sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A mão que massacra é a mesma que vota

03.02.2012
Do BLOG DA CIDADANIA,02.02.12
Por Eduardo  Guimarães

Estou em um mau dia. Talvez escrevendo consiga afastar essa sensação insuportável de revolta e impotência que persiste há vários dias e que não dá sinais de querer amainar. E o pior é que, fustigado por esses sentimentos, não consigo me dedicar ao que faço para ganhar a vida.
Na segunda-feira, quando fui a São José dos Campos para ouvir depoimentos e colher denúncias dos flagelados do Pinheirinho, conversei com outras pessoas que lá estiveram com a mesma finalidade e elas me disseram que se sentiam da mesma forma. Parecia que estávamos em um velório.
Hoje, liguei para alguns daqueles com os quais dividi a missão de tentar dar voz ao povo massacrado pelos que elegeu. Como acontece comigo, todos continuam se sentindo da mesma forma.
Chego a sentir inveja dos comentaristas deste blog que conseguem vir aqui fazer piadas com o sofrimento daquela gente e até comemorá-lo. Gente desalmada talvez sofra menos na vida. Alguém sem sentimentos talvez não possa ser magoado…
Mas o que dói mesmo é saber que a mão que massacra o povo pobre do Brasil é a mesma que estende o indicador para premer o botão de voto na urna eletrônica. Ou não é aquele em quem o povo vota que massacra esse mesmo povo?
Quem votou em um lunático como Geraldo Alckmin, alguém que chega ao ponto de dizer que aquelas pessoas que viviam em habitações precárias agora vivem de forma digna? São os mesmos que ele está massacrando, ora.
E a gente não pode nem descansar de uma desgraça que aparece outra. Uma passadinha de olhos pelo Twitter e aparece a desocupação de um prédio na esquina da avenida Ipiranga com a avenida São João. Na matéria, a informação de que 230 famílias seriam jogadas na rua.
O Executivo e o Judiciário, que deveriam acabar com o problema da população de rua, são os mesmos que jogam pessoas na rua, entendem? Aliás, até o povo maltratado, que deveria proteger a si mesmo, não apenas não se protege, mas vota nos Alckmins da vida…
Mais uma olhada nas redes sociais e aparece o caso da mulher grávida que foi presa, entrou em trabalho de parto, foi levada ao hospital e lá deu à luz… ALGEMADA!
Quem disse que o Brasil saiu da ditadura? As violências que o Estado praticava em favor de um número infinitesimal de ricos contra a gigantesca massa de pobres, continuam idênticas. Torturas, execuções sumárias, estupros, expulsão de famílias de suas casas. Tudo igual.
A democracia, no Brasil, é uma fachada, uma mentira, simplesmente não existe. Conto da carochinha. Lenda. Que democracia? Houve democracia no Pinheirinho, em 22 de janeiro? Nem Deus estava lá…
E pensar que por todo o país, o tempo todo, acontecem coisas parecidas. Talvez não tanto, não tão frequentemente e com a dimensão que em São Paulo, pois não há outro lugar, neste país, que tenha um povo que goste tanto de sofrer. Mas acontecem.
E, muitas vezes, o silêncio de autoridades diante desses massacres ocorre porque elas têm o rabo preso. Ou, ao menos, não têm coragem de confrontar esse amaldiçoado status quo, o famigerado “sistema”. Acabaram-se, pois, os heróis, os idealistas…
Sim, este país precisa de heróis. Infelizmente, pois, como dizem, pobre do país que precisa de heróis. E este país precisa. Muito. Um herói que se projete ao ponto de sua voz não poder ser ignorada e que não hesite em ficar do lado certo na hora certa.
Lula foi um protótipo de herói. Fez mais do que qualquer outro já fez no sentido de ao menos dizer o que deveria ser dito, apesar de ter logrado reduzir a injustiça de forma prática e não apenas retórica. Mas faltou muito para chegar a ser o herói de que o Brasil precisa.
Não o culpo. Suas dificuldades foram maiores do que a maioria dos políticos enfrentaria se tentasse fazer o que ele fez. Sua origem o debilitou tanto quanto debilita a qualquer outro que vem da pobreza extrema. O preconceito é uma entidade sobrenatural.

