Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de abril de 2011

FHC prega desistência do povão e irrita os aliados

13.04.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO


BRASÍLIA (AE) - Artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso causou mal estar no PSDB e nos partidos de oposição e surpresa no PT e nos aliados da presidente Dilma Rousseff. O DEM e o PPS discordaram radicalmente da avaliação do ex-presidente de que a oposição deve desistir de buscar o “povão” e conquistar a classe média.Parte do artigo foi objeto de reportagem do jornal Folha de S. Paulo. A íntegra do artigo será publicada na quinta-feira. No artigo, segundo a reportagem da Folha, o ex-presidente afirma que a oposição deveria desistir de conquistar as camadas mais pobres do eleitorado e se voltar para a nova classe média, fruto do crescimento econômico dos últimos anos.

“O nosso caminho é exatamente o oposto. É aproximar o nosso discurso e nossas ações às camadas mais populares da sociedade”, afirmou o líder do DEM, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA). “Todo partido tem de ter a capacidade de criar conexão com todas as classes. É ruim fazer política excluindo o foco nessa ou naquela camada da população. Nosso desafio é outro. É tirar a oposição do discurso teórico do Congresso e levar para a prática das ruas”, completou.

Com ressalvas de que não havia lido a íntegra do artigo, o presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), afirmou: “É um equívoco. Não temos de abdicar de ninguém”. Freire avaliou que FHC foi eleito presidente em 1994 pelos setores da população de mais baixa renda e que, depois, deram a vitória ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Isso é uma rendição. Eles deram voto a Dilma, mas podem dar o voto em nós. Não estou entendendo isso (afirmações de FHC)”, disse Freire.

REAÇÃO PETISTA

O artigo surpreendeu o PT. “É um artigo desfocado, estranho. Se não dialogar com o povo, vai dialogar com quem? Parece que o ex-presidente considera que não está mais nesse mundo e se sente liberado para dizer isso”, afirmou o senador Walter Pinheiro (PT-BA). O líder petista na Câmara, Paulo Teixeira (SP), considerou que FHC dá por certo que o PT já ganhou os pobres.

“Ele entregou os pontos no debate com os pobres e começou a se preocupar com a reconquista da classe média pelo PT”, afirmou Teixeira. O líder petista também ironizou: “Ele se esqueceu da buchada de bode e está mais preocupado com o caviar“
*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-politica/631397?task=view

Falhas na BR-232 voltam a ser motivo de críticas

13.04.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO
- O governador Eduardo Campos (PSB) reacendeu a polêmica em torno do estado de conservação da BR-232, on­tem, no palco do seminário do Todos por Pernambuco, em Vitória de Santo Antão. Maior vitrine dos governos Jarbas Vasconcelos/Mendonça Filho, executada, em boa parte, com recursos da venda da Celpe, a obra já apresenta rachaduras em placas no trecho duplicado. O socialista contou que, no fim da gestão Mendonça, em 2006, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco (DER) enviou parecer à Procuradoria-geral do Estado (PGE) pedindo que as construtoras e projetistas responsáveis pela intervenção fossem processados. O que, na opinião de Eduardo, seria o reconhecimento, por parte dos adversários, de “falhas construtivas” no processo. O caso encontra-se na Justiça.

Eduardo explicou que o problema é a ausência de drenagem em alguns trechos onde ocorrem infiltrações nos períodos de chuva. As fissuras aumentam em decorrência do alto fluxo de veículos pesados. O método construtivo que foi aplicado, com uso de placas de concreto, tem validade de 30 anos, a contar da conclusão da obra. “O fato é que, com seis anos, não é para uma rodovia dessas estar com placas rachando. Isso é uma falha construtiva, inclusive admitida pela gestão que nos antecedeu”, argumentou Campos.

“Está na Justiça a briga (entre construtoras e projetistas), cada um dizendo que tem razão. Cabe ao Judiciário tomar a decisão. O que é que estamos vendo? Chegou um momento em que estamos tendo algumas áreas de risco de vida para pessoas. Decidimos agir, intervir, catalogar (em 18 pontos críticos). Tudo que for feito nesses trechos vai ser documentado, cadastrado, acompanhado pelo Tribunal de Contas e remetido à Justiça. É um problema do Executivo, sim, porque tem que corrigir”, destacou o governador. Um projeto está sendo formulado pelo Estado, e o custo estimado para os reparos é de R$ 90 milhões.

