sexta-feira, 25 de maio de 2018

Moro diz que Lula também tirou fotos com tucanos; seria inveja?

25.05.2018
Do BLOG DO ESMAEL


Para justificar suas badalações ao lado do ex-prefake de São Paulo, João Doria, além das fotos com Aécio Neves e outros tucanos de alta plumagem, o juiz Sérgio Moro afirmou que Lula também já foi fotografado com políticos do PSDB. Essa foi a resposta dada pelo magistrado que condenou Lula sem provas ao pedido de suspeição feito pela defesa do ex-presidente.

Mas Moro esquece que a natureza de seu cargo é bem diferente da presidência da República que foi exercida por Lula por oito anos. Era de se esperar que o presidente mantivesse relações republicanas e participasse de eventos com os governantes das outra esferas e de todos os partidos. Muito deferente da postura esperada, e determinada por lei, para os juízes, que não deveriam confraternizar com as partes ou com interessados diretos por seus julgamentos.
Ou seria pura e simples inveja do magistrado que extrapola o seu papel e quer ser “estrela”, “herói nacional” e passa a agir com motivação política?
Em despacho negando o pedido de suspeição, Moro afirmou que uma fotografia em evento social “nada significa além de que as pessoas ali presentes tiraram uma fotografia”. Moro negou estar apoiando Doria, mas o ex-prefake usou as fotos para se auto promover.
“Noite especial aqui em NY ao lado de duas pessoas que admiro: ex-prefeito de NY, Mike Bloomberg e o Juiz Sergio Moro, homenageados no “Person of the Year Awards” (Personalidade do Ano), prêmio que também tive a honra de receber no ano passado”, escreveu Dória em suas redes sociais ao publicar as fotos.
Apesar da negativa, Moro reconheceu que “seria de fato melhor para qualquer juiz evitar fotos com quaisquer agentes políticos, independentemente de seu mérito”. Então, porque ele não se declarou impedido de julgar Lula?
Com informações do Yahoo.
******
Fonte:https://www.esmaelmorais.com.br/2018/05/moro-diz-que-lula-tambem-tirou-fotos-com-tucanos-seria-inveja/

Ministério da Justiça oficia postos de combustíveis e supermercados por preços abusivos

25.05.2018
Do BLOG DO VICENTE, 24.05.18
Por Vicente Nunes

Em mais um dia de caos no país, o Ministro da Justiça, Torquato Jardim, encaminhou ofício à Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes e à Associação Brasileira de Supermercados recomendando que as instituições aconselhem seus associados a não praticar preços abusivos em decorrência da falta de produtos, ocasionada pela paralisação dos caminhoneiros.

Segundo o ministro, além de ser crime contra a economia popular, o aumento abusivo de preços viola o Código de Defesa do Consumidor (CDC), em seu artigo 39, V, X. No Distrito Federal, mais de 70% dos postos estão sem combustíveis. Nos supermercados, há limitação para a compra de produtos, como ocorria em períodos de hiperinflação. 
Torquato Jardim também encaminhou memorando à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), pedindo que atue na coordenação dos órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, especialmente Procons, Delegacias do Consumidor e membros do Ministério Público estaduais, para que fiscalizem e reprimam as práticas abusivas.
A Senacon disponibilizou o canal eletrônico do Ministério da Justiça para os consumidores que quiserem denunciar abusos de preços. Basta entrar em http://protocoloeletronico.mj.gov.br, se cadastrar e deixar sua reclamação. O Ministério da Justiça recomenda aos consumidores que não se acanhem em denunciar os abusos.
Clima de apreensão
Dentro do governo, o clima é de grande apreensão. Depois de uma quinta-feira (24/05) de intensas negociações, a expectativa é de que o Palácio do Planalto e os caminhoneiros cheguem a um acordo. A situação do país é tão complicada, que escolas suspenderam aulas, empresas estão dispensando desempregados, mercadorias estão sendo perdidas. Para a economia, que ainda está em processo de recuperação, isso é um baque.
Dentro do governo, se reconhece que o impacto da greve dos caminhoneiros decorre da opção do governo pelo transporte rodoviário. Apesar de todas as promessas, nunca foram levadas adiante as promessas de construção de rodovias e hidrovias. Uma enorme falta de visão.
******
Fonte:http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/ministerio-da-justica-oficia-postos-de-combustiveis-e-supermercados-por-precos-abusivos/

