quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Humberto é o novo líder do PT

12.01.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO
Por Renata Bezerra de Melo e Manoel Guimarães

Pernambucano foi escolhido por unanimidade entre os 15 senadores da sigla

Desde o fim da campanha eleitoral de 2010, o nome do senador eleito Humberto Costa (PT) vinha sendo levantado, em reuniões da bancada, como opção para liderança petista na Casa Alta. Ontem, com o consenso já construído, os senadores do PT elegeram, por unanimidade, o parlamentar pernambucano líder do grupo. O resultado saiu após encontro de cerca de três horas, em Brasília, realizado na liderança do partido no Senado. Do total de 15 senadores petistas eleitos, 12 estavam presentes e, mes­mo os ausentes, consentiram em favor do ex-ministro da Saúde, segundo informações da assessoria de Imprensa de Humberto.

A unidade em torno do seu nome servirá como carta na manga para a primeira tarefa a ser desempenhada por Humberto no papel de líder: “definir a participação dos petistas nas comissões permanentes e formar um bloco com outros partidos para que possamos ter força maior na sustentação do Governo”, realçou ele à Folha, por telefone. Após ba­ter o martelo na liderança, o PT vai se debruçar, agora, sobre as negociações para indicar o vice-presidente da Casa Alta, cargo hoje ocupado pela oposição. Na manhã de hoje, Humberto conduzirá reuniões com setores da sigla para tratar do assunto. Segunda maior bancada eleita em outubro, os petistas têm o direito de ser o segundo partido a escolher uma vaga na Mesa Diretora - o primeiro é o PMDB, maior bancada.

Até o dia 27, Humberto espera ter consolidado um consenso interno sobre o espaço do PT a ser ocupado na Mesa Diretora. Há dois petistas dispostos a tentar a vice-presidência: o ex-ministro da Previdência, José Pimentel (CE), e a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (SP). “Vamos tentar construir o consenso. Por outro lado, também precisamos definir as presidências das comissões”, pontua o pernambucano, já carregado de atribuições e com retorno ao Recife previsto para a noite de hoje.

Na condição de líder, ele não pode ocupar presidência de comissão. No entanto, como os demais senadores petistas, pela proporcionalidade, dispõe da prerrogativa de ter assento em três colegiados. Em suas prioridades, o ex-ministro já anotou interesse em: Assuntos Econômicos (CAE), Assuntos Sociais (CAS), Serviços de Infraestrutura (CI) e Desenvolvimento Regional (CDR).

Pensando no que vai pautar as discussões do PT ao longo da nova Legislatura, Humberto adiantou já ter acertado um seminário com o presidente do PT, José Eduardo Dutra, visando a traçar uma plataforma de temas prioritários a serem incorporados pela bancada. Nas previsões: salário mínimo, pré-sal, reformas política e tributária.

O governador Eduardo Campos (PSB) desejou sorte a Humberto e considerou o papel da liderança importante para o êxito do Governo Dilma Rousseff. “Todos acompanharam o grande desafio que o presidente Lula teve no Senado, uma Casa bastante complicada, onde sempre a maioria foi muito curta. O que eu puder fazer para ajudá-lo nessa tarefa, enquanto presidente do PSB, é pedir aos senadores do PSB que ajudem”.
*****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-politica/614103-humberto-e-o-novo-lider-do-pt

Livre acesso para as praias

09.01.2011
Do DIARIO DE PERNAMBUCO
Caderno VIDA URBANA

Uma praia particular. Um privilégios de poucos. Essa visão ainda recorrente no litoral brasileiro, não deve mais fazer parte da realidade da costa pernambucana. A nova lei de gerenciamento costeiro determina que o poder público assegure o livre acesso às praias e ao mar, por serem bens públicos, de uso comum, ressalvando-se os trechos protegidos por legislação específica.


Andreza Coelho costuma ir ao Paiva sem problemas. Foto: Blenda Souto Maior/DP/D.A Press
A Praia do Paiva, um dos mais recentes empreendimentos particulares com condomínios fechados, oferece o privilégio de se ter uma praia no quintal da casa, mas conforme determina a legislação, há acesso aos visitantes. Pelo menos para quem vai a pé. A estudante Andreza Coelho, 18 anos, mora em Barra de Jangada e costuma atravessar a pé a ponte para desfrutar da tranquilidade da Praia do Paiva, ainda praticamente deserta. Embora o entorno seja gradeado, há um acesso disponível.

