segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Descubra quem é a primeira mulher a presidir o DER

02.01.2011
Do BLOG DE JAMILDO

O Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER), subordinado à Secretaria de Transportes, vai ter pela primeira vez, uma mulher assumindo a presidência. Eryka Luna, 37, assume o cargo hoje à tarde. Ela é Engenharia Civil pela Universidade de Pernambuco (UPE) e diz não ter nenhuma filiação partidária. "Estou muito lisonjeada por ser a primeira mulher a assumir o posto", comenta.

Eryka ocupava o técnico de diretora de técnica na Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), onde entrou em 2007 como gerente. Ela assumiu a diretoria no ano seguinte.

O cargo da engenheira foi alvo do interesse do ex-secretário das Cidades, Dilson Peixoto. No entanto, a obrigatoriedade do diploma de Engenharia retirou qualquer possibilidade para Dilson.

A nova presidente do DER disse que soube da escolha pela imprensa. "Isaltino tinha tentado falar comigo, mas eu só tive acesso à informação pela imprensa". Eryka estava em Buenos Aires, capital da Argentina, quando tomou conhecimento da notícia. "O DER é fundamental para o desenvolvimento da infraestrutura do Estado e do País", diz.

Ela diz que já está se inteirando com a equipe do DER. Ainda não se sabe quem vai ocupar o cargo de Eriyka na Cehab. Por conta do cargo na Cehab, a engenheira já havia feito algumas parcerias com o DER, como no caso das obras da Perimetral, orçadas em R$ 350 milhões. Desse montante, R$ 70 milhões já foram licitados.

Antes de assumir a Cehab, a engenheira trabalhava na iniciativa privada.
****
Fonte:http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2011/01/03/descubra_quem_e_a_primeira_mulher_a_presidir_o_der_88064.php

Eduardo vai às ruas com a equipe

03.01.2011
FOLHA DE PERNAMBUCO
ARTHUR CUNHA
GOVERNADOR empossou, na tarde de ontem, 28 dos 30 secretários que atuarão neste segundo mandato

Ato inicial da nova gestão será lançamento de escola técnica em Camaragibe.

Um dia após empossar 28 dos 30 secretários estaduais, o governador Eduardo Campos (PSB) já colocará os auxiliares para trabalhar logo cedo. Às 9h, acompanhado de todo seu primeiro escalão, o socialista assinará a ordem de serviço para construção da Escola Técnica Estadual Alcides Nascimento Lins, em Camaragibe. Ontem, Eduardo prometeu trabalhar de domingo a domingo para ampliar as conquistas de Pernambuco. Reconheceu tratar-se de um novo governo e não do quinto ano da mesma gestão. Também cobrou empenho dos secretários ao dizer que muitos do campo político em que militam gostariam de estar nos postos para os quais eles tomaram posse. Ainda exaltou o modelo de gestão do Estado, cuja experiência será umas das copiadas pelo Governo Dilma Rousseff (PT).

“Inicamos, hoje, neste domingo de um sol belíssimo, uma nova etapa, que será uma etapa bonita, tenho certeza. Uma etapa de expectativas sobre o nosso trabalho, de novos desafios. Todos nós temos consciência que essa tarefa é fazer ainda melhor. Somos representantes de uma luta que veio de muito longe e que vai ainda muito longe. Estamos aqui representando toda uma história libertária do nosso povo; estamos aqui representando a vida de muitos que doaram a própria vida para que pudéssemos estar aqui”, destacou Eduardo Campos, agradecendo a confiança e a disposição de cada secretário. “Sei que cada um aqui tem consciência que muitos da nossa base gostariam de estar assumindo as funções que os senhores ocupam”, enfatizou.

O governador também justificou suas cobranças. “Os senhores terão de mim o exemplo, a disciplina, a capacidade de colaborar. E também a capacidade de cobrar em nome do povo. Como faço nas nossas reuniões de monitoramentos, me expresso como qualquer cidadão deste Estado se expressa nas ruas. Cobro com essa veemência para que nós pudéssemos ter, como tivemos, a extraordinária alegria de ver essa obra coletiva de governo ser aprovada pela expressão do povo. Estou muito mais animado do que estava no primeiro dia do nosso primeiro mandato porque tenho a consciência de que a experiência que vivemos será uma extraordinária companheira”, sublinhou.

Sinalizando o interesse de manter as parcerias com Dilma, Eduardo pediu que os secretários aproveitem “todas as oportunidades que a Nação nos oferece” para transformar a economia do Estado. Em seguida, pontuou que os auxiliares têm consciência desse direcionamento porque, ou já integravam a equipe, ou atuavam em parceria com o Governo. Eleito pelo Instituto Datafolha o melhor gestor do País, Campos exaltou seu modelo de gestão, revelando que, a exemplo dele, Dilma instalará um núcleo de gestão “para levar ao serviço público exatamente as medidas que trouxemos”. Segundo o socialista, o modelo “ajudou na qualidade dos gastos, a poder cumprir os objetivos e legar conquistas à população”.