SABOTAGEM JURÍDICA CONTRA LULA: Ao negar suspeição, Moro torna-se suspeitíssimo

25.05.2018
Do portal BRASIL247
Por JEFERSON MIOLA*


Sérgio Moro abusou da arrogância, do cinismo e da ironia para negar seu pedido de afastamento, por suspeição, do julgamento da ação penal do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia.

A defesa do Lula entende que é evidente a intimidade do Moro com os tucanos, a tribo político-partidária diretamente interessada em prejudicar Lula, para não dizer aniquilá-lo, inclusive fisicamente.

Na visão dos advogados do Lula, essa intimidade, retratada em animadas fotografias, “é incompatível com a imparcialidade e a independência que se esperam de quem deverá julgar esta causa criminal”.

Em Nova Iorque, onde participou de glamoroso [e brega] evento promovido pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, os afilhados de Carlos Zucolotto Júnior[1], o nobiliário casal Rosângela e Sergio Moro, pousaram para fotografia com “o casal” João Dória Júnior, um tucano que faz do ódio ao Lula sua verdadeira razão de ser.

Segundo o UOL, “o magistrado afirma ainda que ‘pessoas tiram fotos em eventos públicos’ e que é possível encontrar na internet dezenas de fotos de Lula com ‘políticos oposicionistas’, mas que isso não significaria que, ‘por conta da foto, eram ou se tornaram aliados políticos’. Ele inclui, em seguida, um link de busca para a frase ‘fotos de Lula com Aécio Neves’, que retorna uma série de imagens dos políticos lado a lado”.

O UOL dá vazão a Moro, que “também argumenta que é possível encontrar fotos de Lula com ‘políticos atualmente presos, o que não significa necessariamente que são cúmplices na atividade criminal específica’. O magistrado então inclui um link de busca para a frase ‘fotos de Lula com Geddel’, que dá como resultado algumas imagens do ex-presidente ao lado de Geddel Vieira Lima, preso na Papuda, em Brasília, desde o dia 8 de setembro de 2017”.

Como se vê, o soberano não deixou de fazer associações capciosas e caiu em evidente contradição. Ele, Moro, invocou equiparação de papel público com o exercido por Lula, um assumido e notório agente político, para justificar sua suposta – porém inexistente – naturalidade em ser fotografado com seus [do Moro] companheiros partidários.

A contradição do raciocínio arrogante, cínico e irônico do Moro é que Lula é um agente político, ao passo que Moro é – ao menos formalmente – um juiz; ou alguém que, pelo menos, deveria curvar-se ao recato da magistratura estipulado na Lei da Magistratura, no Código de Ética da Magistratura, no Código de Processo Penal e nas normas do Conselho Nacional de Justiça.

Como político, como dirigente partidário e, em especial, como presidente da República, é plenamente justificável que Lula tenha se reunido e eventualmente tenha sido fotografado com políticos de todas as matizes ideológicas. O “político” Moro, curiosamente, por coincidência só é fotografado com a tucanalha ou com personagens da direita.

Afinal, se as lideranças do mundo inteiro se acotovelavam para fazer fotografias com “o cara”, como Obama se referia a Lula, porque inclusive os canalhas do bando do Moro – do seu PSDB e dos partidos integrantes da bandidagem golpista – haveriam de recusar uma fotografia com Lula?

Moro, como juiz, deveria se render à exigência elementar do recato da magistratura. Se quiser brilhar como celebridade na arena política, Moro deve retirar a toga que lhe outorga o poder de fabricar a brutal farsa contra Lula, e se assumir na arena política.

Para isso, Moro não precisa muito. Ele já traja o uniforme para desempenhar com êxito absoluto este papel: plumagem, bico, empáfia, cinismo, ódio e smoking.