´Sempre venho aqui e nunca tive problemas. Mas não tem lugar para estacionar e por esse motivo muitos deixam de aproveitar esse paraíso`, disse a estudante. De fato, logo após a ponte do Paiva, o único acesso viário é para quem segue em direção ao município do Cabo de Santo Agostinho. No local onde ficam os condomínios fechados não há espaço para estacionar veículos.

A legislação prevê um acesso com largura mínima de quatro metros e a distância de um acesso a outro não dever ser superior a 250 metros. No caso da Praia do Paiva, como não há acesso para os carros, não houve como verificar se os intervalos dos espaços estão sendo cumpridos.

Gerenciamento

A lei de gerenciamento costeiro, sancionada pelo governador Eduardo Campo, no final de 2010, dá mais um salto no arbouço de legislações na área ambiental, que inclui também a Lei de Resíduos Sólidos, de Mudanças Climáticas, de Combate à Desertificação e a nova lei de licenciamento ambiental.

´Há toda uma lógica nessa junção de leis. O estado enfrenta hoje dois grandes problemas ambientais: a desertificação que atinge 90% do estado e a erosão marinha. Essas leis estabelecem planos de ações, fóruns setoriais e linhas de pesquisa`, afirmou o secretário executivo de Meio Ambiente, Hélvio Polito.
****
Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br/2011/01/09/urbana5_1.asp

Pernambuco terá seu Rodoanel ligando Litoral Norte ao Sul

12.01.2011
Do BLOG DE JAMILDO
Postado por Daniel Guedes

Transporte
Foto e texto: Daniel Guedes/Blog de Jamildo

AO VIVO Isaltino foi entrevistado por mais de uma hora no estúdio do JC Online

Pernambuco terá nos próximos quatro anos um cinturão ligando o Litoral Norte ao Litoral Sul garantindo que os motoristas evitem pontos de estrangulamento. A ideia é tirar o transporte de cargas da BR-101, que hoje encontra-se saturada. Será uma espécie de Rodoanel, via inaugurada para tentar desafogar o trânsito no Estado de São Paulo.

O projeto do Arco Metropolitano, como foi batizada a via, já foi apresentado ao governador Eduardo Campos (PSB). A via terá cerca de 100 quilômetros de extensão e irá do Complexo Portuário e Industrial de Suape, em Ipojuca, Litoral Sul, até Igarassu, no Litoral Norte. A obra está orçada em R$ 1,5 bilhão.

"O governador pretende fazer um equilíbrio entre os polos Norte e Sul", explicou o secretário de Transportes de Pernambuco, Isaltino Nascimento (PT).

Depois da sáida dos presídios de Itamaracá, prevista para os próximos oito meses, o Governo do Estado construirá uma segunda ponte para facilitar o acesso à ilha.

De acordo com o secretário, está havendo um debate no governo para se definir o modelo de administração da via. Uma parceria público-privada (PPP) não está descartada.

FREEWAY - Por falar em PPP, há outra obra nos planos do secretário e esta, diferentemente da anterior, já tem um modelo de gestão definido. Será uma parceria público-privada. Trata-se de uma freeway (rodovia de acesso limitado) que sai da fábrica da Caninha 51, no Cabo de Santo Agostinho, e vai até a praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca. Há possibilidade de levar a estrada até o Estado de Alagoas. O secretário de Governo, Maurício Rands (PT), está em negociação com o governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB).

Veja outros trechos da entrevista:

BR-423 - O secretário Isaltino Nascimento anunciou que o governo federal liberou nesta quarta-feira (12) R$ 28,804 milhões para a elaboração do projeto de duplicação da BR-423, de São Caetano a Garanhuns. A obra está orçada em R$ 300 milhões.

ARENA DA COPA - À Secretaria de Transportes cabe a duplicação da BR-408, que dá acesso à Arena da Copa, em Igarassu, na Região Metropolitana. A promessa é concluí-la até abril de 2012, prazo limite para que o Estado receba a Copa das Confederações, em 2013. A novidade é que a rodovia terá um viaduto de acesso à área dos jogos.

