Pesquisar este blog

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Aeroportuários anunciam greve de 48 horas contra privatização


18/10/2011 
Economia Nacional
Bruno Bocchini
Repórter da Agência Brasil


São Paulo – Os aeroportuários de Guarulhos (SP), Campinas (SP) e Brasília decidiram fazer uma paralisação de 48 horas, a partir da meia-noite de quarta-feira (19), em protesto contra o processo de privatização dos terminais. O diretor do Sindicato Nacional dos Aeroportuários Marcelo Tavares disse que a greve trará transtornos aos passageiros, pois o sindicato espera a adesão de 90% dos trabalhadores dos três aeroportos.


“Infelizmente, os usuários dos aeroportos vão sofrer com atrasos. Apenas os trabalhadores em cargo de confiança não deverão participar da greve”, disse o diretor.


Cerca de 3 mil funcionários deverão cruzar os braços nos três aeroportos. Os setores de operações, administração e terminais de carga deverão ser os mais atingidos.


A transferência dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos (Campinas) e Brasília à iniciativa privada deve começar em dezembro. Em agosto, o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que já está sendo construído na região metropolitana de Natal, foi privatizado. O governo também estuda transferir para o setor privado a exploração de outros aeroportos internacionais, como Galeão-Tom Jobim, no Rio de Janeiro, e Confins, em Minas Gerais.


Edição: Vinicius Doria
****
Fonte:http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2011-10-18/aeroportuarios-anunciam-greve-de-48-horas-contra-privatizacao

Relíquias arqueológicas encontradas em prédio do Bairro do Recife ficarão em exposição

18.10.2011
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Valdecarlos Alves  



 
Prédio abrigava a antiga Bolsa de Valores de Pernambuco e Paraíba


Cachimbos, porcelanas, cerâmica e até ossos humanos dos séculos 16 a 18 foram encontrados no centro do Recife durante as obras de restauro do antigo prédio da Bolsa de Valores, no Marco Zero, onde irá funcionar a Caixa Cultural. Como valorização desses achados arqueológicos, a empresa gerenciadora da obra, Concremat, criou duas janelas de vidro com exposição das relíquias arqueológicas.

A iluminação escolhida pelos engenheiros e arquitetos especializados em técnicas de restauro na Europa, foi a zenital, que dá um efeito de translúcido. Já a coloração do prédio também foi resgatada para um amarelo claro, que era a cor original da edificação, modificada na década de 60 para um rosa. As cúpulas de argamassa que ficavam no teto do antigo prédio retornaram ao seu lugar de origem. Desta vez, modernizadas e autorizadas pelo Iphan, em aço inox, resgatando a história do Recife Antigo e emprestando um brilho prateado à paisagem pernambucana.

A obra será entregue no início de 2012. Os pernambucanos contarão com salas de dança, cineteatro com capacidade para mais de 100 lugares, sala multimídia, dois ambientes para exposições e uma cafeteria. O diretor regional da Concremat, Layete Alexandre, explica que esta obra de restauro transforma a paisagem da cidade. “Investimos em um casal de engenheiros pernambucanos para se especializarem em obras de cinotecnia, com uma tecnologia buscada em países mais avançados. Valorizamos a mão-de-obra local e desenvolvemos uma técnica adiantada em iluminação, projeção e som dos telões do cineteatro. Um presente para o nosso Estado”, comemorou o engenheiro. 

*****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/26103-reliquias-arqueologicas-encontradas-em-predio-do-bairro-do-recife-ficarao-em-exposicao

Oitenta e cinco por cento das construtoras acreditam que Copa será positiva para o setor, aponta CNI


18/10/2011 
Economia
Vinicius Konchinski
Repórter da Agência Brasil


São Paulo – A grande maioria das construtoras do país espera que a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, tenha impactos positivos nos negócios do setor. De acordo com sondagem realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 85% das empresas da construção acreditam que o Mundial será benéfico para o setor.


A sondagem foi divulgada hoje (18) e diz respeito somente à relação entre a construção civil e a Copa do Mundo. Para a pesquisa, foram ouvidas 411 empresas. De todas essas, 212 são pequenas companhias, 149 são médias e 50, grandes.


De todas as empresas ouvidas, 7% acreditam que a Copa do Mundo não terá impactos para o setor da construção civil. Já 8% esperam que o Mundial tenha impacto negativo nos negócios do setor.


Na mesma sondagem, 47% das empresas ouvidas afirmaram que a Copa será benéfica também aos seus negócios, em específico. Outras 45% afirmaram que não haverá impactos, e 9% disseram que o Mundial terá impactos negativos para a sua atividade.


O aumento das obras e dos serviços é apontado como o principal benefício da Copa no setor da construção. Dentre as empresas que afirmaram esperar impactos positivos com o Mundial, 95% acreditam que o torneio vai causar aumento da demanda de seus clientes.


Edição: Lílian Beraldo
****
Fonte:http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2011-10-18/oitenta-e-cinco-por-cento-das-construtoras-acreditam-que-copa-sera-positiva-para-setor-aponta-cni

Ir às ruas contra a ditadura da mídia

18.10.2011
Do blog de Altamiro Borges 17.10.11
Por Altamiro Borges

Amanhã, 18, em várias partes do mundo será comemorado o “Dia Mundial pela Democratização da Mídia”. Segundo relata Naira Rosana, no boletim eletrônico do Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC), a data foi instituída em 2000, em Toronto (Canadá), “como forma de protesto contra a concentração dos meios de comunicação nas mãos de poucas pessoas”.