A soberba, outra vez, derrubou Moro, e deu razão à defesa do Lula, que teve facilitado o trabalho de demonstrar porque Moro é totalmente suspeito para julgá-lo.

[1] Carlos Zucolotto Júnior, amigo íntimo, frequentador de show do Fagner, padrinho de casamento de Rosângela e Sérgio Moro e ex-sócio da Srª Moro, foi denunciado por Rodrigo Tacla Duran por pedir 5 milhões de dólares de propina para intermediar negociação de delação premiada em termos favoráveis. Zucolotto citou como avalista da proposta de propina alguém que atende pela sigla DD – na Lava Jato, ao que se sabe, a única pessoa que corresponde à sigla DD é Deltan Dallagnol.

* JEFERSON MIOLA. Integrante do Instituto de Debates, Estudos e Alternativas de Porto Alegre (Idea), foi coordenador-executivo do 5º Fórum Social Mundial
*****
Fonte:https://www.brasil247.com/pt/colunistas/jefersonmiola/356123/Ao-negar-suspei%C3%A7%C3%A3o-Moro-torna-se-suspeit%C3%ADssimo.htm?utm_source=social_monitor&utm_medium=widget_vertical

PT vai à Justiça contra privatização - por dentro - da Petrobras!

25.05.2018
Do blog CONVERSA AFIADA,24.05.18
Por Paulo Henrique Amorim

Pimenta: Parente é o 3º imperador do Brasil!

Sem Título-9.jpg


O líder do PT na Câmara dos Deputados,  Paulo Pimenta (PT-RS), pediu a demissão de Pedro Parente e anunciou que a bancada do PT irá acionar a Justiça para anular as alterações no estatuto da Petrobras que, na prática, privatizam por dentro a companhia e a colocam sob controle de suas concorrentes multinacionais.

Em seu pronunciamento na tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (24), Pimenta explicou que ogoverno golpista de Michel Temer inseriu uma cláusula no estatuto da Petrobras que obriga que a empresa seja ressarcida pelo erário público sempre que houver razão para qualquer política de preços de combustíveis que contrarie a lógica de lucro máximo do mercado, em detrimento da sociedade e da economia nacional.

O líder petista expôs as alterações feitas no estatuto social da estatal “para se proteger de interferências do governo”, mas lembrou que “o governo é o controlador da empresa e, portanto, não existe interferência, mas o exercício das prerrogativas de controle”. Além disso, Pimenta denunciou as indicações de executivos de concorrentes internacionais da Petrobras para o seu conselho de administração, como é o caso de José Alberto de Paula Torres, um dos mais importantes executivos da Shell, há 27 anos nesta companhia.

O papel de Pedro Parente foi muito criticado por Pimenta, que comparou o funcionário a um novo imperador do Brasil. “Alguém me dizia hoje que no Brasil nós tivemos Pedro I, Pedro II e agora Pedro Parente, o terceiro imperador do Brasil, para quem o governo golpista entregou a Petrobras. E todos nós sabemos que Pedro Parente veio do mercado, também, como representante de uma consultoria das grandes petroleiras internacionais”, ressaltou o líder, que questionou os parlamentares presentes a respeito do golpe de 2016.

A pergunta que eu faço especialmente aos tucanos, de onde ele é oriundo: qual a relação disso com o afastamento da presidenta Dilma Rousseff? Qual a relação disso com a mudança das regras de exploração dopré-sal?”, perguntou.

“O que este governo fez é criminoso e a bancada do Partido dos Trabalhadores responsabiliza este governo e os seus aliados – que produziram nesse país um golpe institucional e tiraram do governo a presidenta Dilma – por esta crise instalada no Brasil. Venderam o Brasil, venderam a Petrobras e agora não sabem o que fazer”, apontou Pimenta.

“A bancada do PT entrará na Justiça para questionar a legalidade, a moralidade destas modificações no estatuto da Petrobras que não encontram qualquer amparo no texto constitucional e transformaram o governo Temer refém desta empresa”, informou o petista, antes de exaltar as conquistas da Petrobras sob os governos do PT.