TERMINAIS RODOVIÁRIOS - Isaltino reconheceu a precariedade dos terminais rodoviários, inclusive do TIP, no Recife, que é gerido por uma empresa privada. Ele afirmou que há algumas possibilidades para a gestão dos 60 terminais do Estado: é possível conceder a gestão a uma empresa privada; pode-se fazer um pool de municípios e autorizá-los a delegar a administração a terceiros; pode haver repasse de recursos aos municípios para que eles mesmos administrem os terminais. Em relação ao TIP, ele prometeu fazer uma visita surpresa ao local para avaliar as denúncias que são feitas. Ele prometeu inclusve padronizar os serviços de sinalização no Estado para que não haja mais casos de pessoas que se perdem para chegar ao terminal mais importante do Estado. Isaltino afirmou que não há como garantir a iluminação das imediações do TIP agora, mas que o problema será resolvido com a duplicação da BR-408.

BURACOS - Para facilitar a detecção de buracos nas rodovias e a solução do problema, Isaltino disse que toda a execução de obras ficará sob responsabilidade direta do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Hoje isso é responsabilidade dos oito distritos rodoviários.

SITE - Finalmente será possível saber os horários de ônibus que saem e chegam ao TIP e os preços das passagens. Nos próximos cem dias o secretário anunciará quando entra no ar o site com essas informações essenciais.

JOÃO DA COSTA - Isaltino acredita que para que o prefeito do Recife, João da Costa (PT), aumentar sua popularidade que, segundo pesquisa do Instituto Datafolha, anda em baixa, é preciso que melhore a comunicação de sua gestão. "Uma coisa importante para o homem público é a comunicação. É preciso aprimorar este link entre o que está sendo feito e o que a população sabe. O processo de comunicação precisa ser otimizado e aprimorado", afirmou.

CIDADES - A perda da Secretaria das Cidades para o PSB não representa, de acordo com Isaltino, uma perda para o PT Estadual. Neste novo governo, a legenda ficou com a Secretaria de Governo, a Secretaria de Cultura e a Secretaria de Transportes. "Acho que ganhamos para o fortalecimento do partido", afirmou.
*****
Fonte:http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2011/01/12/pernambuco_tera_seu_rodoanel_ligando_litoral_norte_ao_sul_89026.php

Isaltino Nascimento despede-se do Blog de Jamildo

11.01.2011
Do BLOG DE JAMILDO
Por Isaltino Nascimento

Até breve


As pessoas não podem fazer escolhas reais, em qualquer área de suas vidas, se não estiverem bem informadas. Isso vale para a esfera da política, do local de trabalho, da educação, da vida civil ou qualquer outra. A menos que tenhamos informações apropriadas e precisas, não podemos exercer plenamente nossos direitos e liberdades.

É neste sentido que a liberdade de informação é um fundamento e também um dos princípios essenciais da democracia, pois sem ela nenhum de nossos outros direitos humanos é completo.

Faço a ressalva para destacar a importância de existirem em nossa sociedade espaços como o Blog de Jamildo, do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), no qual tive a honra de figurar como articulista semanal nos últimos quatro anos, publicando artigos às terças-feiras.

Aqui tive oportunidade de expor minhas ideias, as do meu partido, do governo que integro, bem como compartilhar o espaço com outros articulistas e de interagir com os leitores do blog, na concordância e na dicordância de ideais e idéias, como é salutar para o debate democrático.

Assim, sito-me honrado e lisongeado pela oportunidade que tive como colaborador, posto ao qual infelizmente terei de abdicar em função dos novos desafios que assumi à frente da Secretaria de Transportes do Governo de Pernambuco.

Agradeço ao jornalista Jamildo Melo, editor do Blog, e a sua equipe de colaboradores, como também ao presidente do SJCC, João Carlos Paes Mendonça, por quem nutro grande apreço e admiração. Também aos leitores que corroboraram com nossos pontos de vista e aos que apresentaram contraditórios com suas críticas e posicionamentos diferenciados sobre os assuntos aqui tratados.

Ressalto que esta não é uma despedida e sim um até breve, visto que estarei à disposição do Blog e do SJCC para qualquer informação pertinente à área de Transportes, a qual passo a me dedicar integralmente esperando atender aos anseios dos pernambucanos e às expectativas do governador Eduardo Campos.

Garanto dedicar-me diuturnamente, no âmbito da pasta, e contribuir com o trabalho exitoso que vem sendo desempenhado no Estado, somando esforços no sentido de pavimentar um novo caminho para os pernambucanos. A todos um ano de paz, de felicidade, de trabalho, no rumo do futuro.