****

Abaixo-assinado condena defesa de assassinato por jornalistas da Globo. Assine

03.02.2012
Do blog PRAGMATISMO POLÍTICO


"Ao divulgar a defesa da prática do assassinato como meio de fazer política, a Rede Globo dá as mãos ao fundamentalismo – não importa se de natureza religiosa ou ideológica – e abre um precedente muito perigoso no Brasil", diz petição.
Caio Blinder (dir.) e Diogo Mainardi (esq.) defenderam
assassinato publicamente

Um grupo de jornalistas, professores e estudantes decidiu criar um abaixo-assinado 'contra a defesa explícita da prática de assassinatos como meio de fazer política, perpetrada por comentaristas da Rede Globo'. No dia 15 de janeiro deste ano, o jornalista Caio Blinder defendeu abertamente no programa Manhattan Conection o assassinato de cientistas iranianos como um meio válido de fazer política. 

O comentário foi apoiado por Diogo Mainardi, outro comentarista da Globo. A petição que está circulando na interne afirma:

Leia também:

Srs. Diretores da Rede Globo

Causa profunda surpresa, indignação e perplexidade assistir a um programa de vossa emissora em que jornalistas, comentaristas e palpiteiros assumam a defesa explícita da prática de assassinatos como meio válido de fazer política.

Isso foi feito abertamente, no dia 15.01.2012, por Diogo Mainardi e Caio Blinder, ambos empregados da Rede Globo (o trecho em questão pode ser acessado pelo link:
http://www.youtube.com/watch?v=kH3oThn1l7g&feature=youtu.be

Depois de fazer brincadeiras de gosto muito duvidoso sobre a sua suposta condição de agente do Mossad (serviço secreto israelense), Caio Blinder alegou que os cientistas que trabalham no programa nuclear iraniano são empregados de um “estado terrorista”, que “viola as resoluções da ONU” e que por isso o seu assassinato não constituiria um ato terrorista, mas sim um ato legítimo de defesa contra o terrorismo. Trata-se, é óbvio, de uma lógica primária e rudimentar, com a qual Mainardi concordou integralmente.

Parece não ocorrer a ambos o fato de que o Estado de Israel é liderança mundial quando se trata em violar as resoluções da ONU, e que é acusado de prática de terrorismo pela imensa maioria dos países-membros da entidade. Será que Caio Blinder defende, então, o assassinato seletivo de cientistas que trabalham no programa nuclear israelense (jamais oficializado, jamais reconhecido mas amplamente conhecido e documentado)?

Ambos, Caio Blinder e Diogo Mainardi - se associam ao evangelista fundamentalista estadunidense Pat Robertson, que, em abril de 2005, defendeu em rede nacional de televisão, com “argumentos” semelhantes, o assassinato do presidente venezuelano Hugo Chávez, provocando comentários constrangidos da Casa Branca.

Ao divulgar a defesa da prática do assassinato como meio de fazer política, a Rede Globo dá as mãos ao fundamentalismo – não importa se de natureza religiosa ou ideológica – e abre um precedente muito perigoso no Brasil. Isso é inaceitável.

Atenção: não defendemos, aqui, qualquer tipo de censura, nem queremos restringir a liberdade de expressão. Não se trata de desqualificar ideias ou conceitos explicitados por vossos funcionários. O que está em discussão não são apenas ideias. Não são as opiniões de quem quer que seja sobre o programa nuclear iraniano (ou israelense, ou estadunidense...), mas sim o direito que tem uma emissora de levar ao ar a defesa da prática do assassinato, ainda mais feita por articulistas marcadamente preconceituosos e racistas. Em abril de 2011, o mesmo Caio Blinder qualificou como “piranha” a rainha Rania da Jordânia, estendendo por meio dela o insulto às mulheres islâmicas. Mainardi é pródigo em insultos, não apenas contra o Islã mas também contra o povo brasileiro.

Se uma emissora do porte da Globo dá abrigo a tais absurdos, mais tarde não poderá se lamentar quando outros começarem a defender, entre outras coisas, a legitimidade de se plantar bombas contra instalações de vossa emissora por quaisquer motivos, reais ou imaginários – por exemplo, como forma de represália pelas íntimas relações mantidas com a ditadura militar no passado recente, pela prática de ataques racistas contra o Islã e o mundo árabe, ou ainda pelos ataques contumazes aos movimentos sociais brasileiros e latino-americanos.