O socialista negou, entretanto, que tenha feito do problema “uma rinha política” com a oposição. “Não entrei nesse debate para não parecer que estava querendo alimentar rinha política de uma obra importante, que foi feita pelo governo que me antecedeu. Nunca fiz oposição à obra da 232. No nosso governo, completamos de Caruaru a São Caetano”, garantiu Campos, lembrando que o Estado ainda não recebeu os repasses do Dnit referentes à duplicação da rodovia - o valor gira em tor­no de R$ 90 milhões e R$ 120 milhões.

PEDÁGIO

Apesar de já ter recebido propostas de fundos de investidores e empresas que administram rodovias interessados em assumir a BR-232, o governador adiantou que não aceitará nenhuma proposição. “Nosso governo não vai fazer isso, podem ficar tranquilos. O que vamos fazer é corrigir a rodovia. Isso não quer dizer que a gente não possa fazer novas rodovias com pedágio”, explicou Eduardo, citando como exemplo uma estrada paralela à PE-60, nas proximidades de Suape.
*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-politica/631394?task=view

UM TIRO. FIM DE UM SONHO

13.04.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO

A busca por um cavalo branco fez com que a estudante da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Fernanda Patrícia Veras Mateus, de 26 anos, chegasse até a Estrada de Chã de Peroba, no bairro de Aldeia, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ela pretendia tirar fotografias para o Projeto de Conclusão do Curso de Comunicação Social/Radialismo e TV e terminou sendo vítima de um latrocínio (assalto seguido de morte), ao pedir informações para dois desconhecidos que passavam pelo local.

Fernanda estava com a amiga Lorena Maria Cavalcanti de Albuquerque, 25, que conduzia o Astra preto em que as duas estavam. Em conversa informal com policiais do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), Lorena contou que a amiga se recusou a entregar a bolsa para os criminosos, comentando que eles não estariam armados. Ao perceber que Fernanda havia sido baleada, Lorena jogou a bolsa para os assaltantes, que foram embora, e fez a volta rapidamente com o veículo. “Vim gritando e pedindo socorro com ela ferida do meu lado. Parei no meio da rua pedindo ajuda e o homem disse que não iria ajudar. Tentei ligar para o 190 e ninguém atendeu. Eu estava sozinha, no meio do mato, e se aqueles homens quisessem voltar?”, questionou Lorena.

A universitária comentou que, em 2005, ela e a amiga votaram a favor do desarmamento, quando 60% da população votou contra a proibição da venda de armas no Brasil. “Por que ainda tem gente armada? Na semana passada morreram 12 crianças no Rio de Janeiro e hoje (ontem) morreu Fernanda. Ela era diretora e atriz do nosso trabalho”, disse, emocionada, enquanto era amparada pela mãe e pelo pai, o programador Túlio Figueiredo de Albuquerque.

O pai de Lorena foi uma das primeiras pessoas a receber a notícia e seguiu imediatamente para o local do crime, onde encontrou a filha em estado de choque, e a amiga dela sem vida. “Ela era muito amiga da minha filha. As duas estudavam juntas há no mínimo quatro anos. Não sei muito sobre o trabalho que elas estavam fazendo, mas tinha a ver com uma noiva e um cavalo branco. Elas conseguiram o vestido emprestado com uma loja grande e vieram atrás do cavalo branco”, destacou o programador.

As investigações foram iniciadas pelo delegado Josedite Ferreira, plantonista na Força Tarefa Norte do DHPP, e devem ser repassadas para a Delegacia de Camaragibe. Lorena e um caseiro que trabalha na localidade prestaram depoimentos ontem. Outras testemunhas devem ser ouvidas ainda hoje. Um dos suspeitos foi descrito como um homem magro e moreno, que trajava uma camisa polo azul. A mãe da vítima não acreditou na notícia que recebeu da polícia por telefone, no final da tarde.

À noite, o delegado Josedite Ferreira voltou a entrar em contato com ela. “Infelizmente, a filha dela foi pegar informações com dois bandidos e isso (crime) terminou acontecendo. Mas a gente vai fazer de tudo para descobrir quem fez isso mais rápido possível”, afirmou, em conversa telefônica.

De acordo com a perícia preliminar, foi identificado um ferimento na região facial, ao lado direito do nariz da vítima. “O projétil ficou alojado no crânio. Tudo leva a crer que foi utilizado um revólver de calibre 38, mas apenas o laudo do IML poderá determinar isso”, destacou o perito papiloscopista Gaudêncio Aguiar.