Isaltino Nascimento (www.twitter.com/isaltinopt), deputado estadual licenciado, é secretário de Transportes de Pernambuco.

PS do Blog: Lamentamos o afastamento temporário do nobre deputado petista, da área de opiniões do blog, em função do desafio que assumiu nesta segunda gestão Eduardo Campos. Nós vamos ficar aqui torcendo por uma boa atuação na pasta de transportes, em benefício de todos os pernambucanos, com a certeza de que Isaltino vai desencumbir-se das funções com o mesmo zelo e dedicação que vem demonstrando no mandato de deputado estadual, até aqui. Um feliz e venturoso 2011, amigo! E boas defesas... como bom goleiro que é!
****
Fonte:www.blogdejamildo.com.br

O ministro de Pernambuco

12.01.2011
Do JORNAL DO COMMÉRCIO
Caderno OPINIÃO

O ministro Fernando Bezerra Coelho assumiu o maior desafio de sua carreira pública ao ser empossado na pasta da Integração Nacional. Sua experiência como gestor público, por três vezes prefeito de Petrolina, e como secretário de Desenvolvimento Econômico, na primeira gestão do governador Eduardo Campos, quando trabalhou para atrair a implantação de uma siderúrgica e uma fábrica de automóveis para o Estado, o coloca em condições de ser importante elo entre Pernambuco e o governo da presidente Dilma Rousseff na viabilização de projetos vitais para o Estado e a região. Sob sua responsabilidade estão duas maiores obras estruturadoras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Nordeste – a Transposição do Rio São Francisco e sua integração com as bacias hidrográficas do Nordeste Setentrional e a Ferrovia Transnordestina.

Nascido e criado no Sertão do São Francisco, Bezerra Coelho sabe o exato valor que a água tem para o nordestino e sua subsistência. Ao longo de sua vida, pôde presenciar o contraste existente na região, que o seu tio e senador Nilo Coelho ajudou a transformar na Califórnia brasileira, com o início da implantação do Projeto Bebedouro, há exatos 50 anos. Se nas margens do rio há a fartura, a possibilidade de vida próspera e abundante, alguns quilômetros adiante a miséria se instala na caatinga castigada pelo sol e pelo árido chão rachado. Daí uma das primeiras medidas anunciadas como ministro ter sido a criação da Secretaria de Irrigação.

Com acerto, Bezerra Coelho estabeleceu como prioridade o estímulo à agricultura irrigada. Foi ela quem mudou a paisagem e deu novo impulso econômico ao Semiárido nordestino, onde vivem 22 milhões de brasileiros. As obras de infraestrutura hídrica e de irrigação contempladas no PAC 1 e PAC 2 alcançam R$ 14 bilhões e podem significar a universalização do acesso à água. Nas últimas décadas, o Vale do São Francisco tornou-se o exportador de frutas (uva, manga, melão, acerola, goiaba) destinadas ao mercado europeu, além de prosperar como nova fronteira da vitivinicultura, com reconhecimento internacional, principalmente para seus espumantes. Em 2009, eram mais de 120 mil hectares irrigados, gerando 240 mil empregos diretos. Há ainda uma imensidão de terras e famílias esperando pelas águas da transposição.

Um dos primeiros convênios que o ministro deve assinar é o do Perímetro Irrigado do Pontal do São Francisco, no valor de R$ 240 milhões, com o qual se inaugura um modelo de gestão, através de parceria público-privada (PPP). Bezerra Coelho tem como meta implantar outros projetos, como o Baixio de Irecê, o Projeto Salitre, o Canal do Sertão Alagoano, a Adutora do Agreste e o Canal do Sertão Pernambucano. “A agricultura irrigada é a atividade econômica que mais gera emprego por dinheiro aplicado – mais que a indústria automobilística, mais que a indústria têxtil, mais que a petroquímica”, disse o ministro em sua posse, prestigiada por governadores do Nordeste.

O ministro demonstra ter visão ampla da pasta ao afirmar a necessidade de fortalecer a Agência de Desenvolvimento do Nordeste (Adene, antiga Sudene) e a Agência de Desenvolvimento da Amazônia (ADA, antiga Sudam) e a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), dando nova dimensão aos organismos para que sejam voltados aos programas de transferência de renda. Mas a política do governo deve ter foco no investimento, na criação de oportunidades de emprego e renda para que o Brasil se desenvolva e aos poucos elimine os programas compensatórios de erradicação da pobreza.