No Brasil, a data passou a ser comemorada a partir de 2003, como base numa proposta da Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (Enecos). Na sequência, as entidades da sociedade civil optaram por realizar a “Semana pela Democratização da Comunicação”, com várias atividades de formação e mobilização – seminários, debates e protestos de rua.


Ato em SP e “faxina na TV Globo” no RJ


Neste ano estão previstas ações em diversas cidades para marcar a data. Em São Paulo, às 12 horas, haverá um ato na escadaria da TV Gazeta, na Avenida Paulista, organizado pela Frente Paulista pelo Direito à Comunicação e a Liberdade de Expressão (Frentex).


No Rio de Janeiro, ocorrerão dois atos. Amanhã, às 16 horas, no Buraco do Lume, com atividades culturais e políticas em defesa da regulação da mídia. E na quarta-feira, às 13 horas, ocorrerá a “faxina na TV Globo”, em frente a sua sede no Jardim Botânico.


Recrudescimento nos crimes


A realização destes protestos ganha maior relevância num momento em que a mídia hegemônica recrudesce em seus crimes. É só lembrar as três últimas atrocidades da revista Veja: a tentativa de invasão do apartamento do ex-ministro José Dirceu num hotel de Brasília; a propaganda de remédio como milagroso emagrecedor, fato já criticado pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa); e o ataque à honra do ministro Orlando Silva, do Esporte, com o uso de um “bandido”, investigado e preso, como fonte.


No caso das emissoras de TV, que são concessões públicas, os crimes são ainda mais descarados. É só lembrar recente editorial da Band destilando ódio contra os grevistas dos Correios; ou a exibição de cenas de estupro numa afiliada da Record na Paraíba; ou o merchandising em programas infantis da SBT; e até a sabotagem na TV Globo na transmissão dos jogos Pan Americanos.


Não dá mais para aceitar estas ações criminosas. A exemplo de outros países do mundo, inclusive dos EUA, é urgente a discussão e aprovação de um novo marco regulatório das comunicações no Brasil, que enfrente a crescente monopolização no setor e coíba a manipulação da informação e a deformação de valores. Do contrário, o país ficará à mercê da ditadura da mídia.
*****
Fonte:http://altamiroborges.blogspot.com/2011/10/ir-as-ruas-contra-ditadura-da-midia.html

Militantes comunistas vão às ruas contra a revista Veja

18.10.2011
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Valdecarlos Alves 


alt


Nesta terça (18) movimentos no Rio e São Paulo realizam atividades pela Semana do Dia Mundial da Democratização da Comunicação. Em São Paulo, o ponto alto será o repúdio a recentes reportagens escandalosas de Veja, como a que denunciou o Ministro do Esporte, Orlando Silva. No Rio, a maior expectativa é pela “faxina” da Globo, nesta quarta (19).

No ato da avenida Paulista, em São Paulo, os manifestantes farão um novo Tuitaço #SouOrlandoSouBrasil, em solidariedade ao ministro – mais recente vitima da Veja – e em defesa de princípios éticos e leis para a prática do jornalismo. “A mídia sem regulamentação altera a realidade, mostra apenas uma parte da história e faz o leitor acreditar no que não existe”, alegam os organizadores do ato.

Na capital fluminense, a “Fale Rio”, Frente Ampla pela Liberdade de Expressão e pelo Direito à Comunicação - Estadual do Rio de Janeiro, organizou uma agenda intensa de atividades na semana. A Frente congrega mais de 80 entidades da sociedade civil não empresarial: centrais sindicais, sindicatos, partidos, movimentos sociais, ong's, institutos, associações, entidades acadêmicas, rádios e tv's comunitárias, rádios públicas, além de ativistas e militantes de luta pela democratização da comunicação no Estado.

Nesta terça, Dia Mundial pela Democratização da Comunicação, haverá o lançamento simbólico da 'Plataforma por um novo Marco Regulatório das Comunicações no Brasil, , às 16 horas, no Buraco do Lume (Rua S. José),. Este evento também ocorrerá em outras capitais e no Distrito Federal. Será um ato político-lúdico-cultural, com música, dança, teatro, poesia e algumas falas políticas. Já na quarta (19), às 13 horas, haverá a 'faxina' na porta da TV Globo, na rua Von Martius. Iniciativa dos estudantes, que a Fale Rio decidiu apoiar.

*****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/26100-militantes-comunistas-vao-as-ruas-contra-a-revista-veja

A turma do contra

18.10.2011
Do blog CRÔNICAS DO MOTTA,17.10.11


A turma do contra, aquela que quer ver o Brasil voltar aos tempos da Casa Grande e da Senzala, insiste com a sua campanha para desmoralizar o governo Dilma. A oposição, cada vez mais desmilinguida, agora aposta suas poucas e manjadas fichas na tentativa de melar o maior evento esportivo do planeta, a Copa do Mundo de futebol.

Não tem dia em que não apareça na "grande" imprensa alguma notícia dando conta de que os problemas se acumulam, as dificuldades se amontoam e o Brasil, pobre coitado, não tem nenhuma capacidade de ser a sede dessa competição - nem da que virá em seguida, a Olimpíada do Rio.

Os gênios que guiam a turma do contra devem ter imaginado que se o país perder a Copa do Mundo a culpa toda recairá sobre a administração petista. E assim, vão sabotando, de todas as formas imagináveis, a organização do evento com as armas que têm.


Felizmente para o povo brasileiro, essas armas são de pequeno calibre. Fazem mais fumaça do que estragos verdadeiros. Funcionam por meio de uma rede de boatos travestida de jornalismo, que não para um segundo sequer de difundir fatos inexistentes e opiniões maliciosas.