VELÓRIO

O corpo de Fernanda começou a ser velado ontem à noite na capela central do Cemitério de Santo Amaro. O enterro está marcado para as 15h de hoje.
*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/edicao-de-hoje/631444-um-tiro-fim-de-um-sonho

Esposa confessa ter planejado com o amante a morte do seu marido, um cabo da PM

13.04.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO


Um triângulo amoroso acabou com a morte de um PM na noite de ontem (12), às margens da rodovia PE-560, no município de Passira, Agreste do Estado. O cabo Raimundo Mateus de Lucena, 47 anos, lotado no 22º BPM, na cidade de João Alfredo, foi morto a tiros com a própria arma enquanto dormia dentro do carro. A suspeita é que o crime foi planejado pela esposa da vítima que pretendia receber o dinheiro do seguro de vida para viver com seu amante.

Policias da 6ª Companhia Independente da PM (CIPM) encontraram o corpo da vítima, e quando foram informar sobre a morte do PM a sua esposa, a dona de casa Maria Aparecida de Lima Lucena, 34 anos, os PMs estranharam a frieza dela perante a notícia. Ela disse aos policiais que o marido havia passado o dia bebendo com o ex-presidiário Josinaldo Tabosa de Lima, o Tato, 26 anos, amigo do casal. Em seguida, os policiais foram até a casa dele para interrogá-lo. Josinaldo não escondeu o nervosismo e confessou o crime revelando a participação da esposa e de seu amante Aluízio Vicente da Silva Filho, o Lulinha, 26.

Todos foram levados para a Delegacia de Limoeiro. Também teriam participado da ação Lucinaldo José de Souza, 23, identificado como o atirador, e o motoqueiro Paulo Joaquim da Silva, 22, para conduzí-lo ao local do crime. A cada um deles foi prometida a quantia de R$ 2 mil que seriam pagos com o dinheiro do seguro de vida do PM e da pensão da viúva. Ela disse a polícia que sofria agressões do marido há 19 anos.

Após prestarem depoimentos, os homens foram seguiram para Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, e a mulher foi conduzida para a Colonia Penal Feminina do Recife. O corpo do cabo Raimundo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

Leia mais na edição desta quinta-feira (14) do Caderno de Polícia
Do Folha Digital, com informações de Moab Augusto, repórter de Grande Recife.
*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/noticias-geral/33-destaque-noticias/631457-esposa-pleneja-a-morte-de-seu-marido-que-era-policial-militar

Caso gaúcho expõe risco da troca de conteúdo sexual via celular; entenda o sexting

13.04.2011
Do UOL NOTÍCIAS
TECNOLOGIA
Por Ana Ikeda


Antes restrito às manchetes internacionais, os casos de sexting – quando vídeos e imagens com conteúdo sexual vazam na internet ou via celulares – crescem entre adolescentes brasileiros. Um caso recente, registrado na pequena cidade gaúcha de Bom Retiro do Sul, com cerca de 12 mil habitantes, mostra que pais e educadores devem ficar atentos ao problema, com graves consequências psicológicas para as vítimas. “Perdi minha dignidade”, resumiu a garota que aparecia no vídeo espalhado via celular pelos moradores da cidade.

  • Getty Images

    A palavra sexting é a junção de dois termos em inglês: sex (sexo) e texting (envio de mensagens)

Antes de contar sua história, no entanto, uma breve explicação sobre esse fenômeno cada vez mais comum entre os jovens. A palavra sexting é a junção de dois termos em inglês: sex (sexo) etexting (envio de mensagens). O termo – que já ganhou até definição no dicionárioresume o compartilhamento, via celular, de textos ou imagens de cunho sexual, mas passou a englobar também conteúdo exposto na internet.

Não há uma data exata de quando a “moda” entre adolescentes americanos e europeus surgiu. No Brasil, o fenômeno é recente, segundo a Safernet, ONG de defesa dos direitos humanos na internet. No entanto, tem crescido rapidamente. Uma pesquisa feita pela entidade com 2.525 crianças e adolescentes brasileiros em 2009 revelou que já naquela época 12% deles admitiram terem publicado fotos íntimas na internet (o estudo não se restringia a telefones celulares).

Enquanto existem casos em que essas imagens são publicadas sem o consentimento da vítima, há também muitos outros de adolescentes que deliberadamente se deixam filmar e fotografar. “É um comportamento de risco. O jovem acha ‘legalzinho’ e não pensa na exposição, nem nos problemas que um vídeo ou foto podem causar depois de publicados”, alerta Rodrigo Nejm, diretor de prevenção da Safernet.

