sexta-feira, 22 de maio de 2009

MACIEL, GUERRA E JARBAS, "OS TRÊS MOSQUETEIROS"


A recente instalação da CPI da Petrobrás,contou com o apoio incondicional dos três senadores de Pernambuco, Marcos Maciel, Sérgio Guerra e Jarbas Vasconcelos. Tal como na famosa lenda dos três mosqueteiros, os três se uniram, não para defender uma boa causa, mas contra o interesse do estado que eles mesmos representam no Senado Federal.

Todos nós sabemos que, quando se inicia uma CPI não se sabe quando termina. E esta CPI da Petrobrás, como alertou o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Fernando Bezerra Coelho,vai atrasar as obras da Refinaria Abreu e Lima que tantos investimentos vai trazer para Pernambuco.Além disso, milhares de postos de trabalho poderão ser perdidos para os pernambucanos, neste momento de crise econômica mundial em que os empregos estão cada vez mais escassos.

A atitude lamentável desses três senhores, demonstram que, vale tudo para fazer uma oposição mesquinha, inclusive para prejudicar não só os interesses de seu próprio estado, bem como uma empresa de dimensão internacional como é a Petrobrás. Se existe algum tipo de irregularidade, estão aí os órgãos competentes para averigua-las: TCU,Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e mesmo o próprio Congresso Nacional, através de audiências públicas, seja na Câmara Federal ou mesmo próprio no Senado Federal.

Infelizmente, os "três mosqueteiros", empunharam suas "espadas" contra os vilões errados: o Estado de Pernambuco(a quem deveriam defender), e a nossa gloriosa Petrobrás ,orgulho de todos nós brasileiros.

Em 2010, os pernambucanos saberão nas urnas, dar o devido troco eleitoral a estes três senhores, cassando pelo voto, ao menos dois deles: Maciel e Guerra. O outro, se candidato a governador, Sr. Jarbas, receba nas ruas o repúdio de todos os pernambucanos, que já poderia iniciar-se agora.
IRINEU MESSIAS