Para tais aves de mau agouro, uma Copa do Mundo no Brasil servirá apenas para abastecer os bolsos dos corruptos em geral à custa do rico dinheirinho de milhões de torcedores/contribuintes que poderia ser usado para fins mais nobres - e aí eles, que nunca se importaram com isso, se lembram da necessidade de um sem número de hospitais e de escolas, de gente passando fome, da tremenda desigualdade social do país. Haja hipocrisia!


Dá nojo ver como a turma do contra atua.


Sem escrúpulos, aposta na derrota da nação como forma de escalar o poder que não consegue obter pelos meios legais.


É bom que não haja unanimidade sobre nenhuma questão. Toda oposição é bem-vinda, desde que ela não se torne inimiga das instituições e tenha um programa ideológico que vise melhorar o país e não afundá-lo numa crise de consequências funestas.


O sucesso da Copa do Mundo de 2014 não significará a redenção do Brasil, nem a solução de todos os seus problemas, e sim, como o ocorrido em outros países que a abrigaram, uma excepcional ocasião para elevar a auto-estima do povo, para alavancar investimentos, para consolidar a imagem de potência emergente aos olhos das outras nações e para irrigar a economia com bilhões de reais.


A turma do contra também sabe disso, mas cega de inveja e corroída pelo ódio e pelo preconceito, age de acordo com a sua estatura moral, pouco acima da lama das ruas.
****
Fonte:http://cronicasdomotta.blogspot.com/2011/10/turma-do-contra.html

Antônio T. , um mexicano. Os coyotes e a Polícia Federal

18.10.2011
Do blog CONVERSA AFIADA
Por Paulo Henrique Amorim

Agora é da esquerda para a direita
 
Antônio T. é motorista de taxi exclusivo de um hotel americano em Guadalajara.

- Por que você não foi trabalhar nos Estados Unidos ? , pergunto.

- Porque lá já não há mais emprego.

- Quanto ganhava um trabalhador mexicano no México em comparação com o que ganhava um mexicano nos Estados Unidos ?

- Você ganhava lá  num dia o que ganhava numa semana no México.

- E agora não vai mais gente para lá …

- Não, agora o pessoal volta de lá para ca.

- Mas, é só por causa da falta do emprego ?

- Não, é porque passaram a perseguir mais os “molhados”.

- Molhados ?

- Sim, os que entram sem papel e tem que entrar nadando pelos rios.

- E se te pegam sem papel ?

- No Arizona te metem na cadeia, seis, oito meses.

- E na Califórnia ?

- Te mandam de volta, mas não te prendem.

- Quanto cobrava o coyote para te atravessar para os Estados Unidos?

- Mil e duzentos dólares só para atravessar. Porta a porta, 1.500.

- O que é porta a porta ?

- O coyote te deixa na casa do teu parente, na casa em que você vai morar.

- E como é essa casa ?

- Moram uns dez, doze num sala e quarto.

- Você pode pagar o coyote em prestações ?

- Sim, metade antes de entrar e metade depois de um mês de trabalho.

- E se você  não pagar a segunda metade.

- Não se brinca com isso, senhor.

Chegamos ao aeroporto.

Peço para esperar com o carro o mais perto possível da porta de saída.

Diz que é proibido.

Mas, ele vê um carro da Polícia Federal estacionado, com dois policiais dentro.

Antônio T. salta. Conversa e volta logo. Apanha alguma coisa no porta-luvas, volta ao carro da Polícia e regressa com um sorriso nos lábios.

- O que você fez ?, pergunto.

- Fui agradecer.

- Como você agradeceu ?

- Com 100 pesos. 50 para cada um.

- E então ?

- Vamos estacionar onde o senhor queira.

Paulo Henrique Amorim

*****
Fonte:http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/10/18/antonio-t-um-mexicano-os-coyotes-e-a-policia-federal/

Parabéns Tricolores e Pernambucanos

18.10.2011
Do blog INFORME PE, 17.10.11
Postado por  em Esportes

Três de fevereiro de 1914. Dezesseis de outubro de 2011. Noventa e sete anos que separam o nascimento do renascimento do Santa Cruz. Foi neste domingo de muito sol no Recife que o time vermelho preto e branco e sua legião de adoradores começaram a sair das cinzas com o empate por 0×0 diante do Treze no Arruda. Pouco importa que o jogo tenha sido feio, com muitas faltas e sem gols. 

O que vale nessa hora é o coração muito mais do que os pés, o instrumento de trabalho do futebol. E coração foi o que não faltou para Tiago Cardoso, Zé Teodoro, Weslley, Nattan… Apenas alguns dos heróis que ascenderam definitivamente ao panteão de heróis corais.

*****
Fonte:http://www.informepe.com/2011/10/17/parabens-tricolores-e-pernambucanos/

MANIPULAÇÃO DA MÍDIA: Carta desabafo de uma bancária à Globo

18.10.2011
Do blog de Altamiro Borges,
Do sítio do Sindicato dos Bancários de Divinópolis e Região:

Carta à Direção Globo de Jornalismo


Sr. Carlos Henrique Schroder,


É com grande insatisfação que escrevo aqui em nome de quase 500 mil bancários existentes no Brasil.


Em primeiro lugar, gostaria de dizer que estamos indignados com o tratamento que os telejornais da Central Globo de Jornalismo, subordinada a sua Direção Geral de Jornalismo e Esportes (DGJE), estão dando a nossa greve.


Todos os dias suas reportagens altamente parciais (sempre do lado dos banqueiros, o capital de vocês) mostram nossa greve prejudicando clientes, idosos, etc. O que vocês não mostram é o quanto nós somos prejudicados o ano inteiro.


Sr. Carlos Henrique Schroder, aos 16 anos, quando entrei para a faculdade de jornalismo, eu achava que poderia mudar o mundo.