Sexting é crime

Pena de reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, para quem oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente

Artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente

Caso gaúcho

Voltemos agora à história do começo desta reportagem. Na cidade gaúcha de Bom Retiro do Sul, o vídeo de dois adolescentes de 16 anos fazendo sexo foi espalhado de forma viral entre os moradores. As imagens, que tinham sido gravadas com o consentimento da garota, foram passadas pelo rapaz por celular a dois ou três amigos, como vingança após o término do namoro. Esses amigos repassaram, também por celular, a outros colegas. Até que o vídeo começou a circular na escola onde a garota era aluna e, depois, em celulares de trabalhadores das fábricas e do comércio da cidade. Em cerca de 48 horas, praticamente todos os moradores já tinham visto ou ouvido falar do vídeo de sexo entre os adolescentes.

Após o escândalo, a jovem parou de ir ao trabalho e, de acordo com o setor jurídico da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, pediu transferência para uma escola de outro município. “Não sei por que isso aconteceu comigo. Eu perdi tudo, trabalho, escola. Perdi minha dignidade”, lamentou a jovem, durante uma entrevista ao programa “Domingo Espetacular”, da TV Record. Enquanto isso, o rapaz que gravou e distribuiu o vídeo agora evita sair de casa com receio de ser reconhecido na rua.

O delegado de Bom Retiro do Sul, Rodrigo Reis, explicou ao UOL Tecnologia que o inquérito sobre o caso está quase concluído e será encaminhado ao Ministério Público. Há provas materiais contra o adolescente.

Mas, apesar de a divulgação do material por terceiros também ser um crime – são imagens pornográficas de uma menor de idade – não há como identificar e punir as demais pessoas. “É surreal querer responsabilizar a cidade toda. O que podemos fazer é identificar o núcleo, quem fez a coisa se expandir”, explica Reis.

Caso condenado, o adolescente não ficará preso -- terá como pena a prestação de serviços à comunidade, detalha Renato Opice Blum, especialista em Direito Eletrônico. Mas a família da jovem, caso queira, pode processar o rapaz por danos morais e obter indenização. Para adultos que repassarem o vídeo da menor, a pena é de três a seis anos de reclusão e multa, prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.

A pena ao adolescente soa branda, mas a punição ainda assim é importante, considera o representante da Safernet. Para Nejm, o crime cometido pelo rapaz ficará marcado para o restante da vida. “Sempre que ele procurar um emprego, constará um registro de que ele passou pelo Juizado da Infância e do Adolescente. É um constrangimento.”

Dá para evitar?

Um dos principais problemas das imagens de sexting é que elas são usadas posteriormente por sites de pedofilia. Nejm adverte que é importante os pais conversarem com seus filhos sobre não se deixarem fotografar ou filmar em cenas íntimas, mesmo por pessoas em quem confiam – namorados e namoradas. “Muitos pais se eximem da tarefa de falar sobre cidadania na internet com os filhos, dizem que não possuem o conhecimento técnico necessário”, afirma. “O que acontece é que a ‘bronca’, depois que algo ocorre, se torna vazia”, explica o especialista em direitos humanos na internet.


Educadores de plantão
“ Os adolescentes não pensam no futuro. Mas é preciso que tenham em mente que, num dia, eles também serão mães e pais, profissionais no mercado de trabalho. E a internet não esquece: é praticamente impossível controlar o destino dessas imagens, uma vez divulgadas na web”, diz o especialista da Safernet.

Além da orientação dos pais, a escola pode ajudar contra a disseminação do sexting, pois aborda dois temas importantes com os adolescentes, sexualidade e cidadania.Confira aqui as dicas de uma educadora.

Numa medida emergencial, a escola estadual de Bom Retiro do Sul onde a vítima do sexting era aluna proibiu o uso de celulares, para evitar a disseminação do vídeo.

Professores receberam orientação da 3ª Coordenadoria Regional de Educação sobre como abordar o tema com os alunos. Além disso, foram realizadas palestras dentro do eixo de cidadania do programa pedagógico com os estudantes – incluindo responsabilidade criminal e consequências legais do sexting, com auxílio do delegado Rodrigo Reis.

Os educadores podem destacar os limites de algo que acaba sendo considerado apenas “brincadeira” ou “moda” e, sobretudo, mostrar que a internet não é uma terra sem lei. Na rede, adolescentes tendem a ter um comportamento diferente do que teriam na vida real acreditando na impunidade. “A internet não é mais uma brincadeira, deve ser um lugar onde a cidadania também é exercida”, lembra Nejm.

Como denunciar

Quem encontra imagens pornográficas envolvendo menores de idade pode denunciar o crime pelo site da Safernet ou diretamente à polícia. É importante guardar os links e se possível capturas de tela dos sites para a denúncia.