“A Petrobras que tinha garantido 100% da extração do óleo do pré-sal. A Petrobras reconhecida internacionalmente. A Petrobras responsável pela maior descoberta de petróleo do século XXI, o nosso pré-sal. Hoje é uma empresa que foi entregue às multinacionais e colocaram lá um preposto chamado Pedro Parente que representa o mercado”, lamentou.

Crise –  Paulo Pimenta também abordou a crise causada pela disparada dos preços dos combustíveis. “Tivemos hoje no interior de São Paulo gasolina vendida a R$ 9,20. Em Pernambuco, gasolina vendida a mais de R$ 7. Em Santa Catarina, gasolina vendida a R$ 6,50. E por que o governo não age?”, indagou.

“Nós queremos a demissão de Pedro Parente por ato lesa-pátria e vamos à Justiça para anular o que a Petrobras fez”, concluiu o líder.
******
Fonte:https://www.conversaafiada.com.br/economia/pt-vai-a-justica-contra-privatizacao-por-dentro-da-petrobras

Não é greve! Patrão encurralou o Temer!

25.05.2018
Do blog CONVERSA AFIADA
Por Paulo Henrique Amorim

Petroleiros mostram quem vai receber os subsídios

Dilminha.jpg

O Conversa Afiada reproduz nota oficial da FUP - Federação Única dos Petroleiros:

Não há uma greve

Greve é interrupção do trabalho promovida pelo trabalhador.

No caso dos caminhoneiros:
• os supostos "autônomos" são prestadores listados e credenciados por transportadoras; se não as obedecerem, são excluídos da lista de credenciados; SIMPLES!
• somem a isso a enorme fração de caminhões de EMPRESAS, parados nos acostamentos;
• e ainda o atendimento de setores estratégicos: ou vcs acham que são os "AUTÔNOMOS" que levam QAV - Querosene de Aviação, para os aeroportos???

Quando o patrão paralisa atividades econômicas para alcançar seus objetivos políticos, o nome disso é "Lock Out".

E reduzir o valor do diesel por "Lock Out" NUNCA será o mesmo que reduzir por interesse dos trabalhadores.

A quem já serviu o "lock out" de caminhoneiros?

Exemplos:
• A greve de trabalhadores do transporte municipal em Berlim em novembro de 1932, foi decisiva para a vitória do NSDAP - Partido Nazista, nas eleições que deram a Chancelaria/1° Ministro da Alemanha a Hitler.
• A Greve dos caminhoneiros chilenos, em 1973, foi decisiva para o Golpe Militar contra o Governo Socialista de Allende.

Conhecer um pouco da história não faz mal a ninguém!!!

"A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa."
Karl Marx

FUP - Federação Única dos Petroleiros
Normando Rodrigues
Assessor jurídico
*****
Fonte:https://www.conversaafiada.com.br/economia/nao-e-greve-patrao-encurralou-o-temer