Aos 20, quando acabei a faculdade, percebi que o mundo é que havia me mudado.


Decidi ser bancária, que por sinal é uma profissão muito digna, talvez até mais digna do que aquela profissão que me fez passar quatro anos na universidade.


Sr. Carlos, nós, bancários, trabalhamos feito robôs. Em minha agência somos 24 funcionários e temos que atender em média 500 clientes por dia, em seis horas de trabalho, sendo no máximo 15 minutos para atender cada cliente, o que matematicamente torna-se uma conta impossível.


Nesses 15 minutos que temos para atender os clientes, em vez de resolver os problemas deles, temos que oferecer produtos que eles não precisam. Temos que empurrar seguros de vida a universitários; temos que vender (com muita dor no coração) títulos de capitalização e colocar cheque especial na conta de idosos que só ganham um salário mínimo. Fazemos empréstimos com juros absurdos para aposentados do INSS que não sabem nem ler. Fazemos tudo isso porque somos obrigados pela instituição capitalista que paga nosso minguado salário.


Trabalhamos de seis a oito horas contratuais fazendo tudo o que podemos para garantir o lucro da nossa empresa, sem contar as horas extras e também as horas “bestas” (fora do ponto eletrônico).


Em quantos e quantos meses já perdemos boa parte do nosso salário para pagar diferenças de caixa provocadas por dias de pico onde não conseguimos nem almoçar? Isso sem contar que só temos 15 minutos para engolir a comida e escovar os dentes!!! Em quantos e quantos dias deixamos de beber um copo de água sequer, ou mesmo deixamos de ir ao banheiro para necessidades lógicas?


Sr. Carlos, o Banco em que eu trabalho (BB) teve um lucro de mais de 6 bilhões só no primeiro semestre deste ano. O Itaú lucrou mais de 7 bilhões e o Bradesco mais de cinco.


Sr. Carlos, todo esse dinheiro daria para construir dezenas de escolas e hospitais em toda parte do nosso país, e o Sr. Tem que concordar que o Brasil é muito carente nessas áreas.


Quantos milhões de reais os bancos não gastam todos os anos com publicidade e propaganda na sua emissora? O Bom Dia Brasil tem o oferecimento do Banco do Brasil, o Jornal Nacional é patrocinado pelo Bradesco, fora os outros telejornais e os comerciais dos outros bancos que sua emissora veicula todos os dias.


Sr. Carlos, os escriturários do BB recebem R$ 1.400,00 líquidos para sustentar suas famílias. Temos um bom plano de saúde, graças a Deus, e um auxílio alimentação que dá pra abastecer uma casa, mas o Sr. Tem que concordar comigo que R$ 1.400,00 não dá pra manter o padrão que os bancários precisam para trabalhar.


Temos que nos vestir bem e ter uma boa aparência, afinal trabalhamos nas empresas que mais dão lucro no Brasil e precisamos ter uma boa apresentação.


O que nos deixa mais indignados é que seus telejornais nos mostram como vilões da sociedade, exterminadores de benefícios de velhinhos, grevistas baderneiros, como se nós não quiséssemos trabalhar,


Sr. Carlos Henrique Schroder, nós não estamos de férias, nós estamos exercendo um direito constitucional que nos foi dado; passamos em concurso público e nos classificamos entre milhares de pessoas. Acho que merecemos ganhar um pouco mais pelo que passamos todos os dias, o Sr. não acha?


Nossa greve não é só por nós, é principalmente pelos clientes. Os bancos têm estrutura suficiente para contratar mais funcionários, tirando assim o peso da carga que carregamos, pois cada um de nós trabalha por cerca de 10 pessoas que não existem. Com mais funcionários, os clientes ficarão menos tempo nas filas intermináveis e terão uma qualidade de atendimento muito melhor.


O que queremos é que seus telejornais e jornalistas prezem aquilo que de mais importante eu aprendi na universidade: a verdade e a ética jornalística.


Não deixem o capital se sobrepor aos valores éticos e à verdade nua e crua. Mostrem o que realmente acontece, não escondam nenhum dos lados.


Não acho correto mostrar apenas o lado ruim da greve, pois com toda certeza do universo, Sr. Carlos, o lado negro dessa história não é a greve, não é mesmo! A greve é nossa única chance cobrar o que nos é direito.


O Sr. sabe que a economia do país teve uma inflação considerável e nosso aumento real seria de apenas 0,56%, o que é absurdamente injusto se compararmos com o lucro que nós, funcionários, proporcionamos aos bancos de 2010 para 2011.


No governo FHC passamos 8 anos sem aumento nenhum, e a inflação cresceu a cada ano. Nosso salário estagnou.


O salário mínimo cresceu mais de 400% de 2002 a 2011, enquanto nosso salário aumenta a passos miúdos. Se continuar neste ritmo, daqui a uns anos vai valer mais à pena ganhar um salário mínimo do que trabalhar em um Banco.


Bom, Sr. Carlos, acho que já falei demais. Eu não o conheço, mas sei que o Sr. tem um currículo que muito jornalista gostaria de ter e ocupa uma posição respeitável. Quero parabenizá-lo por isso. Sei também que minha indignação não vai resolver nada e sei que seus telejornais continuarão parciais por toda vida, pois isto é política da emissora e não há o que se fazer. Mas desabafei o que estava engasgado na garganta de milhares de bancários de todo o país.


Saiba que vendo o que se passa hoje na televisão brasileira, me orgulho de ter optado por sofrer um pouco sendo bancária do que ter um pouco mais de dinheiro e não dormir à noite sendo jornalista da emissora a qual o Sr. faz parte.


