempo: o Domingo Espetacular (modestamente) e o Rei Davi rebaixaram o Carnaval da Globo para a divisão de acesso. A Globo conseguiu acabar com as escolas de samba. Do Rio e de São Paulo, aqui, com a colaboração do Governo da Chuíça (*).

Em tempo2: Saiu no Blog do Miro:

TV Globo dançou no Carnaval

Por Altamiro Borges

Apesar de toda a parafernália, a audiência da TV Globo despencou no Carnaval. Segundo o Ibope, a emissora registrou uma das piores quedas dos últimos anos. Na primeira noite do desfile das escolas de samba no Rio de Janeiro, no domingo (19), ela perdeu 20% da audiência, na comparação com 2011. Na média, ela marcou 8,3 pontos no Ibope da Grande São Paulo.

A queda da audiência da emissora na transmissão do Carnaval vem se acentuando a cada ano. Em 2011, ela registrou 10,4 ponto; em 2010, a média foi de 10,9; já em 2009, ela atingiu 12,5 pontos no Ibope. A decadência tem várias causas. A principal parece ser a do aumento da concorrência. O programa Domingo Espetacular, comandado pelo jornalista Paulo Henrique Amorim na TV Record, marcou 15 pontos no Ibope das 21h às 23h32 do dia 19.

Outra explicação é a da perda de criatividade da TV Globo. Todo ano é a mesma batida, numa mesmice que incomoda os telespectadores. Há também o fator internet, com milhões de pessoas fugindo da chatice da televisão. Lógico que nada disse deve incomodar muito o império global. Afinal, ele continua ganhando fortunas com a publicidade aberta e o merchandising enrustido nos desfiles. Mas um dia a casa pode cair!

Paulo Henrique Amorim

(*) Chuíça é o que o PiG de São Paulo quer que o resto do Brasil ache que São Paulo é: dinâmico como a economia Chinesa e com um IDH da Suíça.

*****

A partir de abril, Brasil fará exigência para espanhóis que queiram entrar no país

23.02.2012
Da Agência Brasil, 22.02.12
Por Renata Giraldi, repórter 
Internacional Política

Brasília –  Em pouco mais de um mês, os espanhóis que desembarcarem no Brasil serão submetidos a uma rígida lista de exigências, fixada pelo governo, para conseguir a autorização de entrada no país. Procedimento semelhante ocorre na Espanha em relação aos brasileiros que chegam. O Ministério das Relações Exteriores informou que a decisão é baseada no chamado princípio diplomático da adoção de reciprocidade.

A medida ocorre no mesmo momento em que brasileiros são impedidos de entrar na Espanha se não cumprirem uma série de requisitos fixados pelas autoridades. Só em 2007, em um mês, cerca de 250 brasileiros foram barrados em aeroportos espanhóis. A decisão sobre a entrada no Brasil deve passar a valer a partir do dia 2 de abril.

O Itamaraty nega que a medida seja uma retaliação às humilhações sofridas por brasileiros na Espanha, que relatam casos de discriminação e preconceito, além de serem impedidos de se comunicar com autoridades brasileiras. Pelas novas regras, os espanhóis que quiserem entrar no Brasil terão de estar com o passaporte válido por, no mínimo, seis meses.

Também serão exigidos dos espanhóis os comprovantes de passagens de ida e volta. O espanhol que for se hospedar em hotel deverá apresentar o documento de reserva. Caso venha a se hospedar em casa de amigos ou parentes terá de apresentar uma carta-convite. O documento deve conter a assinatura do responsável pela residência na qual o espanhol ficará e um comprovante de residência dessa pessoa.

O último item se refere à renda mínima do espanhol que pretende visitar o Brasil. Ele deve comprovar que tem condições financeiras para arcar com até R$170 de despesas por dia em território brasileiro.

Em junho do ano passado, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, esteve no Congresso Nacional, quando conversou com os parlamentares sobre as constantes queixas dos brasileiros impedidos de entrar na Espanha. Patriota disse ter conversado com a chanceler espanhola, Trinidad Jiménez, lembrando que poderia ser adotado o chamado acordo de reciprocidade.

Na ocasião, Patriota disse ainda que o número de brasileiros na Espanha tem diminuído a cada mês em decorrência do aumento do desemprego no país. No Brasil, porém, ocorre o contrário. Segundo ele, o número de espanhóis em território brasileiro é cada vez maior. O pior momento ocorreu entre 2007 e 2008, quando cerca de 250 brasileiros eram impedidos mensalmente de entrar no país.

Edição: Graça Adjuto
******

DIREITA BRASILEIRA É ANTI-NACIONAL: O entreguismo da direita não tem limite

23.02.2012
Do blog TIJOLAÇO, 23.06.2011
Por Brizola Neto

É impressionante como a oposição brasileira é incapaz de qualquer ato que não seja o da mais absoluta  vassalagem ao capital internacional.