****
Fonte:http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/04/13/caso-gaucho-expoe-perigos-da-troca-de-conteudo-sexual-via-celular-entenda-o-sexting.jhtm

Quem mandou Roberto Freire arrumar uma boquinha com Kassab...

12.04.2011
Do blog AMIGOS DO PRESIDENTE LULA


Quando foi demitido da vida pública pelo eleitor pernambucano, Roberto Freire (PPS/SP) fez as malas para São Paulo e arrumou uma boquinha digna de marajá como conselheiro em órgãos da prefeitura de São Paulo, na gestão Serra/Kassab.

Agora Kassab fundou o PSD e metade da bancada do PPS quer migrar rumo ao novo partido. Freire diz que vai entrar na justiça eleitoral para cassar os mandatos (a jurisprudência eleitoral diz que não é infidelidade partidária sair para fundar novo partido).

Ora, Freire está reclamando do que? Foi ele quem deu o exemplo e que iniciou o movimento do PPS em direção a Kassab.
****
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011/04/quem-mandou-roberto-freire-arrumar-uma.html

FHC dá seu testemunho de que a grande imprensa é corrupta

12.04.2011
Do blog AMIGOS DO PRESIDENTE LULA


Sobre o artigo de FHC referido na nota abaixo, tem um parágrafo onde o demo-tucano deixa escapar, sem querer, seu testemunho, do alto de quem já foi Presidente da República e teve na mão a caneta das verbas publicitárias:
Enquanto o PSDB e seus aliados persistirem em disputar com o PT influência sobre os “movimentos sociais” ou o “povão”, isto é, sobre as massas carentes e pouco informadas, falarão sozinhos. Isto porque o governo “aparelhou”, ..., além da influência que exerce na mídia com as verbas publicitárias.

O demo-tucano atirou no PT mas acertou em cheio no PIG (imprensa golpista). Ele escreve com todas as letras que as verbas publicitárias são instrumento para corromper o PIG. Mas isso só pode ser constatado em seu governo e nos governos demo-tucanos estaduais, pois desde que Lula foi eleito, o governo petista só apanha da imprensa.

FHC apenas revela seu temor - conhecedor que é da índole corrupta da imprensa corporativa - dela estar se oferecendo, à venda, para o governo Dilma, depois de levar uma sova durante 8 anos de tentativa de derrubar Lula e impedir Dilma de ganhar as eleições.

Não é novidade nenhuma para nós, mas que eu me lembre, é a primeira vez que um grão-tucano entrega seus comparsas da imprensa desta maneira tão explícita.

******
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011/04/fhc-da-seu-testemunho-de-que-grande.html

Violência sem disfarce

13.04.2011
Do site da REVISTA DO BRASIL,em 08.04.2011
Por Laurindo Lalo Filho


Se há 2.000 anos houvesse televisão comercial, com certeza as câmeras mostrariam, ao vivo, os cristãos enfrentando os animais no Coliseu. Com grande audiência

A violência é um ingrediente básico da TV, junto com o sexo. Um e outro pegam o telespectador naquilo que o ser humano tem de mais básico: a luta pela vida e pela reprodução da espécie. Semelhante a qualquer animal. A violência está presente nas novelas, nos programas de auditório e no tipo de jornalismo apresentado pela maioria dos canais. Ainda que brutais, tiros, socos e gritos são, nesses casos, embalados por algum enredo na tentativa de justificá-los.

Agora, no entanto, está no ar uma atração na qual a violência é apresentada sem disfarces: são as chamadas lutas marciais mistas, disputadas pelos contendores em pé ou no chão. É o vale-tudo de verdade, não mais as marmeladas circenses de outras épocas, nas quais pontificavam artistas como Ted Boy Marino e o Índio Paraguaio. Hoje, as disputas internacionais movimentam fortunas e as lutas são, literalmente, de vida ou morte. A UFC, principal promotora desse “esporte”, está avaliada em cerca de US$ 1 bilhão.

Lutadores viram celebridades e são vistos até em programas matinais, do tipo Ana Maria Braga. Tornam-se ídolos de jovens e adolescentes. Mas qual a virtude por eles pregada? Simplesmente a destruição física do semelhante, já que a luta pode causar lesões definitivas ou mesmo a morte. Outro dia, uma professora de ensino fundamental, na zona leste de São Paulo, conversava com os alunos sobre violência e, quase todos, pelo menos verbalmente, a condenavam. Diziam que desavenças deveriam ser resolvidas pelo diálogo, e não na pancada. Alguns, curiosamente, carregavam pastas e cadernos enfeitados com distintivos da UFC.