Grata pela atenção,


Teresa Roberta Soares - Bancária, cidadã brasileira e cliente de banco, que apóia a greve.
******
Fonte:http://altamiroborges.blogspot.com/2011/10/carta-desabafo-de-uma-bancaria-globo.html

BLOG MOBILIDADE URBANA: Abram alas para as ambulâncias, por Tânia Passos

18.10.2011
Do blog MOBILIDADE URBANA, 17.10.11
Por Tânia Passos

Uma nova tentativa de melhorar a mobilidade urbana, via projeto de lei , propõe, dessa vez, a criação de uma faixa exclusiva preferencial para os veículos em situação de emergência a exemplo das ambulâncias.
A proposta é do vereador do Recife Dr. Rogério de Lucca. Ele justifica a medida devido a localização dos hospitais e batalhões no centro urbano. “Enfrentamos desafios de mobilidade, típicos de um grande centro urbano e como sabemos que a maioria dos hospitais, delegacias e batalhões estão localizados no centro da cidade, temos inevitavelmente engarrafamentos nas principais vias urbanas”, avaliou o vereador.
O projeto trata em seu art.2º,  que a faixa deverá ser usada livremente para o tráfego de veículos, sendo obrigatório o esvaziamento para o veículo em situação de emergência. Se aprovada, a faixa preferencial terá pintura diferenciada com sinalização específica a ser definida pela administração municipal. Essa alternativa é realidade em outras metrópoles, como Nova York, Londres, Tóquio e Paris, mas é inédita no Brasil.
Nota do blog
A criação de uma faixa preferencial para veículos de emergência não parece ser uma solução. Há alguns aspectos que devem ser levados em conta: a faixa é preferêncial, isso significa que ela poderá ser usada normalmente pelos veículos e devem oferecer passagem aos veículos em situação de emergência.
Na prática isso já acontece. Bem ou mal, há um esforço dos motoristas em dar passagem às ambulâncias. A dificuldade maior  é quando as vias estão muito engarrafadas e essa condição não mudaria com a faixa preferencial.
Há outra questão. As ruas do Recife, em sua maioria, são estreitas e até a implantação de corredores exclusivos para o transporte público passa por dificuldades. Mas não apenas isso, temos ainda que levar em conta a questão das ciclovias e dos passeios para os pedestres. Há uma cadeia de prioridades, que talvez não caiba mais uma via dedicada aos veículos de emergência, que são preferenciais na sua própria condição.

****
Fonte:http://blogs.diariodepernambuco.com.br/mobilidadeurbana/index.php/2011/10/abram-alas-para-as-ambulancias/

MÍDIA GOLPISTA AMEAÇA: José de Abreu: “Civita avisou ao PT que derrubará Dilma”

18.10.2011
Do BLOG DA CIDADANIA
Por Eduardo Guimarães

No último domingo, o ator José de Abreu, esse simpaticíssimo sessentão paulista de Santa Rita do Passa Quatro, soltou uma nota no Twitter que, desde então, vem sendo objeto de curiosidade e de intensos debates na internet devido ao teor explosivo que encerra. Abaixo, a reprodução da nota do ator. Foi capturada em seu perfil naquela rede social.
Diante da enormidade que é haver dado concreto sobre uma premissa que todos os que se interessam por política já intuíam diante do comportamento da revista Veja nos últimos tempos, sobretudo após o caso escabroso em que um repórter desse veículo tentou invadir o apartamento do ex-ministro José Dirceu em um hotel de Brasília, decidi entrevistar o autor de tão interessante informação.
Conversei com Abreu por telefone durante cerca de 40 minutos. Foi mais um bate-papo informal. Girou, basicamente, em torno da informação que o ator obteve, mas enveredou por sua visão sobre como e por que um empresário do setor de comunicação ousa mandar ao governo do país um recado dessa magnitude, em termos de arrogância.
Segundo Abreu, a informação lhe foi passada por um petista graúdo que procurou a direção da Veja logo após a tentativa de invasão do apartamento de Dirceu. O emissário não teria procurado a revista em nome do governo, mas, sim, em nome do PT.  Ainda segundo o entrevistado, essas conversas de petistas e até do governo com a mídia ocorrem institucionalmente e com freqüência.
A tal “raposa felpuda” do PT teria ponderado com a direção da Veja que precisaria haver limites, que a revista estaria passando da conta. Enfim, teria sido a tentativa de um pacto de convivência mínimo. Aliás, informação relevante do entrevistado foi a de que esse pacto até já existe e é por isso que Dilma vem sendo poupada pela mídia, apesar dos ataques ao seu governo.
A resposta veio de cima, do próprio Roberto Civita, e foi a de que não haveria acordo: a Veja pretende derrubar o governo Dilma. As razões para isso não foram explicadas, apesar de que o interlocutor de Abreu diz que o dono da Veja está enfurecido com os sucessivos governos do PT que, nos últimos 9 anos, tiraram da grande mídia montanhas de dinheiro público.
Sempre segundo o entrevistado, apesar de muitos acharem que o governo “dá dinheiro” à mídia (via publicidade oficial) apesar de ser fustigado por ela, nos últimos 9 anos a publicidade do governo federal, a compra de livros didáticos da Abril, enfim, tudo que o governo gasta com comunicação passou a pingar nos cofres midiáticos em proporção infinitamente menor do que jorrava até 2002.
De fato, de 2003 para cá esse bilhão de reais que o governo gasta oficialmente em comunicação, que até aquele ano era dividido entre 500 veículos, hoje irriga cerca de oito mil veículos, muitos deles com linha editorial totalmente inversa à dos grandes meios de comunicação que até o advento da eleição de Lula, em 2002, mamavam tranquilamente. E sozinhos.
Abreu também diz que essa coexistência de bastidores entre adversários políticos (imprensa tucana, de um lado, e PT e governos petistas de outro) se deve a um fato inegável: os políticos precisam da mídia e isso fica claro quando a gente se surpreende ao ver petistas, os mais alvejados por esses veículos, concedendo cordiais entrevistas aos seus algozes.
Particularmente, este blog não se surpreendeu com as revelações de José de Abreu. As marchas contra a corrupção, o objetivo claro de impedir o funcionamento do governo lançando matérias incessantes só contra o governo federal enquanto escândalos enormes como o das emendas dos deputados estaduais paulistas recebem espaço quase zero, mostram que a mídia pretende inviabilizar o governo Dilma Rousseff.
Mais uma vez, digo a quem não acredita: se o cavalo do golpe passar selado, a mídia monta sem pensar. E, agora, tenho até evidências concretas para fundamentar meu ponto de vista. Será, então, que o PT e o governo Dilma vão ficar sentados esperando o golpe? Querem a minha opinião? Acho que vão. Eles ainda acreditam que podem se entender com a imprensa golpista.