Na solenidade de ontem, o governador anunciou que o ex-secretário de Cultura, escritor Ariano Suassuna, assumiu a chefia da Assessoria Especial, que tem status de secretaria. Campos disse que o rodízio no comando das pastas foi para que a equipe tivesse a noção de que se trata de um “novo governo”.
****
Fonte:http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-politica/612373?task=view

Dilma quer popularizar internet, diz Paulo Bernardo

03.01.2011
Do BLOG DE JAMILDO e Agência Estado


Ligadíssima em novas tecnologias, a presidente Dilma Rousseff quer massificar o acesso à internet. A oferta de serviços de banda larga a preços populares, o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), é o que ela chama de “xodó 2.0”. O primeiro xodó é o programa Luz Para Todos.

“Ela acha que isso poderá, num prazo razoavelmente curto, significar um aumento muito grande da produtividade do trabalho, melhor aproveitamento da estudantada na escola, melhor desempenho dos professores, as empresas serão altamente beneficiadas”, diz Paulo Bernardo, em entrevista ao Estado.

Bernardo, que hoje toma posse no Ministério das Comunicações, foi incumbido de mapear, na indústria nacional, quem é capaz de fornecer equipamentos para o setor de informática e comunicações. Dilma quer que a nova classe média possa comprar tablets a prestação. Medidas de incentivo na forma de crédito e tributação favorecidos poderão ser adotadas.

"A Dilma falou assim: ‘chama os produtores nacionais de computador e faz uma negociação com eles para fornecer tablets com preço mais popular’. Preço popular seria R$ 400, R$ 500, algo que a prestação caiba no bolso", contou Bernardo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
****
Fonte:http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2011/01/03/dilma_quer_popularizar_internet_diz_paulo_bernardo_88083.php

Ministério quer repatriar pesquisadores brasileiros, diz Mercadante

03/01/2011
Carolina Pimentel
Repórter da Agência Brasil

Brasília
- O novo ministro da Ciência e Tecnologia, Alozio Mercadante, afirmou hoje (3) que estuda transformar a Financiadora Estudos e Projetos (Finep), agência de fomento, em uma instituição financeira de projetos científicos.

Segundo Mercadante, a ideia agrada a presidenta Dilma Rousseff, mas ainda “será estudada com cuidado”. De acordo com ele, já existe um parecer favorável do Banco Central sobre a mudança, que está sendo analisado. “Como instituição financeira, ela vai ter muito mais eficácia e eficiência para poder financiar pesquisa e inovação, a exemplo do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social], pois você não depende de recursos orçamentários. É uma mudança que precisa ser muito bem estudada.”

Entre outras metas do novo ministro estão a formação de cientistas e uma política para repatriação de pesquisadores brasileiros que estão fora do país, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, além da regulamentação da área nuclear e desenvolvimento de mecanismos para prevenção de desastres naturais, em parceria com o Ministério da Integração Nacional.

Outro projeto que terá atenção é o de banda larga que pretende levar internet em alta velocidade a escolas públicas e rurais. Para Mercadante, a inclusão digital é uma das maneiras de pôr fim às desigualdades sociais. “Não resolveremos o nosso ainda grande apartheid social sem resolver o perverso apartheid digital que priva a maior parte dos nossos alunos e professores do acesso ao século 21”, disse em seu discurso na transmissão de cargo hoje (3).

Mercadante afirmou que irá se reunir com a presidenta Dilma Rousseff e deve anunciar amanhã (4) nomes de sua equipe, que segundo ele, será formada por profissionais de “grande excelência e competência técnica”.

Edição: Talita Cavalcante
****
Fonte:http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_56_groupId=19523&_56_articleId=3154969

SÃO PAULO: índice de mortes em acidentes nas estradas quase dobra no Ano-Novo

03.01.2011
Vinicius Konchinski
Repórter da Agência Brasil

São Paulo
– Os quatro dias de feriado prolongado de Ano-Novo foram violentos em estradas do estado de São Paulo. De acordo com balanço divulgado hoje (3) pela Secretaria de Transportes paulista, o índice de mortos em acidentes nas rodovias subiu 92,4% nesse fim de ano na comparação com o índice do ano anterior.

O índice de mortos é calculado com base no número total de vítimas, na extensão das rodovias e na quantidade de veículos que passam pelas estradas diariamente. Em 2009/2010, o índice foi de 1,09 e em 2010/2011, ficou em 2,09.

Segundo a secretaria, 40 pessoas morreram em acidentes nas rodovias de São Paulo do dia 30 de dezembro até ontem (2). Em um mesmo acidente, em Araras, uma colisão frontal entre veículos matou sete pessoas. Outras duas batidas, em Guaratinguetá e Cerqueira César, com três mortes cada uma.

Ao todo, foram registrados 1.109 acidentes durante o feriado. Eles deixaram 673 feridos. A secretaria informou que o índice de acidentes subiu 11,4% e o de feridos, 14,7%.

Edição: Juliana Andrade
****
Fonte:http://agenciabrasil.ebc.com.br/home;jsessionid=3CBDACAB1506273ED6D2DB03287613C5?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-4&p_p_col_pos=3&p_p_col_count=8&_56_groupId=19523&_56_articleId=3154753