quinta-feira, 24 de maio de 2018

“Greve” dos caminhoneiros é locaute para beneficiar patrões, afirma socióloga

24.05.2018
Do blog DIÁRIO DO CENTRO DO MUNDO

A socióloga e escritora Marília Moschkovich postou diversas informações no Twitter sobre a verdadeira natureza da “greve” dos caminhoneiros. A pesquisadora defende, na verdade, que trata-se de um locaute, paralisação de empregados pelas organizações patronais da categoria.
Os tuítes dela viralizaram nessa madrugada. Leia:
A greve de caminhoneiros NÃO É em prol do seu bolso, gente. É um factoide político sendo criado diante de nossos olhos e nós certamente não seremos os beneficiados. Explico e dou fatos p/ quem quiser, aqui. THREAD:
1) Em 2013 teve também uma “greve” de caminhoneiros – a gente chama de LOCAUTE quando é um monte de trabalhador parando para beneficiar os empregadores/patrões, e não de greve, ok? Pois é bem por aí a história.
2) Na época, eu me dei ao trabalho de fazer uma breve investigaçãozinha sobre quem era, afinal o tal Movimento União Brasil Caminhoneiro. Descobri um MONTE de mutretas ligadas ao “líder” Nélio Botelho.
3) Pois qual não é minha surpresa #sqn ao ver nos noticiários o mesmo Nélio Botelho, do mesmo Movimento União Brasil Caminhoneiro, falando as principais reivindicações dos caminhoneiros:
4) A primeira é que a regulamentação com obrigatoriedade de descanso seria ruim (oi? para quem descansa ou para quem vai ter que pagar o descanso do outro?), pois NÃO HÁ ESTRUTURA PARA ISSO.
5) Como acabei de mostrar pra vocês nos prints e no meu post de Facebook, o cara está com a construção de uma área de descanso embargada, por problemas com o Estado já que a área é DOAÇÃO DE ÁREA PÚBLICA para isso (licitação? concurso? oi?)
6) Então alguém se surpreenderia se deste locaute o bonito saísse com acordo para fazer uma rede de áreas de descanso no modelo da primeira que teve a construção embargada (em áreas públicas sem licitação, claro, como na época da ditadura)? Eu não. Mas tem mais.
7) A segunda reivindicação do Movimento União Brasil Caminhoneiro está sim ligada ao preço do combustível. Mas não o que vai para o seu bolso, a gasolina do seu carro, etc. Nananinanão. Tampouco querem que o preço volte a ser controlado pelo Estado, de forma nenhuma.
8) A reivindicação ligada ao preço do combustível é a de que… O governo federal subsidie o custo do Diesel para ficar mais barato – mais barato para quem? Quem paga o custo desse Diesel? Caminhão não é carro de passeio, caras. O custo do Diesel é das grandes empresas pô
9) Se a gente entende que o combustível aumentou porque Temer MUDOU O MODELO DE PRECIFICAÇÃO DESTA COMMODITY, tirando a regulamentação estatal; se a gente lembra que logo na época do impeachment a questão de permitir petrolíferas gringas estava em pauta (e foi aprovada)…
10) e se a gente lembra que tem todo um pedaço da Lava-Jato que é justamente ligado à Petrobras… Não é muito difícil entender que o que eles querem e o preço sem regulamentação estatal, mas ao mesmo tempo que DINHEIRO PÚBLICO cubra os gastos das grandes empresas c/ combustivel
12) Como eu disse em 2013, “Se fosse um protesto de autônomos, por que não exigir o aumento proporcional no valor do frete, em vez de redução de custo (diesel e pedágio)?”
13) Se fosse um protesto por melhorias nas condições de trabalho, por que não exigir então LEIS TRABALHISTAS responsabilizando as empresas que contratam os serviços? Colocando o custo do descanso para elas, etc.?
14) Se fosse um protesto para redução de preço de combustível, por que não exigir o retorno ao modelo anterior de regulamentação do preço, e o banimento das petroleiras estrangeiras?
15) Por isso, gente: locaute. Tem nada de “greve” nisso aí não. O desabastecimento é pra causar um factoide político e todo mundo achar lindo e justo quando o governo anunciar que vai subsidiar o diesel e deixar a cooperativa construir seus parques de descanso. ACORDEM
16) Ah, acrescentando mais uma informação fresquinha: os petroleiros estão APOIANDO os caminhoneiros em seu LOCAUTE. sim.
17) adicionando agora pois: há outras entidades e uma variedade doida de pautas nesse locaute-greve de caminhoneiros, inclusive deve ter várias pessoas não-organizadas indo “na onda” do que quer que lhes pareça interessante, enfim, 2018 is the new 2013

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de Caxias (Fernando Frazão/Agência Brasil)



2) Na época, eu me dei ao trabalho de fazer uma breve investigaçãozinha sobre quem era, afinal o tal Movimento União Brasil Caminhoneiro. Descobri um MONTE de mutretas ligadas ao "líder" Nélio Botelho. Organizei tudo aqui:
https://www.
sts/10151557993083576 
 (vou botar print :)


*****
Fonte:https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/greve-dos-caminhoneiros-e-locaute-para-beneficiar-patroes-afirma-sociologa/