*****
Fonte:http://www.blogcidadania.com.br/2011/10/jose-de-abreu-%E2%80%9Ccivita-avisou-ao-pt-que-derrubara-dilma%E2%80%9D/

Dejar de fumar mejora la memoria

18.10.2011
Do site espanhol  TV BY ZURERA
Publicado por Tv by Zurera


Los que aseguran que fumar les mantiene la memoria más despierta se acaban de quedar sin argumentos para no dejar los cigarrillos. 

Un nuevo experimento realizado por la Universidad Northumbria (Reino Unido) publicado en la revista Drug and Alcohol Dependence revela que los fumadores que dejan el tabaco pasan de recordar un 59% de las tareas en un test de memoria prospectiva a acordarse del 74%. 

La memoria prospectiva nos permite formular y llevar a cabo intenciones futuras, y es un elemento clave a la hora de coordinar y controlar la mayoría de nuestras acciones cotidianas, como coger las llaves antes de salir de casa, preparar la comida, acudir a una cita o tomar determinada medicación.

En los experimentos, los científicos demostraron además que las personas que nunca han fumado obtienen en las mismas pruebas de memoria un 81% de aciertos. “Sabemos que dejar de fumar tiene beneficios sobre la salud para el cuerpo, pero este estudio muestra por primera vez que también mejora las funciones cognitivas”, explica Tom Hefernan, coautor del trabajo. El siguiente paso será estudiar si la exposición al humo de segunda mano de los llamados “fumadores pasivos” tiene efectos similares sobre el cerebro.

****
Fonte:http://tvbyzurera.blogspot.com/2011/10/dejar-de-fumar-mejora-la-memoria.html

Leitor da FOLHA, inventa "DITADURA DA CORRUPÇÃO do PT" e se cala diante da CORRUPÇÃO no Governo do Estado de São Paulo, do PSDB.

16.10.2011
Por Irineu Messias*


Um leitor  de nome  ANDRÉ COUTINHO, morador de Campinas, SP, escreveu no Painel do Leitor(17.10.11) da Folha, alegando haver atualmente uma ditadura da Corrupão comandada pelo PT. Com certeza é um reacionário de direita, anti-petista e que adora a ditadura mililar que calou vozes e impediu durante 21 anos que as instituições políticas funcionassem livremente; impedidas de exercer o seu papel de prender os criminosos que atentaram contra a vida, os direitos humanos e calaram milhares de brasileiros que sacrificaram suas vidas pelo direito de falar.

O referido leitor de forma mal intencionada e golpista, omite tudo isso no seu texto e prefere atacar o PT de está comandando uma "ditadura da corrupção" , o que é um atentado à inteligência das pessoas que analisam o que leem e vomita textos distorcidos e manipulativos que são caracteristicas do jornalismo praticado pela Folha de S. Paulo, que alias, é bom lembrar,  foi um dos  jornais  que apoiou ostensivamente  ditadura militar, e que hoje, para tentar enganar os brasileiros se diz defensor ardoroso da democracia.


Perceb-se de forma muita clara o  ranço reacionário  de direita desse leitor, certamente proviniente da elite golpista ou por ela contaminado e que acusa de forma equivocada, o PT de comandar uma  "ditadura da corrupção".

Tamanha idiotice é esta  informação,  visto que   omite de forma proposital , as muitas ações do poder  judiciário  brasileiro que tem prendido milhares de corruptos e processado criminalmente  muita gente graúda,  algo que não acontecia na ditadura militar de 64.

As instituições, diferente do  que diz o texto golpista  e manipulativo,  tem funcionando normalmente: Poder Judiciário, Legislativo e Executivo.

Poder Judiciario. Tem aplicando as leis( boas ou ruins ,perfeitas ou não) que culminam na prisão e processamento de muita gente.

Poder Legislativo. Em todas as esferas,  tem funcionando normalmente, ainda que com seus vícios crônicos que devem combatidos pelos instrumentos democráticos a serviço do povo.

Poder Executivo.Este, representado pela presidenta Dilma Roussef, eleita pela maioria do povo brasileiro. Mas é justamente isto, que a elite golpista, a mesma que apoiou e sustentou o Golpe Militar de 1964, quer de novo, "inventar  uma onda de corrupção incontrolável" para suscitar e criar condições para um outro golpe militar ou civil na nossa jovem democracia. Foi assim  que agiram contra João Goulart, em 64.