Para viabilizar os projetos, Bezerra Coelho pretende firmar contratos com o Banco Mundial e estimular políticas de financiamento pelo Banco do Nordeste e pelo Banco do Brasil. Dispõe ainda dos Fundos Constitucionais de Financiamento para promover o desenvolvimento de atividades produtivas nos setores agropecuário, mineral, industrial, agroindustrial, turístico, comercial e de serviços.

Todo este esforço requer ainda que se invista na infraestrutura de transporte, na qual a Transnordestina terá papel preponderante. A malha rodoviária da região também exigirá empenho político e parcerias com outros ministérios para sua recuperação, pois em alguns trechos encontra-se perigosa e quase intransitável, elevando o custo do transporte, e o São Francisco de uma vez por todas precisa se tornar uma importante via hidrográfica de escoamento da produção do interior de Minas Gerais à sua foz no Atlântico.
****
Fonte:http://jc3.uol.com.br/jornal/2011/01/12/not_407731.php

Um vice discreto, mas nem tanto

Qua, 12 de Janeiro de 2011
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Valdecarlos Alves

O socialista Milton Coelho é um homem de missão. Prefeito em exercício, chega a última semana de sua interinidade após licença médica de João da Costa. O petista assume a PCR na próxima segunda-feira depois de um longo período afastado para cuidar da saúde. Homem de confiança do governador Eduardo Campos, Milton agrada a gregos e troianos pelo estilo reservado e fiel nas tarefas delegadas e executadas com sucesso. Conseguiu nesses últimos três meses dar um dinamismo até então não visto na administração municipal, surpreendendo até mesmo alguns petistas, o que lhe garantiu elogios de aliados. Apesar de não ter inaugurado obras importantes em atraso desde o início da gestão, Milton colocou em prática ações importantes para o Recife e que precisavam de uma postura mais corajosa e ousada por parte da gestão.

Lançou o plano de requalificação do centro da cidade com a retirada de camelôs das ruas Sete de Setembro e Hospício, acendeu as luzes do elogiado Ciclo Natalino 2010 e anunciou um pacote milionário de investimentos na ordem de R$ 646 milhões. Milton coordenou a campanha de Eduardo e foi responsável pela aliança de 15 partidos que resultou na reeleição do governador com a maior votação proporcional do país. “O prefeito (João da Costa) terá agora que mostrar serviço. Milton conseguiu dinamizar em menos de três meses, coisas que não andavam”, disse um governista. O PSB está atento e pode dar as cartas em 2012.

EMPETUR 1 - Tão logo soube da multa aplicada pelo TCE, pelo caso de shows fantasmas em Pernambuco, Silvio Costa Filho divulgou nota afirmando que irá recorrer. O ex-secretário terá que pagar R$ 6 mil, valor máximo para casos considerados de omissão.

EMPETUR 2 - O ex-presidente da Empetur, José Ricardo Diniz, teve pena mantida ontem pelo TCE. Ele terá que pagar R$ 12 mil de multa, de acordo com o parecer do órgão.O ex-gestor também disse que vai recorrer. O show deve continuar.

Bomba - Se para muitos, a era Jarbas foi marcada pela explosão da violência e dos sequestros relâmpagos, para outros, o governo Eduardo Campos (PSB)­­­ ­também peca na segurança. Apesar de vangloriar a queda da criminalidade com o Pacto pela Vida, a gestão do socialista não conseguiu conter a “moda do momento”: as explosões de caixas eletrônicos na RMR. Um prato cheio para a oposição.

No páreo - O socialista Milton Coelho já não ocupa sozinho a fama de inimigo de celular. A sua correligionária, a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Laura Gomes, também não é chegada a atender ligações.

Indigesto - Apesar de aliado do PT, o PSB não vê com bons olhos o nome de Marco Maia para a Pre­si­dência da Câmara. De acordo com um socialista em reserva, o deputado petista não agrega e todos sonham com outra indicação.

Partilha - Uma operação antichamas tentou conter o mal-estar com o PMDB. Michel Temer e Palocci se reuniram para por fim ao clima pesado na escolha de nomes para o segundo escalão. A ordem agora é conversar.