Manifestações como essas de Caio Blinder e Diogo Mainardi ferem as normas mais elementares da convivência civilizada. Esperamos que a Rede Globo se retrate publicamente, para dizer o mínimo, tomando distância de mais essa demonstração racista de barbárie.

Assine AQUI 

Agradecemos a atenção.

*****
Fonte:http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/02/abaixo-assinado-condena-defesa-de.html

Globo “relativiza” Dilma sobre Direitos Humanos

03.02.2012
Do blog CONVERSA AFIADA, 31.01.12
Por Paulo Henrique Amorim



O Ali Kamel não consegue, sequer, surpreender.

Como previu este Conversa Afiada, ele distorceu, fraudou a clara, inequívoca posição do Brasil sobre a questão dos Direitos Humanos.


Dilma não podia ser mais clara: Direitos Humanos não deve ser bandeira só dos Estados Unidos ou da Globo (hoje).

“Quem atira a pedra tem telhado de vidro,” ela observou.

Isso é omitir-se ?

Espinafrar Obama ao lado de Guantánamo, é “relativizar” ?

Quem foi que deu o visto à blogueira dissidente ?

Aí, entra o William Bonner e diz que Dilma “relativizou” a questão dos Direitos Humanos.

Interessante.

A Globo agora é a Madre Superiora dos Direitos Humanos.

E quando os Direitos Humanos eram celebrados na OBAN e no Doi-Codi, na Barão de Mesquita, o que fez a Madre Superiora ?

Naquela época, Direitos Humano para a Globo era coisa de “comunista”.

Não é isso, Dr Roberto ?

Como perguntou o Vasco, indignado com o “relativismo:

Quem tem mais autoridade moral para falar em Direitos Humanos: a Dilma ou o Ali Kamel ?

Em tempo: antes, os espectadores do jn foram homenageados com um enviado à  Florida que disse que um candidato republicano esperava vencer as primárias com mais de 15%.  Confundiu  “percentagem” com “pontos”. É o mesmo jenio que disse que o avião da TAM provocou o desastre em Congonhas, porque chovia tanto, que a água cobria uma moeda de um real. É o da moedinha que ia derrubar o Lula. Outro repórter tomou um avião especial para perseguir os sem-terra no Paraguai. Até no Paraguai ! Viva o Brasil do Ali Kamel !

Paulo Henrique Amorim


*****

Humberto Costa acredita em crescimento do PT em Pernambuco

03.02.2012
Do BLOG DO JAMILDO, 02.02.2012
Postado por Jamildo Melo 
No site PT Senado



Em ano de eleições municipais, o senador Humberto Costa avalia como prioridade do partido em Pernambuco, manter sob a administração do PT, a Prefeitura do Recife e ampliar o número de prefeituras chefiadas pelo partido no interior do estado.


“Temos um projeto exitoso há 11 anos, e queremos que o PT continue a governar a prefeitura da capital. Também queremos ampliar o número de prefeituras governadas pelo nosso partido”, disse. “Em Pernambuco temos apenas oito prefeituras. Para um partido que tem a força e o dinamismo do PT, é necessário que tenhamos uma representação nos municípios mais proporcional a essa força. Acreditamos que vamos crescer no numero de prefeituras do interior”, avaliou o senador.
*****
Fonte:http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2012/02/02/humberto_costa_acredita_em_crescimento_do_pt_em_pernambuco_123692.php

MANIPULAÇÃO DA MÍDIA GOLPISTA:O imundo macartismo “faxineiro”

03.02.2012
Do blog TIJOLAÇO, 02.02.12
Por Brizola Neto



Os hospitais que receberam emendas em Campina 

Grande e, à direita, o de Brejo da Madre de Deus, para 

onde o líder tucano enviou dinheiro para "patrolar" 