É completamente incabível, sob qualquer aspecto, a reação ao fato de se estar promovendo, através de lei específica, a regulação – e não a proibição – da  propriedade estrangeira de solo brasileiro, como publica hoje o Estadão.
Ninguém quer se meter com a vida de alguém que, cansado do frio europeu, queira ter um sitiozinho ou uma chácara no Brasil. Seja bem-vindo, esteja em casa.
Não se pode descartar, mesmo, que o limite mínimo para ter de haver registro – que é de cinco hectares, (50 mil metros quadrados) possa ser um pouco maior, em áreas não-urbanas. Negociação é assim mesmo, você oferece o mínimo e cede um pouco, dentro do razoável.
Daí em diante, a transação teria de ter a aprovação e o registro em um órgão público. Nada demais. Apenas queremo saber o que o “mister” quer fazer com a terra, qual é o seu projeto.
E para as propriedades de mais de 500 mil hectares – cinco milhões de metros quadrados – a União seria detentora de uma espécie de “golden share”, uma participação garantida na definição do uso da terra.
Portanto, longe de ser uma medida radical, é o mínimo que o país precisa para controlar um bem que não é “fabricável”: o seu território.
O Tijolaço já tratou deste tema com mais detalhes – o que você pode ler aqui – e a gente reproduz o mapa que publicou naquela ocasião.
Nele, repare uma coisa: todo mundo pensa que estrangeiro comprando terra é coisa lá nos cafundós, não é? Nada, é só você olhar no mapa e ver que é o agronegócio a cereja do bolo: Mato Grosso, São Paulo e Mato Grosso do Sul não os estados onde a terra mais foi abocanhada.

****

Definição governista após a folia política

23.02.2012
Do DIÁRIO DE PERNAMBUCO, 20.02.12
Por  Suetoni Souto Maior 
soutomaior.pe@dabr.com.br

Petistas iniciam discussão sobre sucessão após o carnaval. Candidato terá que unir a Frente


Eduardo Campos e João da Costa: festa antes da escolha do postulante petista.
Imagem: PAULO PAIVA/ESP DP/D.A PRESS
O discurso é repetido como um mantra por aliados, sejam eles petistas ou não: o prefeito João da Costa tem até março para consolidar o seu nome para a disputa da prefeitura do Recife. As conversas, dizem, começam logo após o carnaval e todos, até os mais críticos, são unânimes em dizer que o gestor tem, sim, chances de pavimentar o caminho para buscar a reeleição. 

De acordo com o presidente estadual do PSD, André de Paula, muitas variantes precisam ser analisadas, mas as chances de João da Costa são boas. “Só depende dele”, ressalta o dirigente, lembrando, entre outras coisas, o fato de o petista estar no poder. Mas é importante que se diga: isso não é tudo. Os próprios petistas colocam como condição importante para ser referendado a capacidade de unir a Frente Popular. 

Os parâmetros foram postos pelo presidente estadual do PT, Pedro Eugênio, para quem a capacidade de unir a frente é essencial. O bloco, que tem o governador Eduardo Campos (PSB) como maior líder, tem demonstrado inclinação para candidaturas múltiplas no primeiro turno. Uma perspectiva que preocupa o PT. A questão que será resolvida a tempo, garante Eugênio.

O apoio da Frente Popular a João da Costa tem como principal obstáculo o senador e presidente estadual do PTB, Armando Monteiro. O parlamentar aponta os problemas de gestão enfrentados pelo prefeito como combustível para a discussão de novos nomes. Um discurso que encontra eco em lideranças como o deputado federal Carlos Eduardo Cadoca (PSC), que colocou o seu nome como alternativa.
 
Cadoca, aliás, admite que o seu partido poderá aguardar uma definição do PT, caso ela seja urgente. “Vamos esperar o Partido dos Trabalhadores definir o seu nome e ver se ele consegue unir a Frente Popular. Caso não consiga e a tese de múltiplas candidaturas vingue, meu nome estará colocado”, enfatizou, apontando o poder de fogo governista como tempero para a disputa, frente à condição enfraquecida da oposição. 


*****

MANIPULAÇÃO DA MÍDIA GOLPISTA: Mídia mira na Gaviões da Fiel para atingir Lula

23.02.2012
Do  Blog do Charles Bakalarczyk


Patrões da mídia temem poder de Lula e das massas

 
Estou rindo até agora, desde domingo. Do que acho graça: a raiva dos (poucos) donos da grande média empresarial, que de forma desorganizada e desesperada designaram  seus serviçais – os jornalistas de “livre opinião” - para espinafrar a escola da Samba Gaviões da Fiel, por conta da homenagem prestada ao Lula na madrugado de 19JAN (ver artigo abaixo, do Altamiro Borges).
O que a direita não aceita– conforme ecoa a sua mídia – é que Lula, metalúrgico e sindicalista, com suas virtudes e defeitos, fez um governo cujas ações já estão grafadas na HISTÓRIA DO BRASIL.
Lula não é um santo. Nunca quis sê-lo. Caso contrário teria se tornado um sacerdote ou algo do gênero. Lula é de carne e osso, humano, como nós. No poder, teve a coragem de romper com a lógica dominante e investir nos brasileiros. Não fez milagre, foi até onde as condições políticas e econômicas lhe permitiram (afirmo mais: talvez tenha ido além do que a correlação de forças do poder aceitava). Seu mérito foi mudar o rumo, apostar na área social. Os resultados estão aí, são estatísticas. Não podem ser apagadas pelo ranço do conservadorismo. Esse conservadorismo que sempre travou o Brasil.
A grande mídia (o PIG, conforme o jornalista Paulo Henrique Amorim), na verdade, não reprovou a Gaviões da Fiel. Ela continua na sua campanha de desconstituição da imagem de Lula. Só que não tem coragem de defender abertamente sua postura. Covarde, sabe que a rejeição da população pela sua conduta tenebrosa tende a aumentar...