Líder - Humberto Costa será o novo líder do PT no Senado e se concentra neste momento na eleição da Mesa. O pernambucano aguarda a indicação do PMDB para a presidência e diz que o PT deve ter dois nomes para na briga pela 1ª vice-presidência. Marta Suplicy (SP) e José Pimentel (CE) estão no páreo. Humberto avisa que tudo estará definido até o próximo dia 27.

Cutuque - A cada palavra do presidente da Transnordestina, Tufi Daher Filho, em evento em Sal­gueiro, Eduardo Campos cu­tucava o ministro Fer­nando Bezerra Coelho. Um gesto meigo que pode ser revertido em verbas.

Estilo - A presidente Dilma Rousseff terá no próximo dia 14 a sua primeira reunião ministerial. Por enquanto, a petista segue no ritmo de ajustes e reuniões internas com ministros, lideranças e assessores.
****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/16156?task=view

DROGAS, DÍVIDA E UMA INOCENTE ASSASSINADA

12.01.2011
Da FOLHA DE PERNAMBUCO


Um crime covarde e que chocou moradores da Vila Miguel Arraes, no bairro de Porto de Madeira, no Recife. Uma aposentada de 65 anos foi executada com nove tiros dentro do barraco que morava. A vítima foi Maria Pereira Braga de Lima. De acordo com investigações iniciais da polícia, a idosa deixou nove filhos. Uma filha, que não teve o nome revelado, é suspeita de ser usuária e ter envolvimento com o tráfico de drogas. A principal hipótese é que a aposentada morreu por acerto de contas pelos traficantes.

“A filha tinha dívidas de drogas com a boca de fumo. Parentes relataram que a idosa pegava parte do dinheiro da aposentadoria para quitar o débito com os traficantes e evitar que a filha fosse assassinada. No lugar da parente foi ela”, relatou o cabo do 11º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Amiel Silva de Alcântara. O corpo foi encontrado por familiares da vítima por volta das 7h20 de ontem, porém eles acreditam que os disparos aconteceram às 23h da última segunda-feira. A vizinhança não ajuda a polícia no trabalho investigativo e a idosa morava só no barraco.

A autoria e a quantidade de envolvidos no crime ainda é um mistério para a polícia, apesar de o delegado de plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Alfredo Jorge, revelar que tem o nome de um suspeito, que foi mantido em sigilo. O que os policiais sabem é que, no final da noite, uma pessoa bateu na porta da idosa e a chamou pelo nome. A vítima foi até a entrada do barraco vestida com a camisola de dormir, quando foi surpreendida pelos disparos. Ela chegou a tentar fugir, mas tombou sem vida no terraço. Embaixo do corpo, foram recolhidas sete pedras de crack prontas para consumo.

A perícia do Instituto de Criminalística (IC) apontou que, num dos braços da vítima, há seis lesões feitas por disparos de arma de fogo. Outras três perfurações foram feitas no rosto, tórax e ombro da idosa. Uma execução sumária. No barraco, não há indícios de arrombamento na porta, o que reforça que o autor é conhecida da aposentada. E não foi encontrado estojos de munição, o que sugere que as armas utilizadas para o crime podem ter sido revólveres. Próximo a entrada, havia marcas de sangue que demonstravam a tamanha violência cometida e não foram identificadas marcas de tiros nas paredes.

Parentes da idosa, bastante abalados com a morte, preferiram não conversar com a Imprensa. Para Alfredo Jorge, todos os indícios levam a crer que o crime é um acerto de contas. “Procede essa informação da filha ser usuária de drogas e que tinha dívidas no tráfico. Encontramos as pedras de crack, mas isso não significa que a droga seja da vítima. Os bandidos podem ter plantado o material para despistar o foco das investigações. A idosa era uma pessoa querida na comunidade. Temos o nome de um suspeito, mas não vamos revelar para não atrapalhar nosso trabalho”, declarou. O caso será investigado pela 5º Delegacia de Homicídios da Capital.
****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/edicao-de-hoje/613999-drogas-divida-e-uma-inocente-assassinada

Collor diz que maior erro foi não se aproximar do Congresso

12.01.2011
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Valdecarlos Alves

O ex-presidente do Brasil Fernando Collor de Mello (1990-1992) disse, em entrevista à Globo News, que seu maior erro quando ocupou o cargo foi de não se aproximar do Congresso. "Este foi o ponto fundamental para que o 'golpe parlamentar' pudesse ser efetivado", disse o atual senador de Alagoas pelo PTB. Afastado da Presidência em 1992, Collor foi julgado pelo Senado por acusações de corrupção. Ele renunciou ao mandato antes do início do julgamento, mas a sessão teve continuidade e Collor foi condenado à perda do cargo e a uma inabilitação política de oito anos.