estradas
Nem bem se anunciou a (possível) nomeação do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP) para o Ministério das Cidades, oEstadão já parte para cima do ministeriável.
Aguinaldo Ribeiro favoreceu no Orçamento de 2012 o curral eleitoral da irmã, a deputada Daniella Ribeiro“, diz o jornal, dizendo que ele apresentou emendas que seriam destinadas a favorecer eleitoralmente a irmã.
Bem, o “curral eleitoral” é nada menos quea  cidade de Campina Grande, de “apenas” 600 mil habitantes, só ligeiramente menor que a capital do Estado da Paraíba, João Pessoa. Campina é, inclusive, centro de uma região metropolitana de 23 municípios e a maior do interior do Nordeste.
E o que foi este terrível fisiologismo nepotista?
R$ 450 mil para equipar melhordois hospitais filantrópicos que realizam atendimento público na cidade. O Pedro I, fundado em 1932 pela maçonaria e o Escola, criado em 1965 por uma associação mantida pelo Governo da Holanda, que depois passou a ser administrado por brasileiros e  é hoje onde são atendidos os acometidos por câncer na região, porque oferece quimio e radioterapia.
E mais R$ 330 mil para uma Universidade Federal ali localizada. Note, um órgão federal e uma universidade pública.
Ora, pode até se discutir se devem existir emendas parlamentares ao Orçamento, o que é considerado errado, com razão, por muitos. Mas o fato é que elas existem e quase todos os deputados as utilizam, individual ou coletivamente, através das emendas de bancada.
Se o Estadão quer ser coerente, deveria dizer que o líder do PSDB, deputado Bruno Araújo, aprovou uma emenda no valor de R$ 400 mil para beneficiar seu “curral eleitoral” da cidade de Brejo da Madre de Deus, em Pernambuco, para passar a patrol em dez quilômetros de estradas vicinais no pequeno município, de apenas 45 mil habitantes, onde o prefeito (e médico) Edson Souza deixa o Hospital Municipal José Carlos de Santana caindo aos pedaços, sem colchões ou lençóis e imundo, como você pode ver aqui.
Não conheço o deputado Aguinaldo, mas acho que ele fica bem, pelo menos nessa comparação de emendas parlamentares.

****

SECRETÁRIO ISALTINO NASCIMENTO PEDE DESCULPAS PÚBLICAS

03.02.2012
Do BLOG DE JAMILDO
Postado por Daniel Guedes 

Reproduzo abaixo Nota Pública do Secretário de Transportes Isaltino Nascimento, extraída do Blog de Jamildo.

NOTA PÚBLICA


O secretário de Transportes, Isaltino Nascimento, lamenta o episódio ocorrido na madrugada da última segunda-feira e pede desculpas publicamente, reiterando a importância do trabalho realizado pela Operação Lei Seca e da atuação dos agentes da lei nela envolvidos.

Na referida data já se encontrava na sua residência e foi chamado, às pressas, para buscar sua filha de 3 anos, que inicialmente iria dormir na casa da avó, em Boa Viagem, e tendo acordado assustada chorava sem consolo chamando pelos pais. Quando retornava para casa foi parado na blitze. No momento da abordagem sua esposa estava sentada no banco de trás com a filha, que só aceitava o consolo da mãe.

Isaltino não realizou o teste do bafômetro por ter informado antecipadamente aos guardas que, mesmo em pouca quantidade, havia ingerido álcool. Entregou, sem resistência, sua carteira de motorista para retenção, bem como forneceu os dados para o lavramento do auto de infração. E realizará o pagamento da multa aplicada, bem como procederá a todos os trâmites legais exigidos à recuperação da CNH, como todo cidadão que se encontra em situação semelhante deve fazer. Informa ainda que o veículo que conduzia não é nem poderia ser locado pela Assembleia Legislativa, uma vez que se encontra licenciado do cargo de deputado estadual.  Também não é disponibilizado pelo Governo do Estado, sendo custeado com seus próprios recursos.

No dia de ontem (3), o secretário coordenou a reunião ordinária de monitoramento da Secretaria de Transportes, realizada todas às quintas-feiras, e nesta sexta-feira (4) cumpriu agenda administrativa. Por conta disso, foi representado na solenidade da assinatura da ordem de serviço da restauração da PE-90, em Surubim, pelo secretário executivo de Transportes, Carlos Júnior. A presidente do DER, Eryka Luna, que também não pode ir ao evento, foi representada pelo diretor de Operações do DER, José Carlos Antunes.  