Mentiram para a sociedade brasileira, através de jornais como Folha de S. Paulo, Estadão, O Globo, etc; quando apregoavam falsamente que Goulart estava tentando implantar um estado comunista aqui no Brasil. O que foi futuramente desmentido, mas não foi desmentido o apoio que os Estados Unidos deram  ao Golpe Militar de 64.Por esta razão Paulo Henrique Amorim( www.conversaafiada.com.br) classifica boa parte da grande midia como PARTIDO DA MÍDIA GOLPISTA.
 
 Mas voltemos ao texto. Se tem uma  ditadura da corrupção, ela existe muito bem  no Governo do Estado de São Paulo. É notório  as diversas  tentativas , até agora vitoriosas, do PSDB de impedir a instalação de CPI's  para investigar  vários escândalos  e o  mais recente deles,  a farra na  compra e venda de emendas  parlamentares,  por  deputados estaduais ligados ao Governo do PSDB.

A VERDADEIRA "DITADURA DA CORRUPÇÃO"

Estranhamente o tal leitor da Folha, mesmo sendo morador de São Paulo , não escreve uma só linha sobre o mar de corrupção no qual está atolado o governo do estado de São Paulo.

Ditadura da Corrupção é o acobertamento vergonhoso que a VEJA, Estãdão, Folha de S.Paulo e outros órgaõs da grande imprensa, a maioria radicada em São Paulo   têm feito com os escândalos dos governos liderados pela oposição; uma oposição raivosa, anti-nacionalista e entreguista. Aliás a mesma que apoiou a ditadura de militar de 1964.


A mesma mídia(golpista) que promove, através de seus órgãos "as marchas contra a  corrupção" nada falam  de promover as mesmas marchas contra a corrupção nos governos do PSDB, contra os sonegadores, os que praticam a evasão de divisas e outras práticas corruptas que estão presente no setor privado. Por que?

As marchas contra a "corrupção" só visam denunciar os corruptos, mas não denunciam os corruptores, boa parte deles  grandes empresários que irrigam milhões em candidatos, que eleitos passam  a defender seus interesses escusos, aos invés dos interesses do povo brasileiro.


Em suma , o tal leitor da Folha, é um aliado incondicional da Mídia Golpista, com  uma máscará de democrata.

Clique no link e leia a materia no blgo ESQUERDOPATA:http://esquerdopata.blogspot.com/2011/10/folha-usa-leitor-para-pedir-apoio-da.html

*Irineu Messias é Editor do Blog
*****

Mais um galpão interditado

18.10.2011
Do DIÁRIO DE PERNAMBUCO
Vida Urbana



Uma extensa rede de revenda de lençóis sujos provenientes de hospitais norte-americanos está sendo desvendada. Depois das cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, foi descoberto um terceiro galpão onde o tecido oriundo de lixo hospitalar contrabandeado era preparado para a venda, desta vez na mais importante cidade do Agreste pernambucano, Caruaru. Às 17h20, munidos de um mandado de busca e apreensão, policiais e agentes da Apevisa entraram no Império de Forro de Pano, na Avenida Brasil, bairro Universitário. Na sexta e sábado, outros dois galpões da mesma empresa foram interditados. 

Em Caruaru, a porta precisou ser arrombada. Lá dentro, cerca de 10 toneladas de tecido. Parte cortada para a venda, alguns lençóis inteiros embalados para a comercialização, entulhos e sacos com tecidos. Muitos com manchas similares a sangue. Batas inteiras e recortes de tecidos que lembram uniformes hospitalares também foram encontrados. O estabelecimento foi interditado e está sendo vigiado pela Polícia Militar. O local tem 450 m2 e pode permanecer fechado por até 90 dias. Placas afixadas no local mostram que lençóis inteiros, com ou sem elástico, eram vendidos a R$ 10. Mesmo preço do quilo de diferentes tipos de forros. Império do Forro de Pano é o nome fantasia da empresa Na Intimidade.

Os técnicos da Apevisa coletaram 15,9 quilos de amostras de tecidos com 10 diferentes nomes de instituições de saúde norte-americanas. O de pelo menos um deles, Angelica, também foi identificado nos dois contêineres interceptados pela Receita Federal, no Porto de Suape, semana passada. O material será enviado para o IC para análise. Os dois computadores e alguns documentos encontrados na sala administrativa foram recolhidos pela delegada Ana Elisa Sobreira, titular da 2ª Delegacia de Caruaru. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil e irá se somar à investigação que está sendo conduzida pela Polícia Federal.

Apesar das apreensões, a delegada desconfia que pode não encontrar informações relevantes, já que há indicativos de que documentos importantes foram retirados do galpão antes da chegada da polícia. O material que estava no galpão foi suficiente para configurar crime contra a saúde pública, previsto no artigo 278 do Código Penal.

Avisado por vizinhos, o dono do galpão, Jonas Thadeu de Figueirôa Júnior, 33, foi ao local. Ele disse que a construção foi concluída há três meses e que o local foi alugado logo em seguida. Jonas afirmou não recordar o nome da pessoa que o alugou, mas há informações de que teria sido Althair Teixeira de Moura. No livro de controle do estabelecimento consta que seis pessoas trabalham lá. A funcionária com o maior salário recebe R$ 800. Eles são as pessoas mais expostas a riscos de saúde.

Reunião


Também ontem, procuradores do Ministério Público Federal (MPF), representantes da Receita Federal, da Anvisa e da Apevisa articularam a atuação de cada órgão. Após a reunião, as autoridades decidiram manter sigilo sobre o que foi decidido.