Apresentada como esporte, a luta banaliza a violência. Crianças e jovens assimilam e reproduzem esses comportamentos, até com certa naturalidade. Há inúmeras pesquisas que comprovam isso, como a do professor Jo Groebel, da universidade holandesa de Utrecht, patrocinada pela Unesco. O trabalho ouviu 5.000 crianças de 12 anos, em 23 países, incluindo o Brasil, e concluiu que a televisão é hoje o principal instrumento de educação em todo o mundo. Nos países pesquisados, o tempo livre das crianças, fora da escola, era ocupado majoritariamente pela TV, muito acima do gasto com lições de casa, leituras e práticas esportivas. A pesquisa mostrou também que os modelos mais admirados por crianças e jovens são os chamados “pop stars” e os heróis, como o de O Exterminador do Futuro, ídolo de 88% das crianças. Metade dos entrevistados gostaria de ser como ele.

“Em cada hora de programa exibido na televisão há entre cinco e dez ações violentas, o que faz com que um jovem aos 20 anos já tenha presenciado cerca de 25 mil mortes violentas e 200 mil atos de violência”, ressalta o pediatra Ulysses Doria Filho, do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Levantamento realizado na Alemanha, pelo Ministério da Família, registrou em uma semana 536 assassinatos exibidos pela TV, o que dá 28 mil crimes desse tipo por ano. O problema, portanto, não é só nosso. Mas em regiões mais violentas, como as áreas metropolitanas brasileiras, o efeito da TV tende a ser potencializado. Os números mencionados da televisão alemã foram obtidos depois da privatização de vários canais. Para um ex-diretor da rede pública Südwestfunk Baden-Baden, Dieter Ertel, “não foi a introdução da televisão, mas sua privatização que provocou graves consequências para a nova ordem cultural”.

A TV brasileira, desde seu início, em 1950, é quase totalmente privada e a busca desenfreada pela audiência acaba passando por cima de cuidados éticos e estéticos. Chegamos agora à violência sem disfarce. Um chute no rosto do adversário, o sangue jorra e o lutador cai desfalecido. Nada muito distante do que se via nas arenas romanas. Se há 2.000 anos houvesse televisão comercial, com certeza as câmeras mostrariam, ao vivo, os cristãos enfrentando os animais no Coliseu. Com grande audiência.
*****
Fonte:http://www.redebrasilatual.com.br/revistas/58/violencia-sem-disfarce

"Partido do povo"" de Kassab é fundado por milionários

13.04.2011
Do blog AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Anunciado como um partido que "nasce do povo", o PSD (Partido Social Democrático) é composto, basicamente, por fundadores milionários, cujos patrimônios somados ultrapassam R$ 109 milhões.A informação foi publicad0 hoje no Estado de São Paulo

A grande maioria dos parlamentares, governadores e vice-governadores que pretendem ingressar na sigla a ser criada pelo prefeito paulistano, Gilberto Kassab, possui bens acima de R$ 1 milhão, de acordo com levantamento feito pelo Estado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Hoje, na Câmara dos Deputados, haverá uma cerimônia para a assinatura da ata de fundação do PSD. A expectativa é que 30 políticos assinem o documento.

O levantamento do Estado levou em consideração os 19 parlamentares e integrantes do Executivo que participaram do ato de fundação do PSD, no dia 21 de março, em São Paulo, ou que manifestaram publicamente interesse de entrar na legenda.

Do total, apenas cinco não têm patrimônio declarado que atinge o milhão. O restante do grupo é, na maioria, composto por empresários, proprietários rurais, advogados e médicos, que possuem bens divididos em aplicações, participações em empresas, veículos e imóveis.

Em média, cada fundador do PSD tem patrimônio declarado de R$ 5,7 milhões. Acima, portanto, da média de R$ 2,9 milhões por parlamentar empossado neste ano, segundo levantamento do site Congresso em Foco.

Povo. "É um partido que nasce do povo, com o povo e para o povo brasileiro", chegou a afirmar Kassab no lançamento do PSD. Ele não definiu em que campo político estará a sigla, mas destacou o "foco social" do projeto. Já a senadora Kátia Abreu (TO), que também ingressará na nova sigla, classificou o PSD como uma legenda da "classe média".

Liderando a lista dos fundadores com maior patrimônio está o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, que pretende sair do DEM. Afif tem patrimônio declarado de R$ 49 milhões. Depois dele, um dos principais articuladores da nova legenda na Bahia, o deputado Paulo Magalhães, com patrimônio declarado de R$ 14 milhões, entre os quais 12 fazendas e uma uma aeronave de R$ 40 mil.