Mídia reprova Gaviões da Fiel

Por Altamiro Borges

Pela transmissão da TV Globo e pelos comentários de alguns “calunistas”, a mídia reprovou a escola de samba Gaviões da Fiel por sua homenagem ao ex-presidente Lula. Com o tema “Verás que o filho fiel não foge à luta – Lula, o retrato de uma nação”, ela foi a penúltima a desfilar na madrugada deste domingo (19) no sambódromo de São Paulo.

Segundo o “blogueiro folião” Eduardo Guimarães, o desfile foi “impecável”, emocionante, e levantou as arquibancadas. A escola abordou vários temas políticos em suas alas, como “porões da ditadura”, “voz que não se cala”, “diretas-já”, relembrando a rica trajetória do retirante nordestino, operário e líder grevista que foi eleito e reeleito presidente da República.

A surpreendente nota da TV Globo

Para revolta do blogueiro, a TV Globo puniu a Gaviões ao anunciar a classificação das escolas segundo seus telespectadores. “Para quem assistiu ao desfile dessa e das outras escolas de São Paulo, a nota média que a Globo diz que teria sido dada pelo público foi surpreendente. A pontuação 8,6 colocou o samba-enredo e a escola que mais empolgaram o público em sétimo lugar”.

Eduardo Guimarães sugere que a Globo, que nunca morreu de amores por Lula, manipulou a “suposta” enquete para interferir na votação da escola campeã de 2012. Nas redes sociais, muitos internautas também reclamaram. Não assisti e não entendo nada do assunto. Só reparei que muitos “calunistas” da mídia não gostaram da Gaviões da Fiel antes mesmo dela pisar no sambódromo.

Colunistas da Folha temem o "mito"

Vinicius Torres Freire, da Folha, foi um dos mais ácidos na crítica. Para ele, o que a escola fez foi “bajulação do poder”, com um “samba-enredo amalucado, submisso e sem graça... Lula virou enredo da Gaviões da Fiel, de São Paulo. Foi canonizado em vida por uma escola grande, privilégio de Getúlio Vargas, que manipulava sambistas, foi ditador e esteve no poder por quase 20 anos”.

Na mesma linha, Josias de Souza, “carona” de FHC que escreve no UOL, do mesmo Grupo Folha, afirmou que “desfile da Gaviões ajuda a sacralizar o mito Lula”. Para ele, isto é um perigo. “Dedicada a qualquer outro político, a sacralização carnavalesca seria tachada de demagogia. Oferecida a Lula, funciona como beatificação do mito. Isso dá idéia do inimigo que seus antagonistas têm pela frente”. Sua maior preocupação não é com as escolas de samba, mas sim com o resultado das eleições de outubro próximo.

Que tal uma homenagem ao "doutor Frias"?

Já que acham que desfile de Carnaval “sacraliza mitos”, os dois jornalistas da Folha poderiam sugerir a alguma escola que faça uma homenagem a Octávio Frias Filho, seu ex-patrão. Seria muito educativo, com as alas “apoio ao golpe”, “generais linha dura” e “torturas na Oban”. O carro-alegórico poderia representar as peruas da Folha que levavam presos políticos para a tortura.

*****

Reproduzo abaixo o samba-enredo da Gaviões da Fiel em 2012:

Verás Que o Filho Fiel Não Foge À Luta – Lula o Retrato de Uma Nação

G.R.E.S. Gaviões Da Fiel

Vai meu gavião…
Cantando a saga do menino sonhador
Um filho do sertão, cabra da peste… Irmão
Que deus pai iluminou!
Trouxe no sangue a coragem, a fé
O poder regendo seu destino!
Na cidade grande a esperança… O futuro promissor!
Traçou seu o caminho
Cresceu foi à luta… Pra vencer
E o sonho se torna real
Luiz Inácio o operário nacional!

*****

Companheiro fiel… Por liberdade
Na corrente do bem… Contra a maldade!
Elo forte da democracia
A luz da nossa estrela guia!

*****
Viu… No coração do Brasil
Tanta desigualdade
O retrato da realidade
A utopia buscando a dignidade!
Solta o grito da garganta e vem comemorar
A soberania popular
Felicidade…
O povo unido venceu
A cidadania resplandeceu
Uma nova era aconteceu!
*****
Sou da nação, sou valente e festeiro
Corinthiano loucamente apaixonado!
Em oração a São Jorge guerreiro
Peço que o brasileiro seja sempre abençoado!”

*****