O MPF requisitou à Polícia Federal a instauração de inquérito. A procuradora da República Carolina Furtado, responsável pelo caso, informou que somente após a coleta e análise das informações relativas ao fato é que o Ministério Público poderá definir as possíveis medidas a serem adotadas. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Capibaribe também se reuniu ontem com representantes da prefeitura e Câmara Municipal. Eles criaram um comitê de combate à entrada de lixo hospitalar no município e suspenderam o alvará da empresa responsável pela importação do material. (Juliana Colares)


*****
Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/2011/10/18/vidaurbana1_0.asp

Ministro chama acusador de ladrão

18.10.2011
Do DIÁRIO DE PERNAMBUCO
Política


Orlando Silva dá explicação sobre suposto desvio de verbas públicas na pasta que administra



Comunista reage contra o PM autor das denúncias e pede investigações.
Imagem: IANO ANDRADE/CB/D.A PRESS
Com a estratégia de rebater as denúncias que atingem o Ministério do Esporte, o ministro Orlando Silva desqualificou na tarde de ontem as acusações de que teria recebido recursos desviados do principal programa da pasta, o Segundo Tempo. É a segunda vez em menos de 48 horas que o ministro vem a público para se explicar sobre o episódio. A primeira ocorreu no sábado após a publicação de reportagem com as acusações feitas pelo policial militar João Dias Ferreira. Na ocasião, o ministro estava em Guadalajara, onde participou da abertura dos Jogos Pan-Americanos.

“Repudio veementemente as falsidades publicadas na reportagem no último final de semana. É inaceitável que mentiras feitas por gente desqualificada, cuja fonte são bandidos, pessoas criminosas, possam ter a repercussão que teve”, disparou o ministro ao se referir às denúncias.

Antes de falar com a imprensa, Orlando Silva se reuniu no Palácio do Planalto com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e com o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho.

Ao longo da coletiva de imprensa, Orlando subiu o tom e chamou Ferreira de “delinquente” e “ladrão”. “Não houve, não há e nem haverá nenhuma prova falada por esse criminoso”, assegurou.

Em entrevista, Dias afirmou que Orlando propôs acordo para que o soldado não tornasse público denúncias de captação ilegal de dinheiro para o partido. A “trégua” teria sido proposta em uma reunião em março de 2008 no gabinete do ministro. “Era para eu ficar calado que ele (Orlando) teria como identificar as pessoas que fizeram os relatórios fraudulentos dentro do próprio ministério.” Foi no mesmo dia, segundo Dias, que um novo documento foi “fraudado” e outro produzido para que ele protocolasse na PM do Distrito Federal. 



O ministro nega que o ministério tenha “voltado atrás” nas denúncias feitas na Corregedoria da PM. O soldado João Dias afirma ainda que este não foi o único encontro entre ele e Orlando. O ministro teria comparecido também a eventos públicos das entidades de João Dias. 


Também acusa Orlando de ter recebido dinheiro desviado do Segundo Tempo, na garagem do ministério. O dinheiro teria sido entregue por um funcionário do PM, o motorista Célio Soares Perreira. (Erich Decat e Alana Rizzo) 
*****
Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/2011/10/18/politica7_0.asp

PTB e PT buscam preservar os espaços

18.10.2011
Do DIÁRIO DE PERNAMBUCO
Por Cláudia Elói


Presidentes dos dois partidos se reúnem e decidem realizar um mapeamento eleitoral no estado



Armando Monteiro Neto e Pedro Eugênio unem forças e garantem boa relação
entre petebistas e petistas.
Imagem: PTB/DIVULGAÇÃO
Depois de convocar o deputado estadual Izaías Regis (PTB) para disputar a prefeitura de Garanhuns, cuja candidatura está ameaçada pela presença de um candidato do PSB no município (o presidente da Amupe e prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado), o senador Armando Monteiro Neto (PTB) disse que é preciso preservar o espaço de cada um. “Deve-se garantir espaços de convivência política e democrática no interior da frente. Há espaços que são de cada um”, destacou. A “advertência” do senador foi dada ontem com a concordância do presidente estadual do PT, Pedro Eugênio. Os dois participaram de uma reunião para tentar aparar as arestas na Frente Popular.

Na polêmica envolvendo o PTB e o PSB em Garanhuns, Armando frisou que seu partido tem uma atuação tradicional no município e que não vai abrir mão de concorrer. Durante o encontro com o PT, ficou acordado que as duas legendas indicarão delegados para fazer o mapeamento sobre a situação eleitoral dos municípios. As lideranças locais terão a missão de verificar onde as duas legendas podem marchar unidas.

“Vamos buscar o entendimento. Se não for possível construir uma composição vamos para a disputa. O mundo não vai se acabar se não tiver jeito de composição”, afirmou Armando. Ao ser questionado se o PSB estaria fora do mapeamento, o senador disse que não. “Quem quiser iniciar o exercício será bem-vindo. A análise será exaustiva”, disse o petebista. Segundo seus cálculos, PT e PTB juntos contam com 120 pré-candidatos para a eleição de prefeitos.

Pedro Eugênio e Armando fizeram questão de demonstrar o entrosamento entre as duas legendas. Afirmaram que, na função de presidentes, a dupla tem a responsabilidade de conduzir com ponderação e equilíbrio o debate eleitoral. Os dois concordaram que as lideranças partidárias têm legitimidade para opinar, mas as posições nem sempre representam a visão do partido. “Entre nós não tem nenhum fogo. O diálogo é tranquilo”, afirmou Pedro Eugênio. Armando reforçou a união dos dois partidos, destacando que nos momentos de maior conflito na frente em Petrolina, com a filiação do deputado Odacy Amorim (ex-PSB), e em Serra Talhada, com o ingresso do vice-prefeito Luciano Duque (ex-PR) para o PT, ele não via nenhuma deslealdade por parte do PT. 

*****
Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/2011/10/18/politica1_0.asp