Sétimo parlamentar mais rico do Estado de São Paulo, com R$ 7,6 milhões declarados, o deputado Eleuses Paiva (DEM) foi um dos primeiros a anunciar a entrada no PSD. Tem uma fortuna em propriedades rurais: cinco fazendas, duas delas com valor declarado superior a R$ 1 milhão, além de sete veículos, a maioria de luxo, como uma Mercedes Benz avaliada em R$ 215 mil.

Para o cientista político Rubens Figueiredo, do Cepac (Centro de Pesquisas e Analises de Comunicação), o PSD é um partido de ideário tipicamente liberal, apesar de haver certa resistência por parte de alguns integrantes de usar esse rótulo na legenda.

De acordo com Figueiredo, isso ocorre porque o termo "liberal" é visto com desconfiança no País: "O Estado brasileiro tem uma presença muito forte na vida das pessoas. Temos uma cultura que festeja tudo aquilo que é socialista, com muitas leis".

Segundo o cientista político, o fenômeno explica a extinção de partidos que se declararam liberais, como o Partido Liberal (PL), que virou PR, e o Partido da Frente Liberal (PFL), que se tornou o DEM. "É uma vertente que, pelo menos no nome, foi se perdendo ao longo do tempo."

Sem milhão
. Mas nem todos os fundadores do PSD possuem mais de R$ 1 milhão. Presidente da CNA e considerada uma das principais porta-vozes dos ruralistas, Kátia Abreu declarou, em 2006, quando disputou a eleição para o Senado, patrimônio de R$ 437 mil. Entre os imóveis declarados por ela, estão uma chácara de 10 alqueires, dois lotes de terra, no valor de R$ 27,7 mil, e uma área em Tocantins avaliada em R$187 mil. A senadora também declarou caminhonete Ford, de 1978, no valor de R$ 7 mil.

Mas quem tem o menor patrimônio entre os novos quadros do PSD é o deputado Marcelo Aguiar (SP), que declarou R$ 1 mil em quotas empresariais. De acordo com dados da ONG Transparência Brasil, o valor é inferior ao depositado por ele em sua própria campanha de 2010, que totalizou R$ 4,5 mil.

PARTIDO RICO

Patrimônio de alguns dos fundados do PSD, declarado ao TSE nas eleições de 2010

Guilherme Afif Domingos, vice-governador de SP

R$ 49,2 milhões

Paulo Magalhães, deputado (DEM-BA)

R$ 14 milhões

Eleuses Paiva, suplente de deputado (DEM-SP)

R$ 7,6 milhões

Gilberto Kassab, prefeito (DEM-SP)

R$ 5,1 milhões (2008)

Robinson Faria, vice-governador (PMN-RN)

R$ 3,7 milhões
*****
Fonte:http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011/04/partido-do-povo-de-kassab-e-fundado-por.html

Edmar ganha cargo de vice-presidência em estatal em MG

13.04.2011
Do blog ESQUERDOPATA


Casebre do elemento

O ex-deputado federal Edmar Moreira (PR-MG), que ficou conhecido por um castelo avaliado em R$ 25 milhões que pertence a familiares, foi nomeado vice-presidente de uma estatal do governo mineiro.

Moreira, que recebe R$ 11 mil, ocupa o cargo desde o dia 4 na MGI (Minas Gerais Participações), empresa de direito privado que tem o governo como acionista majoritário.

Entre outras funções, a estatal participa de empresas consideradas promissoras para o desenvolvimento estadual.

O ex-deputado, que não foi encontrado pela reportagem ontem, trabalha na Cidade Administrativa, complexo onde despacha o governador Antonio Anastasia (PSDB).
******
Fonte:http://esquerdopata.blogspot.com/2011/04/deputado-do-castelo-e-rejeitado-pelo.html

FHC não gosta do povão!

13.04.2011
Do BLOG DA DILMA

CHARGE DO BESSINHA

*****

Oposição em crise: FHC quer o subtucanismo sem povo!

12/04/2011
Do blog de Rodrigo Vianna, ESCREVINHADOR
Por Rodrigo Vianna


Em algum momento, lá pelo fim do segundo mandato de Lula, quando o presidente operário bateu em níveis inacreditáveis de popularidade, FHC foi tomado pelo pânico. Escreveu, então, um artigo (acho que no “Estadão”) qualificando o lulismo de “subperonismo”.