O atual senador afirmou que não pensa em concorrer à Presidência novamente, assim como não pensava em voltar à política após renunciar e ser julgado pelo Senado em 1992, deixando em aberto a hipótese. "Eu penso em exercer meu mandato de senador. Eu sou mais para o Executivo do que para o Legislativo, mas acabei me encontrando aqui no Senado e estou gostando muito", disse ele.
****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/16152-collor-diz-que-maior-erro-foi-nao-se-aproximar-do-congresso-

Heloisa Villela: Passou no Wal Mart, comprou munição e matou gente

12 de janeiro de 2011
Do blog de Luiz Carlos Azenha
Por Heloisa Villela


Loucura?

Em meio a toda essa sandice, mais uma de tantas explosões aparentemente gratuitas de violência neste país, as perguntas e tentativas de explicação voltam à tona. São sempre as mesmas, recicladas ou não como novidade. E tudo sempre se resume a uma análise “aprofundada” do sujeito da ação. O cara é desequilibrado, tem problemas mentais, ninguém tomou providência a tempo, etc, etc. Quantas vezes já ouvimos tudo isso?

Pois é, cansa e parece farsa na quarta ou quinta vez. E fica ainda mais evidente que talvez o blá, blá, blá da mídia sirva apenas para calar a verdadeira discussão que esse país aqui se recusa a travar. São várias, na minha muito modesta opinião. E não passa disso: opinião mesmo, de quem mora há mais de 20 anos aqui, não tem curso de psicologia nem de sociologia. Mas ainda assim, são coisas que me martelam a cabeça.

O rapaz do Arizona comprou uma arma, sem problemas, na loja “Sportsman’s Warehouse”, em novembro. Poucas horas antes de matar seis pessoas, entrou em um Wal Mart (esses hipermercados populares) e comprou munição. No táxi, com toda tranquilidade, ele foi para o estacionamento do mercado Safeway, onde acontecia o pequeno comício, ou corpo-a-corpo da deputada Gabrielle Giffords.

Agora, paramos aqui e juntamos: armas acessíveis, munição à vontade e políticos, em geral, cada vez mais odiados pela população. O que acontece com o debate político nesse país? Nada, porque ele não envolve a população. Nas eleições presidenciais, quando um número maior de eleitores participa, o índice de comparecimento fica ali pelos 50%. Ou seja, metade da população não se interessa em sair de casa para votar. Não se sente representada, talvez, por nenhum dos dois partidos majoritários.

Mais recentemente, a decepção com a classe política se aprofundou. A crise financeira, o socorro aos bancos e o total desinteresse pela situação dos que perderam suas casas porque não podiam mais pagar a prestação irritou muita gente. Em seguida, veio a discussão da reforma da saúde, acalorada, lotada de distorções e mentiras.

O presidente Barack Obama foi eleito numa onda de esperança que mobilizou um bocado de gente. Em seguida, foi uma ducha de água fria. Muita gente se sentiu traída porque ele não atacou os problemas com o vigor que se esperava. Não estou dizendo que o sujeito lá do Arizona decidiu matar uma meia dúzia porque estava irritado com o governo. O que me parece é que existe um descolamento total da política, que não diz nada para a vida do cidadão comum, hoje em um clima tenso, de desesperança.

Ao mesmo tempo, o espaço do debate político foi tomado por uma retórica vazia, de acusações falsas e promoção do ódio aos imigrantes, às minorias… O xerife do condado do Arizona, onde aconteceu o massacre, diz que esse discurso político deve ter influenciado o rapaz. Quanto ao acesso às armas, foi mais radical: “Talvez agora eles exijam que todo bebê mantenha uma Uzi no berço”. Alguém, por aqui, ainda pensa.

O Departamento de Segurança Interna, há dois anos, produziu um estudo mostrando que havia um acirramento dos grupos de ódio e de direita radical, alimentado, entre outras coisas, pela eleição de um presidente negro pela primeira vez na história do país. O estudo alertava para a possibilidade de atos isolados e perigosos. Mas o documento foi engavetado depois que os republicanos berraram, especialmente o agora presidente da Câmara, John Boehner, dizendo que não passava de propaganda do governo Obama.