PS: Os grifos em negrito são de autoria do Blog de Irineu Messias

****

Canção de Matt Redman alerta cristão sobre a questão tráfico humano

03.02.2012
Do portal GOSPEL PRIME,02.02.12

Músico gravou ao vivo no festival Passion vídeo de canção que defende a liberdade


Canção de Matt Redman alerta cristão sobre a questão tráfico humano
No estádio coberto Georgia Dome, em Atlanta, uma multidão de mais de 43 mil estudantes universitários participaram do festival Passion 2012 no início de janeiro. O músico cristão Matt Redman aproveitou o evento para gravar o videoclipe de sua nova música de trabalho “27 million”.
A canção conta a emocionante história de uma garota do leste europeu, vendida para o comércio do sexo em Londres. Ele escreveu “27 million”, que é baseada em uma história real, como parte do esforço para conscientizar as pessoas do problema global do tráfico humano. O título da música refere-se aos cerca de 27 milhões de pessoas que estão em regime de escravidão hoje em dia. Em 27 de fevereiro, Redman fará o lançamento o videoclipe  da música.
A letra forte e o refrão cativante parecem ter agradado imediatamente o público jovem. ”Temos que nos levantar abrir nossos olhos! / Seja a sua voz, a sua liberdade, vamos nos levantar! “A multidão presente no Passion pode ser vista no vídeo saltando e aplaudindo enquanto cantavam juntos a letra que fala sobre liberdade.
A canção tem a participação de Christine Caim, o fundador da  organização cristã A21, que luta contra a escravidão: “Me surpreende, que não só o tráfico de seres humanos exista na Terra hoje em dia. O número de escravos alcançou o maio número da história da humanidade. É quase incompreensível”.
Eles pediram que a cantora britânica de hip-hop, Lindz Lucy se juntasse a eles na gravação da música. Lindz acrescenta um toque mais urbano, dizendo. ”Pessoas não são produtos/ são seres preciosos, como eu e você / é a filha ou a irmã, um alguém / sem voz, ela é escrava da noite”.
Matt Redman, o grupo Passion e Lindz Lucy estão engajados nessa campanha e esperam que os cristão de todo o mundo se juntem a eles. Em alguns países, como a Coréia do Norte, há verdadeiros campos de trabalho escravo que obrigam pessoas a trabalhar sem remuneração. Os motivos quase sempre são políticos ou religiosos. O tráfico sexual e de imigrantes é epidêmico e verdadeiras organizações criminosas são formadas para sua exploração. Os lucros com a venda do single ajudarão a campanha da ONG A21 .
Veja o vídeo sobre o making of da canção:


Traduzido e adaptado de Cristianity Today

*****

PCR vai recapear 30 ruas e avenida da cidade

03.02.2012
Do BLOG DA FOLHA
Publicado por José Accioly



Prefeito João da Costa anunciou melhorias hoje pela manhã (Foto: Fernando Silva/PCR/Divulgação)
O prefeito do Recife, João da Costa (PT), anunciou, nesta sexta-feira (3), obras de recapeamento em 30 ruas e avenidas da capital pernambucana. A coletiva aconteceu no gabinete do gestor (9º andar edifício sede da PCR) e contou com a presença do seu secretariado. Serão investidos R$ 22 milhões para a manutenção dessas 30 vias, beneficiando 13 bairros distribuídos pelas seis regiões recifenses.
Durante o ato, o prefeito destacou a importância dessas obras para a questão da mobilidade no Recife. “O anúncio do recapeamento de 30 vias complementa a iniciativa para melhorar a mobilidade na cidade. Já podemos observar as mudanças, iniciadas desde o ano passado, no trânsito do Recife, como o Viaduto Capitão Temudo, a modernização semafórica e as mudanças na Capitão Rebelinho. Esse é um dos compromissos da gestão, viabilizar a locomoção das pessoas e diminuir os transtornos na cidade”, destacou o prefeito.
Dentro do pacote de obras de recapeamento, já foram iniciadas intervenções em três grandes corredores -  Avenida Domingos Ferreira (Boa Viagem), São Miguel (Afogados) e Estrada do Arraial (Casa Amarela). Só para estes, a administração municipal está investindo R$ 5,3 milhões.
A expectativa para a finalização das obras nas 30 vias é para o mês de maio, antecedendo o período de chuvas. “A proposta, recomendada pelo prefeito João da Costa, é a de dar continuidade ao trabalho realizado no ano de 2011. Iniciaremos o inverno com a execução de um conjunto de manutenção de vias, que compõem recapeamentos, operações tapa-buracos e troca de placas de concreto”, enumerou Vital.

*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/blogdafolha/?p=10109