Quem conhece a Argentina e o Brasil sabe que no país vizinho Perón é uma presença ainda hoje dominante na política. Curioso: os argentinos desmontaram o Estado criado por Perón (e o autor do desmonte foi, esse sim, um subperonista – Carlos Menem, homem de costeletas largas e pensamentos curtos), mas o peronismo persiste como referência quase mítica no discurso político.

Nós, brasileiros, somos mais pragmáticos. Aqui, Vargas praticamente sumiu do imaginário popular. Mas sobrevive no Estado brasileiro – que FHC tentou desmontar. Vocês se lembram? Em 94, pouco antes de assumir a presidência, o tucano disse que uma das tarefas no Brasil era “enterrar a era Vargas”. Não conseguiu. Vargas sobrevive no BNDES, na Previdência Social, no salário-mínimo, na Petrobrás, nos sindicatos. O Brasil moderno foi construído sobre os alicerces deixados por Vargas. FHC gostaria de tê-los dinamitado.

Agora, o ex-presidente tucano reaparece. Não para tentar desqualificar o lulismo. Mas para lançar um alerta. Ele teme que as “oposições” se percam ”no burburinho [êpa, cuidado Stanley!!!] das maledicências diárias sem chegar aos ouvidos do povo“…. E pede que os tucanos deixem pra lá essa história de falar com o povão, e concentrem-se nas classes médias.

Literalmente, em artigo que acaba de ser publicado, o ex-presidente afirma:

“Enquanto o PSDB e seus aliados persistirem em disputar com o PT influência sobre os “movimentos sociais” ou o “povão”, isto é, sobre as massas carentes e pouco informadas, falarão sozinhos. Isto porque o governo “aparelhou”, cooptou com benesses e recursos as principais centrais sindicais e os movimentos organizados da sociedade civil e dispõe de mecanismos de concessão de benesses às massas carentes mais eficazes do que a palavra dos oposicionistas, além da influência que exerce na mídia com as verbas publicitárias.”

FHC lança, assim, as bases do “subtucanismo”.

Em algum momento, quando ainda estava no poder, ele havia dito: “esqueçam o que escrevi”. Agora, escreve: “esqueçam o povão”.

Mas o subtucanismo de FHC não deve ser desprezado. Ele parte de uma constatação real, concreta. A de que a oposição (que se refugiou no discurso moralista da classe média) pode perder também esse quinhão. O ex-presidente e ex-sociólogo afirma que a tarefa da oposição é de uma “complexidade crescente a partir dos primeiros passos do governo Dilma que, com estilo até agora contrastante com o do antecessor, pode envolver parte das classes médias.”

Aqui nesse blog, ainda nas primeiras semanas de governo Dilma, escrevi um pequeno texto, intitulado “PT rumo ao centro e oposição na UTI”. Duvido que FHC tenha se rebaixado, e lido o subjornalismo que aqui praticamos. Mas, curiosamente, era mais ou menos isso que eu afirmava naquele post:

É um movimento claro: Lula já ocupara a esquerda e a centro-esquerda; agora, o projeto petista expande-se alguns graus mais – rumo ao centro! Isso sufoca a direita e a oposição.

Minha subanálise, baseada em subobservações dos primeiros movimentos de Dilma, avançava um pouco mais:

Lula e Dilma jogam de tabelinha. Ele mantém apoio forte entre a “esquerda tradicional”, e também entre sindicalistas e movimentos sociais, além do povão deserdado que vê em Lula um novo “pai dos pobres”. Ela joga para a classe média urbana e pragmática que – em parte – preferiu Marina no primeiro turno de 2010. Dilma, com essas ações, deixa muita gente confusa e irritada na esquerda. Mas reconheça-se: é estratégia inteligente.
*****
Fonte:http://www.rodrigovianna.com.br/palavra-minha/fhc-quer-o-subtucanismo-sem-povo.html

UM MEIO OU UMA DESCULPA

13.04.2011
Postado por Irineu Messias
(Por Roberto Shinyashiki)


“Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar
feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia
e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.
Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.

Não se compare à maioria, pois, infelizmente, ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial,
terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

O mundo não está nem aí, se você está cansado ou triste, ele não pára.
E quem vive lamentando ou reclamando da vida nunca vai conseguir chegar a lugar nenhum.
A realização de um sonho depende de dedicação.

Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão,
e a ilusão não tira ninguém de onde está.

Na verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois...
Quem quer fazer alguma coisa, encontra UM MEIO.

Quem não quer fazer nada, encontra UMA DESCULPA.

E isso Vale pra tudo na Vida"
******
Fonte: De uma amiga, enviado por email.