E, mais uma vez, o governo Obama se calou diante da oposição…
****
Fonte:http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/heloisa-villela-passou-no-wal-mart-comprou-municao-e-matou-gente.html

Italianos são pura "passione" por Pernambuco. Mais um grupo de turistas chega ao Estado

Qua, 12 de Janeiro de 2011
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Valdecarlos Alves

Mais um grupo de italianos deve desembarcar no Recife nesta quinta-feira (13). Eles são passageiros do quarto voo charter de Milão (Itália) para a temporada de verão na capital pernambucana. A operação teve início no dia 23 de dezembro de 2009, com o primeiro grupo de europeus. Até o próximo mês, Pernambuco deve receber nove voos charters direto da Itália. São esperados 1.350 passageiros, o que representa um incremento de R$ 8 mi na economia (incluindo gastos dos turistas com passeios, compras, alimentação e hospedagem).

Nos últimos anos, a Itália consolidou-se como um dos principais mercados emissores de turistas estrangeiros para Pernambuco. Atualmente é o segundo emissor de turistas europeus para o Estado. Operado pela companhia Air Italy, o voo Milão-Salvador-Recife é comercializado pela operadora italiana Just Brazil.
****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/16164-italianos-e-pura-qpassioneq-por-pernambuco-mais-um-grupo-de-turistas-chega-ao-estado

Eduardo Campos deseja "boa sorte" a Humberto Costa

Ter, 11 de Janeiro de 2011 Itálico
Do BLOG DA FOLHA
Postado por Jairo Lima

O governador Eduardo Campos(PSB) tomou conhecimento da confirmação do senador Humberto Costa como novo líder do PT no Senado e desejou "boa sorte" ao petista. "É uma tarefa muito importante e muito difícil. Acompanhamos como foi difícil a administração do Senado para o ex-presidente Lula dentro do seu Governo. É uma coisa muito complicada", disse Campos.

Como presidente nacional do PSB, Eduardo Campos garantiu que os socialista darão retaguarda e apoio. "Toda a bancada do PSB, o partido, terá a função de ajudá-lo nessa nova missão", avisou.

Humberto Costa, ex-ministro da Saúde, foi escolhido em reunião da bancada petista, em Brasília, por consenso. No encontro também esteve presente o presidente nacional do partido, José Eduardo Dutra. A primeira tarefa de Humberto no cargo será comandar as negociações com os demais partidos em torno das vagas da Mesa Diretora e das comissões permanentes. Na nova legislatura, o PT terá 15 senadores, será a segunda maior bancada da Casa. A expectativa do partido é PT ocupar a vice-presidência da Mesa. O nome ainda não está definido.

"Estaremos do lado de Humberto Costa, será muito importante para governabilidade da presidente Dilma Rousseff (PT) e também será muito importante para Pernambuco", analisou Campos
****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/16148-eduardo-campos-deseja-qboa-sorteq-a-humberto-costa

Ator global apoiou Dilma e vai fazer campanhas para o governo

12 de Janeiro de 2011
Por Valdecarlos Alves

Ele foi um dos maiores entusiastas da candidatura de Dilma Rousseff e rasgou vários elogios à petista no período de campanha da petista. E não deu outra: o ator José de Abreu, 64, vai ajudar agora o governo a desenvolver campanhas institucionais para o Ministério da Saúde. O artista contratado da Rede Globo foi convidado pelo ministro Alexandre Padilha, que conheceu há seis meses, durante a campanha da presidente.

O ator trabalhou informalmente na eleição de Dilma, e chegou a ser chamado de "papagaio de pirata", por aparecer atrás dela na festa em que sua vitória foi comemorada, em Brasília. Abreu garantiu que não receberá nada por sua nova função no ministério. "Quando ganhamos a eleição, disse que não queria cargo remunerado. Posso, no máximo, fazer um comercial como ator, como faz a Fernanda Montenegro ou o Marcos Palmeira, e neste caso cobrar cachê simbólico." O ator não é filiado ao PT, mas diz que pretende ingressar formalmente no partido em março. É isso aí.


****
Fonte:http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/16158-ator-global-que-apoiou-dilma-fara-campanhas-para-o-governo